NOVO PORTAL Ed. 1127

NÉLIO: A MAIOR ESPERANÇA

Com a posse de Nélio Aguiar e de José Maria Tapajós nos cargos de Prefeito e Vice, respectivamente, nasce no coração dos santarenos uma nova esperança de que novos dias virão sob as bênçãos de Deus e sob o trabalho incessante dessa dupla, que só quer o bem do nosso povo. Não há quem duvide de que eles tenham os melhores propósitos à frente do Município, tanto que há muito tempo já se empenham em buscar soluções voltadas para os problemas que nos afligem: Saúde (os postos já foram reabastecidos de remédios em caráter de urgência no primeiro dia de Governo); Segurança (instituição da Guarda Municipal armada para ajudar no combate à criminalidade, além de cobrar da Secretaria de Segurança Pública do Estado soluções para a insegurança da cidade); Infraestrutura (visita a bairros com a finalidade de sentir de perto os mais cruciantes problemas que afetam o povo sofrido); além de outras medidas emergenciais. Com eles temos a certeza de que Santarém vai mudar.

SECRETARIADO DO PREFEITO NÉLIO

Vejam caros leitores, que nem sempre as conjecturas se traduzem em realidade. Pois é,  fizeram muitos comentários realçando possível monopólio de grupos políticos sobre a  nomeação  de pessoas para as diversas Secretarias do Governo Nélio. E ele, caladinho, sereno, seguro e buscando o melhor, cumpriu alguns acordos políticos, mas formou uma equipe de respaldo popular, de compromisso com a legalidade e com o progresso e o bem estar do povo. Não houve aquela concentração de várias Secretarias em poder de um só político; não houve manipulação para fazer do Prefeito a marionete que pregaram; não houve a nomeação de Secretários sem qualidades para tanto. Houve sim, a supremacia da vontade do Prefeito eleito na busca do melhor para o Município. Assim, continuará a ter o apoio maciço do povo. Parabéns!

GANHANDO PONTO: O Ministério da Saúde, que anunciou uma série de medidas que flexibilizam as formas de custeio das Unidades de Pronto Atendimento (UPAs 24h) em todo o Brasil. Os gestores poderão definir e escolher a capacidade de atendimento das unidades a partir de oito opções de funcionamento e capacidade operacional. Atualmente, estão em funcionamento no País 520 unidades, mas outras 165 estão concluídas e sem funcionar, e 275, em fase de obras. No Estado do Pará, 15 UPAs estão concluídas e sem funcionar e 21 estão em fase de obras. Hoje, o estado conta com 13 UPAs em funcionamento. A expectativa é que, com as novas regras, todas as unidades que estão prontas ou em fase de finalização comecem a atender em curto espaço de tempo, ampliando para 49 o número de unidades no Estado.

PERDENDO PONTO: O povo dos Estados do Amazonas e do Pará com a fuga de mais de 200 detentos do sistema prisional do Amazonas e que podem se deslocar para Santarém para a prática de atos delituosos, como se não bastasse os que já temos de bandidagem por aqui. Quero deixar aqui uma advertência: seria bom, como já dito nesta coluna em edições anteriores, que as Polícias Militar e Civil fizessem fiscalização no Porto, nos navios e barcos e no aeroporto para identificar e prender alguns desses elementos que resolveram se deslocar para a nossa cidade, usando para isso os meios de interação com a polícia daquele Estado para identificação dos meliantes. Fica o aviso, e se vier a acontecer de Santarém se tornar terra de desembarque dos bandidos, a responsabilidade pelo que aqui praticarem deve ser dividida com as Polícias, Civil e Militar. Depois não venham dizer que nunca se imaginou tal acontecimento.

