Polícia intima Vereador sobre suposta funcionária fantasma

Reginaldo Campos foi ouvido na 16ª Seccional de Polícia Civil pelo Delegado Castro.

Um possível escândalo sem precedentes na política santarena está prestes a ser desvendado. De acordo com informações, a técnica de enfermagem Sarah Campinas dos Santos de Oliveira, de 42 anos, servidora concursada da Secretaria de Saúde do Estado do Pará (SESPA), por mais de um ano também constava como assessora do vereador Reginaldo Campos, período que o parlamentar era presidente da Câmara de Santarém.

Conforme denúncia, existe suspeita que Sarah era supostamente funcionária fantasma, uma vez que em vários meses, os horários eram incompatíveis entre as duas funções exercidas por ela. A suspeita aumenta, e torna-se mais evidente, quando em depoimento, tanto o vereador Reginaldo Campos, quanto Sarah se contradizem em seus relatos, no momento que autoridade policial questiona a sobre os horário de expediente.

Para o Delegado Castro, a técnica de enfermagem disse que seu horário de trabalho como Assessora da Câmara era de 8h às 13h, de segunda a sexta-feira. No entanto, Reginaldo afirmou que o horário seria de 8h às 14h.

Conforme denúncia que está sendo investigada pela Polícia Civil, a técnica de enfermagem também é acusada de interferir, a pedido de Reginaldo Campos, no processo de agendamento de consultas e exames, beneficiando populares que procuravam o gabinete do Vereador.

Além do crime de peculato, o inquérito policial apura contra a técnica de enfermagem, o crime de favorecimento real, ocorrido no Centro de Recuperação Agrícola Sílvio Hall de Moura (CRASHM), pois Sarah é cedida pela SESPA, para atuar no setor de enfermagem da SUSIPE.

A investigação teve inicio, após a Polícia ter recebido denúncia anônima dizendo que Sarah é uma das responsáveis pela entrada de aparelhos celulares no presídio.

“Para entrada de aparelhos celulares no Cucurunã, é feita encomenda para Sarah, através de um detento de nome Jimmy, e esta, entra no presídio portando aparelho como se fosse seu. Os presos simulam passar mal e são levados para a enfermaria. Normalmente é o Jimmy que passa mal e é levado até a enfermaria, momento em que Sarah entrega a encomenda pelo valor que varia de R$ 1.000,00 a R$ 1.500,00, dependendo da marca e funcionalidade do aparelho. No retorno à cela, o preso não é revistado, pois agentes estão envolvidos”, consta trecho da denúncia recebida pela autoridade policial.

Consta ainda, que Sarah Campinas, “é captadora de votos para o vereador Reginaldo Campos. Pessoas que não conseguem marcar consultas pela Secretaria de Saúde procuram o Vereador, e este procura Sarah, que marca consultas”, relata o denunciante.

Em seu depoimento, quando questionada sobre o assunto, a técnica de enfermagem, disse: “Que ajudava as pessoas que chegavam no gabinete do vereador Reginaldo Campos, solicitando dinheiro para comprar remédios. Ocasião, em que, após constada a necessidade do cidadão, o Vereador liberava o dinheiro para a compra dos remédios. Que também ocorria a mesma coisa, quando solicitavam exames”.

Ela afirmou que esta é uma prática comum. Disse ainda, que às vezes encaminhava as pessoas para as Unidades Básicas de Saúde dos bairros para fornecimento de medicamentos, porém, antes fazia ligações telefônicas para saber se tinham a medicação nos postos.

Finalmente, quando questionada pela Polícia sobre a ajuda financeira para compra de remédios e marcação de consultas em benefício das pessoas que procuravam o Vereador, se estava prevista em Lei ou Regulamentada na Câmara, respondeu que “não sabia informar, mas que é corriqueira esta prática no gabinete do vereador Reginaldo Campos”.

VERSÃO DO VEREADOR: O que causa muita estranheza na versão apresentada para à Polícia, é o fato do  vereador Reginaldo Campos negar situações colocadas por sua própria assessora. Para começar, Reginaldo Campos disse não saber que ela também trabalhava no presídio. Sabia apenas que ela trabalhava em outro turno.

De forma refutável, ele disse que nunca deu dinheiro para Sarah com a finalidade de compra de medicamentos. E não sabe o motivo da técnica de enfermagem ter afirmado que pegava dinheiro com ele para repassar às pessoas que lhe procuravam pedindo exame e consulta.

INVESTIGAÇÃO: O inquérito policial deve ainda solicitar da Câmara de Vereadores a folha de frequência da enfermeira Sarah, que serão analisadas. E muitas questões ainda estão abertas. Por quantos meses a enfermeira recebeu salários da Câmara de Vereadores sem prestar serviços efetivos? As cargas horárias de trabalho eram compatíveis? A função de assessor exige dedicação integral, se sim, como foi possível ela trabalhar em ambos os órgãos?

O Ministério Público também deve investigar essa situação, e assim verificar se o recursos públicos não foram utilizados para interesse privado.

Fonte: RG 15/O Impacto

13 comentários em “Polícia intima Vereador sobre suposta funcionária fantasma

  • 7 de agosto de 2017 em 16:38
    Permalink

    Essa prisão só irá valer se ele devolver o que roubou, e perder o mandato.

    Resposta
  • 7 de agosto de 2017 em 16:36
    Permalink

    Alguém tel a lista dos líderes religiosos e dos líderes de comunidade.

    Resposta
  • 8 de Abril de 2017 em 11:25
    Permalink

    O PIOR PILANTRA E O QUE USA O NOME DO SENHOR PARA FAZER SUAS PATIFARIAS

    Resposta
  • 7 de Abril de 2017 em 14:57
    Permalink

    TODO ELEITOR IDIOTA MERECE O REGINALDO QUE TEM

    Resposta
  • 7 de Abril de 2017 em 14:37
    Permalink

    E POR ISSO QUE ELE ECONTRA O CARNAVAL A DIFERENÇA PORQUE NO CARNAVAL USAM AS MASCARAS!!!”!!!!!!!!!!essa caiu

    Resposta
  • 7 de Abril de 2017 em 14:33
    Permalink

    ESSA TURMA QUE USA A BIBLIA EMBAICHO DO BRAÇO IGUAL DESODORANTE SÃO PERIGOSSOS!!!!!

    Resposta
  • 7 de Abril de 2017 em 14:29
    Permalink

    EDUARDO CUNHA TUPINIQUIM DE SANTAREM!!!!!!

    Resposta
  • 7 de Abril de 2017 em 14:27
    Permalink

    TUDO EM NOME DO SENHOR JESUS!!!!!!

    Resposta
  • 7 de Abril de 2017 em 07:54
    Permalink

    MAs não tem pilantra de marca maior
    Uma pena que a cidade de Santarém tenha políticos dessa natureza

    Resposta
  • 7 de Abril de 2017 em 00:29
    Permalink

    E deve fazer isso com TODOS OS VEREADORES…

    Resposta
    • 8 de Abril de 2017 em 11:48
      Permalink

      meu caro esta situação encontra em todo Brasil agente está vendo estes políticos vagabundos não são todos mais tem no congresso uns 70 porcentos ou mais mais este Reginaldo só ganha comprando voto cade ministério público para ve essa sujeira deste vereadoizinho……………………..

      Resposta
  • 6 de Abril de 2017 em 22:21
    Permalink

    Tá caindo a máscara desse farsante.

    Resposta

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *