VÁ COM DEUS!

É assim usando um dos versos da famosa música da cantora romântica Roberta Miranda, que as damas se dirigem aos cavalheiros que as acompanharam durante à noite toda, no baile, dançando, oferecendo drinks, refrigerantes, chiclete, menta e amendoim. Mas no final da noite quando ele pretende acompanhá-la, ouve a sonora frase, como negativa “vai com Deus”!

Assim digo ao governo que se despede neste sábado e passando o governo no domingo dia 1º de janeiro de 2017. Vá com Deus!.

Sim, ser Prefeito de uma cidade com os mais diversos tipos de problemas, como Santarém, só pode ser concebível, no meu entendimento, 1º por muito amor à cidade de Santarém, à terra que serviu de berço e servir à sua população, os seus conterrâneos; 2º a ambição ou vaidade política pessoal, prefiro ficar com o primeiro às demais.

O governo que saí baseado no princípio da continuidade da Administração Pública, não se preocupou em cumprir o TAC assinado junto ao Ministério Público Estadual, como: a conclusão da Anísio Chaves, Clementino de Assis, Barjonas de Miranda; Estação Saúde e parte da Trav. Turiano Meira, na Cohab, nesta passei quase os quatro anos falando, para asfaltarem a Travessa e consertarem o murro do terreno da associação que derrubaram nos primeiros meses do governo, e vai-se embora e o governo não consertou o muro, e a empresa de engenharia, fiscalizada pelo pseudo Secretaria de Gerenciamento de Grandes obras???? Ficou sem gerenciar as tais grandes obras, desde a colossal derrota nas urnas no dia 05 de outubro, aí parou tudo! Dizem até que os secretários e outros assessores dela já voltaram para a Capital do Estado, de onde vieram, exclusivamente, para administrá-la e lamentavelmente, entrar para a história da nossa cidade.

 Até mesmo a caiação e lavagem das ruas, vistas antes do pleito eleitoral, mas deixaram um rastro de obras inacabadas, como as calçadas aqui na COHAB, que ainda impede a entrada dos automóveis dos moradores nas garagens de suas residências, pelos entulhos das obras que aqui deixaram paralisadas. Além de outras que não funcionam ou não têm equipamentos, como o Pronto Socorro, o Hospital Municipal, a UPA, e os postos médicos dos bairros. As creches e as escolas municipais, transporte e merenda escolar, para não falar do porto fluvial de embarque e desembarque da Praça Tiradentes, que por sinal esta foi concluída, por muita luta da Associação de Moradores do bairro da Aldeia, até a Justiça determinar a retirada dos barraqueiros que emporcalhavam aquele local e a construção da Praça.

Agora só tenho que me preparar para receber o ano novo de 2017, esperando que seja melhor, com menos guerras, desmoronamentos, terremotos e diversos acidentes aéreos causando dores e sofrimentos, pela humanidade e, claro, pela nossa população, que também sofreu e sofre com os desmandos dos governos que mal administraram o erário público e hoje estão na fila para receber doações dos populares, péssimo retrato para o ano que se finda, em termos universais. Que a lava jato vá mais á jato e apresente mais resultados punitivos que a população brasileira aguarda. Quanto à minha Santarém, espero que o novo governo que teve o maciço apoio popular, nas urnas, corresponda aos anseios dos santarenos que estão ansiosos pelo início da mudança. Que venha então o ano de 2017 com seus desafios e que a Padroeira Nossa Senhora da Conceição, ilumine os nossos governantes e o povo santareno.

Vou sentir saudades do governo que se afasta porque vou ficar sem as suas mazelas para comentar. Mas agradeço pelo tempo que passou. Assim, o governo que se encerra, juntamente com o ano que se despede,  Au revoir, adiós, tchau, hasta la vista, sayonara. Vá com Deus! /////////// A minha solidariedade à família Macedo Pereira, pelo falecimento do Ailton Pereira, o “Bulhu”, que Descanse em Paz! /////// Nesta sexta o pré-réveillon do Fluminense, a partir das 23 horas com a BANDA RAÍZES DA TERRA, venda de mesas na secretaria do Clube.

Deixe uma resposta