PONTUANDO: # Reiteração de assaltos – Acho misteriosas as reiterações de assaltos em Santarém nos últimos dias do ano de 2016. É de causar surpresa os vários assaltos de forma coordenada sem que as Polícias identifiquem os comandos dos repetidos atos delitórios. Para mim, existe alguma organização por trás de todos estes procedimentos. Como podem ocorrer vários assaltos num período pequeno e depois tudo voltar ao normal, sem que haja identificação dos meliantes ou qualquer outra medida? Algo está errado nesse contexto. # Renovação – Tenho um grande respeito pelos comandos das Polícias Civil e Militar em Santarém. Todavia, em razão do tempo em que estão à frente dos seus respectivos órgãos, e considerando que os crimes se repetem e não está havendo uma solução para diminuí-los, creio que já chegou o tempo de se mudar os comandos das Forças de Segurança para que venha alguém com mais motivação (estilo Coronel Risuenho), visando implantar uma nova forma de estratégia no combate à criminalidade em Santarém que, aliás, está incontrolável. # Vereadores demais – A cidade de Fortaleza, com uma faixa de 3 milhões de habitantes tem 41 vereadores, o que vem sendo objeto de críticas de muitas pessoas, não só pela quantidade de edis, como pelo ônus que tal número representa para os cofres públicos. E Santarém, que tem aproximadamente 300 mil habitantes e tem 21 vereadores? Relativamente à Fortaleza, com a metade do número de lá, aqui temos um número muito elevado. O certo eram os 14 parlamentares que tínhamos até 2012. Quem sabe, um dia poderemos reduzir. # Legislatura sem aumento de subsídios – Esta nova legislatura que se iniciou em Janeiro/2017 não terá aumento dos subsídios dos  Vereadores, visto que o valor será o mesmo praticado até agora, ou seja: R$ 9.900,00. Não podem reclamar, pois já é uma boa quantia. O mesmo ocorreu com os subsídios do Prefeito e do Vice e os salários dos Secretários. # Falta água no Nordeste – A situação dos Estados Nordestinos  não é nada boa, em termos de potencial de reservatórios de água para consumo. O Ceará já está ameaçado com o seu maior reservatório que é o açude Castanhão que está nas últimas. O caminho encontrado é o canal de desvio do Rio São Francisco para abastecer alguns Estados que sofrem com a estiagem severa. Em outros termos,  estamos chegando aos tempos em  que haverá guerra pelo precioso líquido, como pregam as profecias.  # Urbanidade médica  – É impressionante a diferença entre o tratamento da maioria dos médicos de Santarém e o que nos dispensam os médicos de outros centros mais desenvolvidos, como em Capitais. Aqui, muitos dos médicos ao lhe atender nem sequer levantam a cabeça para olhar-nos nos olhos, tamanha as suas empáfias. Lá em Fortaleza, por exemplo, em atendimento por plano de saúde, especialmente pela UNIMED, ele nos recebe na porta do consultório com uma educação sem par. É lamentável que alguns profissionais usem a arrogância como mandamento primeiro do juramento que fizerem. Um monte de mal educados, com exceções, claro!   # Nova Mesa da Câmara de Santarém – Ainda bem que a Presidência da Câmara mudou de mãos, dando lugar ao vereador Antônio Rocha, homem humilde, educado e voltado para ajudar a todos. Diferente de Antônio Rocha, foi o Presidente que ele sucedeu, que era a personificação da prepotência e da arrogância, se achando o maior dos maiores. Coitado, o cargo passou e nem vão mais se lembrar dele! # Ainda sobre a Câmara – Regozijo-me com a ida em assessoria ao Presidente Antônio Rocha, os meus amigos Drs. Sandro Lopes e Ezequiel Marinho. O primeiro para a direção Geral da Casa Legislativa; o segundo para a assessoria direta da Presidência. Todos pessoas de bons tratos.  # Uma administração honesta e transparente – O Prefeito Nélio tem pregado publicamente que a sua administração será voltada para os princípios de honestidade de cada Secretário e servidores observando sempre a transparência e a legalidade. Ai daquele que se desviar da rota de condução retilínea traçada pelo Prefeito. Seja ele quem for, a porta da rua será a serventia para os desonestos. Espera-se, entretanto, já que a equipe foi escolhida a dedo, não enverede pelo caminho do mal. # Piorando o caos (Penitenciárias) – O Governo Federal reduziu em dois anos 85% dos repasses aos Estados para a construção de novas penitenciárias e diminuiu também os recursos para reestruturar e modernizar as já existentes. O sistema penitenciário do País acumula um déficit de 250 mil vagas, pelo último balanço federal, e teve sua fragilidade exposta com a morte de 56 detentos num presídio superlotado em Manaus. Atribuída a uma guerra entre facções criminosas, a matança foi a maior em presídios depois do Carandiru, em 1992. Com essa redução, Temer quer que o País seja dominado pela bandidagem. # Bandeira Verde – O ano vai começar sem cobrança extra ao consumidor na energia elétrica. A informação de que a bandeira tarifária de janeiro continuará verde como foi divulgada na sexta-feira (30/12) pela Agência Nacional de Energia Elétrica (ANEEL). Só espero que depois não apareça um aumento maior ainda do que a redução, pois neste País só se vive de enganação. # Vigilância na chegada de Manaus – O grande e diligente Delegado Nelson me confidenciou que haverá uma vigilância no aportamento de barcos e navios que chegam de Manaus objetivando impedir e prender algum meliante que tenha fugido de Manaus e que resolveu fazer de Santarém sua praça de assaltos e outros crimes. Se realmente fizerem isto, o resultado será positivo. Mas continuo dizendo que precisa haver revigoração de ações nos comandos das Polícias Civil e Militar. # Municipalização da Santarém/Cuiabá – O Prefeito Nélio continua no propósito de municipalizar o trecho urbano da Santarém/Cuiabá, tal como prometeu em campanha. O objetivo é permitir que os empresários estabelecidos ao longo da Rodovia não sejam engolidos pela impossibilidade de estacionamento que o ex-Prefeito Alexandre Von deixou acontecer sem se importar com a morte do comércio naquela área. Ainda bem que pagou pela sua omissão.  # O abraço vai para a nova equipe do Governo Nélio Aguiar que está em peso se dedicando dia e noite para colocar nos eixos os atos da Administração Pública do Município. PARABÉNS!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *