O cárcere do tráfico – Boca de fumo é estourada em celas do Cucurunã

Após revista realizada por agentes da Superintendência do Sistema Penitenciário do Estado do Pará (SUSIPE) ontem, sexta-feira (7), no Centro de Recuperação Agrícola Silvio Hall de Moura (CRASHM), foi encontrada uma quantidade absurda de drogas.

Na 16ª Seccional de Polícia Civil, os agentes apresentaram a autoridade policial, 206 papelotes de maconha e 4 tabletes de maconha prensada. O material entorpecente foi localizado em duas celas no Pavilhão B. Dois presos que assumiram o crime foram autuados em flagrante pelo delegado plantonista Tiago Rabelo.

Segundo o delegado, mais drogas, celulares e armas brancas foram localizados, porém, como nenhum dos presos assumiu, os procedimentos de averiguação continuam. “Os agentes prisionais informaram que foi encontrado mais drogas em outros pavilhões, mas não foi individualizada a autoria, ou seja, ainda estão verificando de quem seja, assim apresentarão na segunda-feira (10)”.

O delegado citou que também abriu procedimento para identificar como essa droga está entrando na casa penal. “Vamos apurar a facilidade para entrada desta droga. Não tem como isso acontecer, pela quantidade de droga, dizer que está entrando sem apoio de alguém”, disse Tiago Rabelo.

RG 15 /O Impacto

Deixe seu comentário aqui: