Descaso – População cobra conclusão da Avenida Anísio Chaves

Obra da Anísio Chaves foi abandonada pelo governo do ex-prefeito Alexandre Von.

“É sempre a mesma coisa, fico muito indignado por prometerem, prometerem e nunca cumprirem, ou seja, só enganam o povo. Se prometer algo honre sua promessa até o fim”, assim o trabalhador autônomo José Orlando, demonstrou toda sua indignação em relação à obra abandonada pelo ex-prefeito Alexandre Von.

De acordo com ele, o trecho da Avenida Anísio Chaves, entre a Avenida Jasmim e a Rua Quixadá, chegou a receber terraplanagem, porém, diferentemente do que aconteceu no trecho entre a Avenida Afonso Pena até a Avenida Jasmim, onde a pavimentação asfáltica foi concluída; depois que o ex-Prefeito perdeu as eleições, as obras não prosseguiram.

“E chegou no final do governo dele e percebemos que ele beneficiou apenas até a igreja, e nós ficamos esquecidos e penalizados. Estamos prejudicados porque ninguém consegue trafegar tranquilamente de carro ou moto por aqui, principalmente à noite e quando chove. Sem falar na poeira que é jogada para dentro das casas quando os veículos passam em alta velocidade”, diz José Orlando, acrescentando: “Quero pedir às autoridades para que possam dar continuidade a essa obra, até porque, quando estávamos no governo do ex-prefeito Alexandre Von, eu perguntei pessoalmente para ele, ‘- Prefeito, você vai beneficiar o povo?’ Porque no governo do Lira Maia, beneficiou aquele prédio gigantesco, eu que acompanho esse movimento daqui há muito tempo, desde 1987, que na época vigorava o governo de Ronaldo Campos, onde o mesmo liberou essa área para o povo. Então, perguntei novamente a ele: você vai beneficiar uma igreja que está sendo construída às margens da pista? Ele respondeu que não, e que iria continuar até o final da rua, porque ele estava com o povo. Mas não foi isso que aconteceu”, afirma o trabalhador autônomo.

Moradores que residem às margens da importante via dizem que o abandono da obra é motivo de aflição, já que as chuvas têm ocasionado, além, de muita enxurrada, também deixou grandes problemas, como verdadeiros lagos que se formam no meio da pista, que consequentemente se tornam verdadeiros criadouros de mosquitos da dengue.

Quem não se lembra na campanha de 2012, quando o então candidato a prefeito Alexandre Von prometeu a construção daquela que seria a ‘Pista do Lazer’. Encerrado seu governo, o projeto orçado em mais de 22 milhões de reais, segundo última medição da Caixa Econômica Federal não passou de 40% da execução, e teve o canteiro de obras abandonado. Ainda segundo a proposta de Von, diversos equipamentos públicos, tais como parquinhos de brinquedos, academias e quadras esportivas iriam ser construídos ao longo da Avenida Anísio Chaves.

GOVERNO NÉLIO AGUIAR RETOMARÁ OBRA: Com o objetivo de informar a todos os moradores sobre a conclusão das obras da Avenida Anísio Chaves, a reportagem da TV IMPACTO entrevistou o titular da Secretaria Municipal de Infraestrutura (Seminfra), Daniel Simões, que afirmou que muito em breve a construção será retomada.

“Essa obra de pavimentação da Avenida Anísio Chaves, faz parte de um contrato chamado Pró-transporte, que se trata de um financiamento entre a Prefeitura e a Caixa Econômica Federal, no valor de vinte e dois milhões de reais, onde esse contrato foi executado em apenas 39%. Então, temos um saldo de 61% para ser executado. Essa obra foi paralisada devido à Certidão Negativa de Débito (CND) da Prefeitura que até o momento continua em aberto. A Prefeitura ficou em débito com a empresa porque a CND não estava liberada, e por conta disso a empresa paralisou a obra, mas temos uma boa notícia. Quando o prefeito Nélio assumiu, ele retomou imediatamente essa negociação com a Receita Federal para poder liberar essa certidão, a empresa está sendo paga, para assim, retornar ao contrato. Nossa maior expectativa é que dentro dessa semana, aconteça a liberação dessa CND, para que o Município possa honrar com seu compromisso e pagar a empresa, que está com seus boletins de medição em aberto, e ao ser pago esses boletins, a empresa informou ao Município que em cerca de vinte dias, ela poderá mobilizar seus equipamentos, seus funcionários e comprar o material, para a retomada da obra, e não só apenas na Avenida Anísio Chaves, também beneficiará a Rua Brasília que se encontra em um estado bem deteriorado, choveu recentemente e foi feito um serviço de drenagem, mas como a obra parou, não foi finalizado e não foi passado o asfalto em cima da terraplenagem e com as enxurradas a chuva acabou levando parte da terraplenagem que já havia sido executada. Esse trecho da Avenida Anísio Chaves e a Rua Brasília, que na verdade são os dois pontos mais críticos dentro desse contrato, nós o vemos como prioridade em sua retomada”, destacou Simões.

O Secretário informa que a população deve se tranquilizar. “Queria primeiramente tranquilizar a população, e dizer que a obra será retomada. É de interesse do Governo Nélio, retomar todos os contratos, que foram paralisados o mais breve possível. Infelizmente, não é como um passe de mágica, ou da noite para o dia que serão retomadas as obras, existe toda uma série de documentação, análise de projeto e planilha de obras para serem retomadas, mas em especial essa obra do Pró-transporte é prioridade total do Governo e como consequência traz alívio para população daquele local, e também leva o asfalto a todas as ruas que ainda não foram pavimentadas, que é na verdade o sonho de toda população” concluiu Daniel Simões.

Por: Edmundo Baía Júnior

Fonte: RG 15/O Impacto

Deixe seu comentário aqui: