Nélio Aguiar: “Sairei do governo, mas não deixarei a política”

Nélio Aguiar anuncia saída da Secretaria de Planejamento
Nélio Aguiar anuncia saída da Secretaria de Planejamento

Após anunciar a sua saída da Secretaria Municipal de Planejamento, o médico e ex-deputado estadual Nélio Aguiar concedeu entrevista à nossa equipe de reportagem. Nélio Aguiar fala sobre os motivos de ter deixado o governo municipal, e também sobre o seu futuro na política. Acompanhe:
Jornal O Impacto: Ao que se deve sua saída do Governo Municipal?
Dr. Nélio Aguiar: Estive conversando com o prefeito Alexandre Von, e coloquei algumas situações pessoais que eu venho passando, alguns problemas de doença na família, e também relacionados à questão profissional, no exercício da medicina. Estou precisando neste momento dar uma atenção maior para o meu consultório, tenho uma agenda de cirurgias, inclusive recebi convites para atender em alguns municípios da nossa região. E coloquei para o prefeito Alexandre Von, que tudo envolve bastante tempo. A Secretaria Municipal de Planejamento é um órgão importante, que coordena todas as outras secretarias do governo. É a Secretaria que não coloca placa, que não executa obra, mas é a Secretaria que pensa, que realiza os projetos, que planeja o futuro de Santarém, que faz articulação política com o Governo do Estado, com o Governo Federal, com os Ministérios, faz o cadastramento e monitoramento de nossos projetos. Então, exige uma dedicação. Eu sou uma pessoa que não gosto, e detesto negócio de mais ou menos, eu acredito que temos que ser melhor no que fazemos, buscar dar o melhor de si. E para eu estar em uma situação só de status de Secretário, sem poder realmente abraçar a causa e vestir a camisa, eu não sei ficar nesta situação, eu não sei ser mais ou menos. Então, a gente colocou essa situação para o Prefeito, e ele entendeu, compreendeu e aceitou o pedido de demissão.
Agradeci ao prefeito Alexandre Von a oportunidade que ele nos deu, de estar assumindo um cargo de confiança. Neste período todo que estive à frente da Secretaria de Planejamento, nos empenhamos realmente. A gente trabalhou com lealdade ao Prefeito, contribuindo com o governo, mas ele compreendeu e aceitou o nosso pedido. Porém, com uma condição, para que não saíssemos de imediato, mas que pudéssemos ficar até o dia 15 de dezembro. Por que esta data? Porque é justamente em 15 de dezembro, a data em que se encerram as atividades na Câmara Municipal de Santarém, onde a partir daí, a Câmara entra em recesso legislativo, e também até o dia 15 de dezembro, vamos ter aprovados vários projetos de leis que foram encaminhados à Câmara, um deles, o mais importante, é a Lei Orçamentária Anual (LOA). Que é o orçamento para o exercício de 2016, que nós trabalhamos aqui pela Secretaria de Planejamento, junto com os nossos técnicos, que trabalham o orçamento do Município, e precisamos levar esse trabalho até o final, acompanhar até a sua aprovação. Precisamos estar em contato com a Câmara, indo e esclarecendo aos vereadores, tirando qualquer dúvida sobre o projeto.
Então, eu concordei com o posicionamento do Prefeito, e aceitei ficar até o dia 15 de dezembro. Vamos continuar com essa tarefa de acompanhar os projetos que já estão na Câmara de Vereadores, e também de alguns projetos que estão cadastrados no sistema de convênios, o SICONV do Governo Federal, para ver se conseguimos recursos.

Jornal O Impacto: O senhor poderia falar sobre os recursos que foram liberados recentemente para o município de Santarém?
Dr. Nélio Aguiar: Obtivemos sucesso na liberação de recursos para retomar a obra da Arena, próximo a estádio Colosso do Tapajós, que estava paralisada. Mas já houve a liberação do recurso e a empresa já está retomando a obra. Também foram liberados recursos para a construção do CRAS em Alter do Chão, que era uma obra que estava prevista, mas não tinha ainda recursos para licitar e contratar a empresa para dar início a essa obra. E esse problema, graças a Deus, através da articulação política lá em Brasília, já conseguimos a liberação desse recurso e vai realmente sair, o CRAS para Alter do Chão.

Jornal O Impacto: Para concluir, fale-nos sobre o seu futuro, profissional e político?
Dr. Nélio Aguiar: Vou estar exercendo a medicina, e vou estar à disposição do partido, eu sou membro, sou filiado ao Partido Democratas, e nosso partido ainda não começou a discussão relacionada às eleições de 2016. Fazemos parte da aliança com PSDB, nós temos a professora Maria José, que é vice-Prefeita. É o momento que nós iniciamos as conversações necessárias, envolvendo o nosso Presidente Estadual do partido, o ex-deputado federal Lira Maia, e o presidente Municipal do Partido, que é o vereador Erasmo Maia. Estamos à disposição do partido, a gente não faz política na base da imposição, na base de bater na mesa, ou de virar a mesa. Fazemos parte de um time, se houver entendimento que a gente tem que entrar em campo, tem que entrar no jogo, tem que jogar, estaremos à disposição do nosso time. Se houver entendimento, que a pessoa do Nélio Aguiar tem que ficar sentado no banco de reserva, ficar ali só aguardando mais algum período, vamos ficar seguindo as orientações do partido. Eu sou muito partidário, sou feliz onde estou, pertencendo ao partido Democratas, sou o primeiro suplente de Deputado Federal pelo DEM. Existe, inclusive, a possibilidade de assumirmos a Câmara Federal.
O partido tem vários projetos para eleição do ano que vem, a nível de estado do Pará, participando com algumas candidaturas para Prefeito, inclusive para a prefeitura de Castanhal, onde existe uma grande possibilidade da candidatura do deputado federal Hélio Leite para Prefeito de Castanhal, e lá o nome do Hélio Leite está muito bem cotado. E se isso realmente vir a acontecer, se ele for eleito, deveremos assumir o mandato de Deputado Federal.
Então, nós estamos realmente muito tranquilos em relação a esta questão da situação política. Nós vamos continuar fazendo política, nós só estamos deixando o governo, mas não vamos deixar de nos envolvermos nos grandes temas da política santarena e da região. Continuaremos com o envolvimento com as lideranças comunitárias, até porque a gente é um ser político. De maneira alguma nós estamos nos ausentando, ou deixando de fazer a política no dia a dia.
POR: Edmundo Baía Junior
Fonte: RG 15/O Impacto

Um comentário em “Nélio Aguiar: “Sairei do governo, mas não deixarei a política”

  • 7 de novembro de 2015 em 22:32
    Permalink

    esse nélio tem kada explicação furada , todo mundo sabe que ele esta de olho na prefeitura mais esse cidadão não ganhou nenhuma eleição até agora…..é um político muito apagado poderia ficar realmente no anonimato exercendo sua profissão e cobrando as consultas altissimas.

    Resposta

Deixe seu comentário aqui: