FHC, Lula e Temer articulam pacto para eleições

Os ex-presidentes Lula e Fernando Henrique Cardoso e o atual presidente Michel Temer começaram a costurar um pacto político para diminuir os impactos da Operação Lava Jato nas eleições de 2018. O objetivo seria discutir modos de limitar a operação e impedir que o grupo formado por PSDB, PT e PMDB perca completamente as forças até o próximo ano.

As informações são da Folha de S. Paulo. Segundo o jornal, pessoas ligadas às três partes afirmam que a avaliação dos presidentes é que a lava Jato irá enfraquecer a classe política atual e abrir espaço para um novo projeto político, encabeçado por pessoas de fora, inclusive as que comandam a investigação.

Os presidentes estariam fazendo alianças políticas em jantares com nomes importantes, intermediados pelo ex-ministro do STF Nelson Jobim e pelo atual ministro da corte Gilmar Mendes.

Um dos pontos do acordo seria assegurar a manutenção do governo Temer até o fim de 2018 e a realização de eleições diretas para a presidência. Um dos argumentos é que o processo na Lava Jato não terá tempo de conseguir uma condenação de Lula até 2018, o que o tornaria inelegível.

(Com informações da Folha de S. Paulo)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *