NEWS – ATUALIDADES Ed. 1131

TÔ FICANDO IDOSO MININU!!!!

Dia 01/02/17, quarta-feirta passada, fiz aninhos. – Por sinal, já são um bocado de aninhos. Mas o importante não é isso não, o importante é você tê-los vivido bem, e no meu caso, ando gastando a carcaça, como diz um amigo velho. Nossa passagem terrena, é para que possamos em nossa vivência, aprender, para poder ensinar, repassar o que aprendemos aos mais jovens, para que evoluam mais rápido, tomando um atalho em nosso aprendizado, e não cometendo os mesmos erros que cometemos, dando-lhes portanto, um “up grade” de conhecimento! – A felicidade é encontrada no sorriso de minha netinha, nas traquinagens de meu neto, no sorriso apaixonado de Helena quando os vê, e na alegria de meus filhos sabendo que a família, será cada vez mais família, em um caminhar de fé, que nos abençoa e nos conduz à certeza de que valeu a pena nossa caminhada. – Lembrando que os responsáveis por esse mundo louco são os mais velhos, e no caso, somos nós. – E isso me assusta!!! – Deus conosco, e N. Senhora nos abençoando, sempre!!! – Amém !!!

———————————————————-

TERREMOTO NO CEARÁ !!!

Depois dos problemas ocorridos na Ásia, o Governo Brasileiro resolveu instalar um medidor de abalos, que cobre todo o país. O Centro Sísmico Nacional enviou à polícia da cidade de Icó, no Ceará, uma mensagem que dizia: “Possível movimento sísmico na zona. Ponto. Muito perigoso, superior Richter 7. Ponto. Epicentro a 3 km da cidade. Ponto. Tomem medidas. Ponto. Informem resultados com urgência. Ponto.” Após uma semana, foi recebido no Centro Sísmico Nacional um telegrama que dizia: “Aqui é da Polícia de Icó. Ponto. Movimento sísmico totalmente desarticulado. Ponto. O tal Ritchter tentou se evadir, mas foi abatido a tiros. Ponto. Desativamos as zonas. Ponto. As putas tão todas presas. Ponto. – Epicentro, Epifânio e outros três cabra detidos. Ponto. Não respondemos antes porque houve um terremoto da porra aqui. –  Ponto.” – Assinado: – Raimundim, seu criado !!!

———————————————————-

A ARCA DE NOÉ DA SILVA – (o brasileiro)

 Um dia, o Senhor chamou Noé da Silva e lhe disse: – Dentro de seis meses, farei chover ininterruptamente durante 40 dias e 40 noites, até que todo o Brasil seja coberto pelas águas. Os maus serão destruídos, mas quero salvar os justos e um casal de cada espécie animal. Vai e constrói uma arca de madeira. No tempo certo, os trovões deram o aviso e os relâmpagos cruzaram o céu. Noé da Silva chorava, ajoelhado no quintal de sua casa, quando ouviu a voz do Senhor soar, furiosa, entre as nuvens. – Onde está a arca, Noé? -Perdoe-me, Senhor – suplicou o homem. Fiz o que pude, mas encontrei dificuldades imensas: Primeiro tentei obter uma licença da Prefeitura, mas, para isso, além das altas taxas para obter o alvará, me pediram ainda uma contribuição para a campanha da prefeita à reeleição. Precisando de dinheiro, fui aos bancos e não consegui empréstimos, mesmo aceitando aquelas taxas de juros. Afinal, nem teriam mesmo como me cobrar depois do dilúvio. O Corpo de Bombeiros exigiu um sistema de prevenção de incêndio, mas consegui contornar, subornando um funcionário. Começaram então os problemas com o Ibama para a extração da madeira. Eu disse que eram ordens suas, mas eles só queriam saber se eu tinha “projeto de reflorestamento” e um tal de “plano de manejo”. Nesse meio tempo, o Ibama descobriu também uns casais de animais guardados em meu quintal. Além da pesada multa, o fiscal falou em “prisão inafiançável” e eu acabei tendo que matar o fiscal, porque para esse crime a lei é mais branda. Quando resolvi começar a obra, na raça, apareceu o CREA e me multou porque eu não tinha um engenheiro naval responsável pela construção. Depois, apareceu o Sindicato exigindo que eu contratasse seus marceneiros com garantia de emprego por um ano e carteira assinada. Veio em seguida a Receita Federal, falando em “sinais exteriores de riqueza” e também me multou. Finalmente, quando a Secretaria de Meio Ambiente pediu o “Relatório de Impacto Ambiental” sobre a zona a ser inundada, mostrei o mapa do Brasil. Aí quiseram me internar num hospital psiquiátrico. Sorte que o INSS estava em greve. Noé da Silva terminou o relato chorando, mas notou que o céu clareava e perguntou: -Senhor, então não irás mais destruir o Brasil?  – Não! – respondeu a voz entre as nuvens. Pelo que ouvi de ti, Noé, cheguei tarde. – Alguém já se encarregou de fazer isso!!!

———————————————————-

CONHEÇA O MAIOR ANTI-INFLAMATÓRIO JÁ PRODUZIDO PELA NATUREZA – CÚRCUMA LONGA

O Açafrão da Índia ou “Turmeric” ou “Cúrcuma” (Curcuma longa Linn.) é uma planta da família do gengibre (Zingiberaceae) sendo a raiz a parte mais utilizada na culinária e na medicina. É no rizoma da Cúrcuma longa que está o componente mais ativo da planta, a curcumina presente em 2 a 5% deste delicioso tempero. A curcumina, isolada pela primeira vez por Vogel em 1842, é um pó insolúvel na água e no éter, mas solúvel no etanol e no DMSO. A sua estrutura foi descrita por Lampe e Milobedeska em 1910 e quimicamente é um diferoilmetano com a fórmula : C21H20O6 e peso molecular:368,4. A curcumina comercial encontrada nos mercados a preços bem acessíveis, contém três cucurminóides que lhe confere a cor amarelo alaranjada: curcumina (77%), demetoxicurcumina (17%) e bisdemetoxicurcumina (3%). Ela é muito consumida na Índia, cerca de 100 mg/dia por habitante, como tempero. Estudos recentes mostram que podemos ingerir até 8 g/dia sem efeitos colaterais, entretanto a biodisponibilidade celular da curcumina é muito baixa, devido à rápida glucoronidação hepática e intestinal. O folclore nos ensinou que a adição de pimenta do reino (Piper nigra) aumenta em 2000% a biodisponibilidade do princípio ativo. Na Índia o povo adora açafrão e pimenta. Nos Estados Unidos são muito comuns o câncer de mama, de cólon, de próstata e de pulmão, o que não acontece na Índia, onde é alta a ingestão de cúrcuma. Observou-se aumento da incidência de câncer de colon em imigrantes da Índia vivendo nos Estados Unidos, o que mostra o valor da dieta como fator quimiopreventivo. A cúrcuma tem sido utilizada na medicina Ayuvérdica, medicina tradicional da Índia, por mais de 6000 anos nas seguintes situações: desordens biliares, anorexia, tosse, feridas em diabéticos, males hepáticos, reumatismo, sinusite, etc. . Encontramos de 1966 a 2007, 1492 referências no Medline sobre a atividade biológica da curcumina. Recentemente a literatura médica mostrou que a Cúrcuma possui os seguintes efeitos: Anticâncer  – Aumenta o efeito da quimioterapia nas situações de resistência a múltiplas drogas – Antiaterosclerótico – Anti-inflamatório – Reduz o colesterol – Diminui a oxidação da LDL –  Inibe a agregação das plaquetas – Diminui o tamanho da trombose no infarto do miocárdio – Diabetes tipo II: hipoglicemiante, diminui os níveis de hemoglobina glicosilada e diminui a micro albuminúria – Esclerose Múltipla: diminui as crises de exacerbação – Alzheimer: retarda o processo degenerativo – Fibrose cística: corrige alguns defeitos – Doenças inflamatórias dos olhos: uveíte anterior crônica, pseudotumor orbital idiopático – Diminui as dores na artrite reumatóide – Efeito nas doenças de pele: psoríase e dermatites – Efeito na esclerodermia – Estimula regeneração muscular – Melhora a regeneração das feridas – Cicatriza escaras – Protege o fígado e rins de lesões tóxicas. – Aumenta a secreção biliar: Diminui a formação de cálculo biliar – Efeito nas doenças inflamatórias de intestino – Protege contra a formação de catarata – Protege o pulmão da fibrose – Inibe a replicação do HIV – Inibe a reprodução das leishmanias – Conclusão: Apesar de Guido Shoba ter mostrado que a biodisponibilidade da curcumina pode ser aumentada em até 2000% , não se encontra na literatura trabalhos que utilizam a piperine no tratamento do câncer ou de doenças inflamatórias. Existem sim, inúmeras tentativas de modificações da molécula da curcumina no intuito de se conseguir a patente do produto. Não importa se o fitoquímico possui alta atividade nas diversas vias de sinalização das células malignas, não importa se ele possui alto potencial no tratamento do câncer humano, não importa se ele é desprovido dos efeitos colaterais dos antinflamatórios não hormonais, o que importa é que ele não pode ser patenteado e portanto não apresenta nenhum interesse. Não importa o câncer, não importa a dor, não importa a humanidade, o que importa são os lucros. E o quê fazer com tanto dinheiro? A maioria dos trabalhos científicos publicados no Planeta são encomendados pelas grandes indústrias farmacêuticas. Podemos realmente acreditar nos seus resultados? –

DEZ REGRAS DA CARTILHA PARA UMA DITADURA :

Controlar politicamente o judiciário; 2. Desmoralizar o Congresso; 3. Amordaçar o Ministério Público; 4. Dotar a Receita Federal de superpoderes; 5. Valer-se de dossiês para impor a vontade a banqueiros, empresários e adversários; 6. Direcionar a produção artística e cultural; 7. Controlar a imprensa e a internet; 8. Aparelhar todos os órgãos da administração pública; 9. Promover a instabilidade no campo; e 10. Desarmar a população. – (Qualquer coincidência, é mera semelhança!!!)

———————————————————-

JÁ PENSOU EM PLANTAR ALHO EM CASA?

É mais fácil do que você imagina. Vale a pena, pois você vai economizar deixando de comprar o alho quase sempre velho vendido nos supermercados. Afinal, todo vegetal plantado em casa é muito mais fresco e, por consequência, muito mais saudável e saboroso. O bom é que, para produzir alho em casa, você não precisa de muito espaço, de um jardim, e pode até mesmo plantá-lo dentro de sua casa/apartamento. Além de ser muito econômico, porque um único dente de alho resultará numa cabeça/bulbo com vários dentes. O processo é muito simples. Em primeiro lugar, compre o melhor alho que você encontrar na feira/supermercado. Neste caso, vale a pena gastar um dinheiro extra e investir em um alho de boa qualidade e o mais fresco possível. Note que você vai usar esse alho para plantar e depois colher em sua casa. Portanto, se a “semente” for a melhor possível, o alho que você vai produzir também será. Se conseguir alho orgânico, melhor ainda. Siga estas instruções para obter sua primeira colheita de alho caseiro: – A melhor época para plantar alho é o outono, já no início da temporada de frio. O alho ama mais o frio do que o calor. A colheita dele é na primavera ou no verão, quando ele já não quer ficar na terra. Tudo que você tem a fazer é pegar um dente de alho do lado da raiz, onde ele germina, e plantá-lo com esta parte voltada para baixo, em direção às “profundezas” da terra. Nada mais, somente isso, é o que você tem de fazer, ou seja, plantar os dentes de alho no solo, com a “cauda” para dentro da terra. Nem mesmo tem que descascá-lo, deixá-lo como é.  A casca do alho vai se dissolver na terra e ele vai ficar bem, porque essa casca vai virar um suplemento biológico para a terra. – Se você quiser, pode plantar o alho em pequenos cestos ou vasos. Em seguida, deixe os recipientes na parte da sua casa onde mais bate o sol, como a cozinha,o terraço ou a sua varanda. – Você não tem que fazer quase nada até o dia de colher a primeira cabeça de alho.  Maravilhoso, não é? Um simples dente de alho resultou em uma cabeça com vários dentes fresquinhos e mais saborosos e saudáveis. Se no seu pé de alho começar a crescer “flores”, corte-as, porque assim o alho vai se concentrar em usar o seu potencial para se desenvolver como alho, que é o que interessa. Agora tudo que você precisa é de paciência, e muita, porque o alho não cresce de um mês para outro, nem em dois meses, nem em três.. Plantamos alho no início da época de frio e temos que esperar até o verão para poder colher essas bonitas cabeças de alho ecológicas.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *