Polícia investiga possível acerto de contas em baleamento na Bartolomeu de Gusmão

Era por volta de 12h, desta quarta-feira (23), quando o homem identificado como Cleiton Oliveira, 27 anos, conduzia uma motocicleta, que tinha como passageira sua esposa, e parou no sinal vermelho do semáforo situado no cruzamento da Avenida Bartolomeu de Gusmão, com Silva Jardim.

Em ato continuo dois homens em uma motocicleta da marca Honda, modelo NXR Bros, cor preta, se aproximaram, e o carona desceu e realizou diversos disparos contra Cleiton, que foi socorrido pela equipe do Samu e encaminhado para o Pronto Socorro Municipal (PSM).

Segundo informações da Unidade de Saúde, a vítima passou por cirurgia e “seu quadro clínico requer muito cuidado indo direto para sala de reanimação do Hospital”, diz a nota do PSM, acrescentando que Cleiton recebeu duas perfurações nas costas, onde um dos projéteis atingiu a coluna da vítima.

De acordo com a polícia, o crime possui característica de acerto de contas, uma vez que nada foi subtraído da vítima. Informações dão conta que a moto usada no crimeu está no nome de uma mulher que reside no bairro Jutaí. Conforme aponta o investigador Hélio Rego, que foi até a residência da proprietária e ela falou que essa moto foi aprendida pela justiça, um oficial de justiça, com busca e apreensão na sua residência e possivelmente tenha sido leiloada e continua no seu nome.

RG 15 / O Impacto com foto de Bena Santana

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *