NEWS – ATUALIDADES Ed. 1160

MEU AMIGO PATÃO E A GOIABADA – Contos de Santarém – 27
Essa merece ser contada novamente, dos bons tempos em que Joaquim e Mama Vera estavam entre nós! Vamos lá : – – Era um domingo corriqueiro do ano de 1995, estávamos todos em Alter de Chão ao meio dia, de “bubuia“ na água, quando encontrei o Donaldo (Patão) saindo da praia, dizendo-me que o grande “Quim” (Joaquim seu pai) estava ali em sua casa, e que iria fazer uma macarronada “monstra” com tudo o que tinha direito, acompanhada de uma churrascada para gente “grande”. – Que após sairmos da praia, era para irmos lá ajuda-lo a “traçar” a comida. Uma hora depois, banho tomado, mais cheirosos que filho de barbeiro, chegamos na casa do Patão, excepcionalmente localizada em cima do morro do Lago Verde, com uma ventilação e vistas maravilhosas. – Todos já estavam comendo, a família toda presente mais os amigos. – O Sr. Joaquim estava sentado a cabeceira, em uma cadeira de palha, com um sorriso matreiro, enquanto observava Donaldo seu caçula, sentado na outra ponta da grande mesa, com cara de poucos amigos, com um absurdo prato de macarrão, uns 15 cm acima das bordas, na sua frente perguntando nervoso: – Quem foi que sumiu com minha goiabada,… pode ir colocando ela na mesa.- E nada do culpado aparecer. Cada um com a cara mais lavada deste mundo, – E ali, só tinha peça rara. Pensei com meus botões : – Mas afinal o que o Patão quer com uma goiabada, … já que está comendo uma macarronada, e nem sobremesa ainda tem por aqui ??? – E nada da ilustre goiabada aparecer, e Donaldo cada vez mais bravo, olhando embaixo da mesa, atrás das cadeiras e Joaquim seu pai, quieto, sorridente, só olhando a “pequena cria” procurar o almejado doce. Quando finalmente, Donaldo desconfiado do autor do sumiço de sua adorada goiabada, espertamente, acionou Dona Vera, sua mãe, pois sabia que aí a goiabada aparecia. Esta calmamente olhou para o marido e disse-lhe: – Joaquim pare de brincadeiras, senão o “menino” não come,… e mandou que Charles, seu fiel escudeiro pegasse a goiabada escondida pelo pai, e a trouxesse para Donaldo. – Joaquim balançando a cabeça, chateado porque mama Vera estragara a brincadeira, e Patão com cara de vencedor olhando para o Pai!!! – Aí foi que vi uma coisa espantosa, quando puseram a goiabada na mesa, Donaldo abriu a lata, tirou seu conteúdo todo colocando-o em um prato ao lado, partiu-a em quatro imensos pedaços, colocou o primeiro em cima do absurdo prato de macarronada e começou a comer o macarrão e a goiabada como se fosse a primeira coisa que comia naquele mês. E cada vez que acabava a goiabada, ele pegava outro imenso pedaço e colocava em cima do macarrão,…que já sumira do prato, e fora renovado pela terceira vez, não parando de comer até que o último pedaço de goiabada tivesse sumido da mesa. Tudo isso, acompanhado de uma coca 2 litro, que também evaporou barriga adentro do “garoto da mama” . Estou contando esta história, porque nunca vi ninguém comer como meu amigo Pato, que hoje com seus 130 kg, parece até um pouco mais magro do que a última vez que o vi, quando tinha comido 12 (doze), franguinhos do Mutunuy. – Qualquer dia, vou colocar ele e o Luis Rodolfo Carneiro juntos para ver, das duas pequenas “crianças”, … quem come mais!!! . – Garanto que vai ser coisa de quebrar churrascaria rodízio. As apostas estão abertas, quem se habilita – Obs: – Abro aqui um parêntese para as imensas saudades dos bons tempos que Mama Vera e o Grande Quim estavam entre nós, ele sempre com uma boa história para nos contar de suas aventuras, com o Dr. Pena e o velho Salem. – Este trio faz muita falta!!!


GESTÃO POR OBJETIVOS
Em uma aldeia viviam dois homens que tinham o mesmo nome: Joaquim Gonçalves. Um era sacerdote e o outro taxista e, quis o destino, morreram no mesmo dia. Quando chegaram ao céu, São Pedro já esperava-os. – O teu nome? – Joaquim Gonçalves. – És o sacerdote? – Não, o taxista. São Pedro consulta as suas notas e diz: – Bom, ganhou o paraíso. Leve esta túnica com fios de ouro e este cetro de platina com incrustações de rubis. Podes entrar meu filho!!. – Aí chegou o,outro. O teu nome? – Joaquim Gonçalves. – É o sacerdote? – Sim, sou eu mesmo. – Muito bem, meu filho, ganhou o paraíso. Leve esta bata de linho e este cetro de ferro. O sacerdote diz: – Desculpe, mas deve haver algum engano. Eu sou o Joaquim Gonçalves, o sacerdote !- Sim, meu filho, ganhou o paraíso. Leve esta bata de linho e… – Não pode ser! Eu conheço o outro, Senhor. Era taxista, vivia na minha aldeia e era um desastre! Subia nas calçadas, batia com o carro todos os dias, conduzia pessimamente e assustava as pessoas. Nunca mudou, apesar das multas e repreensões policiais. E, quanto a mim, passei 75 anos pregando todos os domingos na paróquia. Como é que ele recebe a túnica com fios de ouro e eu…..isto? – Não é nenhum engano – diz São Pedro – Aqui no céu, estamos fazendo uma gestão mais profissional, como a que vocês fazem lá na Terra.- Não entendo! – Eu explico. Agora orientamo-nos por objetivos. É assim: durante os últimos anos, cada vez que você pregava, as pessoas dormiam. – E cada vez que ele conduzia o táxi, as pessoas começavam a rezar. – Resultados! – Percebe? – Gestão por Objetivos, são as novas regras no Paraíso !!!


COMO GANHAR E PERDER PONTOS COM SUA MULHER
1 – Tarefas simples: – Você faz a cama (+1) – Você deixa a tampa da privada levantada (-5) – Você troca o papel higiênico que acabou (+2) – Você vai ao mercado só pra comprar papel higiênico (+5) – …na chuva (+8) – …mas retorna com cerveja (-15) – Você levanta de noite, pois ela ouviu um barulho estranho (0) – (quando não há pontuação é porque o homem não faz nada mais que sua obrigação) – Você levanta de noite, mas o barulho não foi nada (0) – Você levanta de noite e o barulho era de um rato (+5) – Você mata o rato (+10) 2 – Social: – Você fica ao lado dela a festa inteira (0) – Você vai beber ao lado dos amigos (-2) – Entre os amigos está uma mulher chamada Fernandinha (-4) – Fernandinha é loira e gostosa (muuuuuito gostosa)(-16) – Fernandinha o conhece muito (-180) 3 – O aniversário dela…- Você a leva para jantar fora (0) – Leva para jantar fora e não é o restaurante de sempre (+1) – É o restaurante de sempre (-2) – É um boteco (-3) – É um boteco e a TV está mostrando futebol (-10) 4 – Passeios com amigos: – Você sai com um amigo sem avisar (-3) – O amigo é solteiro (-14) – O amigo é cheio de namoradas (-27) – O amigo dirige um Mercedes conversível (-180) – A Fernandinha (gostooooosa) vai junto!!! (-500) 5 – Uma noite fora: – Você a leva para o cinema (+2) – Para ver um filme que ela gosta (+4) – Para ver um filme que ela gosta e você odeia (+6) – Você a leva para ver um filme que você gosta (-2) – O filme se chama ‘O massacre da serra elétrica III’ (-13) – Você mentiu e disse que seria um filme francês de amor (-135) – Na saída do cinema você encontra a Fernandinha (a gostooooosa), e ela faz “aquela” cena: Queriiiiiiiidooooo, há quanto tempo!!! (-750) 6 – Grandes questões: – Ela pergunta ‘Eu estou gorda?’ (-1) (é, você perde um ponto de qualquer jeito!) – Você pensa antes de responder (-10) – Você diz que não (-35) – Você diz que gosta dela mesmo que ela esteja gorda (-280) – Você faz comentários a respeito do corpo da Fernandinha!!!! (Anta!) (-750) 7 – Comunicação (ela quer contar algo): – Você ouve com uma expressão atenta (0) – Você ouve por mais que 30 minutos (+5) – Ouve por mais q 30 minutos s/ olhar para a TV (+10) – Ela percebe que você está dormindo de olhos abertos (-320) – Você balbucia o nome da sua querida amiga “Fe…Fernandinha”,(aquela muito gostoooosa)…enquanto está dormindo de olhos abertos (-1.000.000 + divórcio e pensão pro resto da vida) – Obs.: Você percebeu que agradar uma mulher não é tarefa tão difícil assim. Basta um pouco de boa vontade… E NÃO TER UMA AMIGA CHAMADA FERNANDINHA MUUUUUUITO GOSTOOOOOSA!!! – Ou qualquer outra ”INHA”!!!


ACREDITE SE QUISER ! Para reflexão:
Se você colocar um FALCÃO em um cercado de um metro quadrado e inteiramente aberto em cima, o pássaro, apesar de sua habilidade para o vôo, será um prisioneiro. A razão é que um falcão sempre começa seu vôo com uma pequena corrida em terra. Sem espaço para correr, nem mesmo tentará voar e permanecerá um prisioneiro pelo resto da vida, nessa pequena cadeia sem teto. * MORCEGO, criatura notavelmente ágil no ar, não pode sair de um lugar nivelado. Se for colocado em um piso completamente plano, tudo que ele conseguirá fazer é andar de forma confusa, dolorosa, procurando alguma ligeira elevação de onde possa se lançar. – Um ZANGÃO, se cair em um pote aberto, ficará lá até morrer ou ser removido. Ele não vê a saída no alto, por isso, persiste em tentar sair pelos lados, próximo ao fundo. Procurará uma maneira de sair onde não existe nenhuma, até que se destrua completamente, de tanto se atirar contra o fundo do vidro. – Existem pessoas como o falcão, o morcego e o zangão: atiram-se obstinadamente contra os obstáculos, sem perceber que a saída está logo acima. Se você está como um zangão, um morcego ou um falcão, cercado de problemas por todos os lados, olhe para cima! Reflita…


VOCÊ SABIA???
Você sabia que quando você inveja alguém, é porque você realmente gosta dessa pessoa? Você sabia que aqueles que demonstram ser fortes no coração, são realmente fracos e sucessíveis? Você sabia que aqueles que gastam tempo protegendo os outros são aqueles que realmente precisam de alguém para protegê-los? Você sabia que as três coisas mais difíceis de se dizer são: “Eu te amo”, – “Desculpa”, e “Me ajude”. As pessoas que dizem isso são aquelas que na verdade precisam delas ou realmente sentem elas, e são aquelas que você realmente precisa apreciar, porque elas disseram aquelas palavras. Você sabia que pessoas que se mantém ocupadas em manter a companhia dos outros ou ajudando os outros são aquelas que na verdade precisam da sua companhia e ajuda? Você sabia que aqueles que vestem de vermelho são mais confiantes neles mesmos? Você sabia que aqueles que se vestem de amarelo são aqueles que apreciam sua beleza? Você sabia que aqueles que se vestem de preto são aqueles que não querem ser reparados e precisam da sua ajuda e compreensão? Você sabia que quando você ajuda alguém, a ajuda é retornada em dobro? Você sabia que aqueles que mais precisam de você são aqueles que não mencionam isso pra você? Você sabia que é mais fácil falar o que você sente escrevendo isso do que falando isso na cara da pessoa? Mas você sabia que é mais valioso quando você fala isso na cara da pessoa? Você sabia que o que é mais difícil pra você falar ou fazer é muito mais valioso do que qualquer coisa que você possa comprar com dinheiro? Você sabia que se você pedir algo com fé, seus desejos serão garantidos? Você sabia que você poderia realizar seus sonhos, como se apaixonar, se tornar rico, manter-se saudável, se você pedir isso com fé, e se você realmente soubesse, você ficaria surpreso pelas coisas que você poderia fazer. Mas não acredite em tudo que eu te falei, até que você tente isso sozinho, se você conhece alguém que precisa de algo que eu te falei aqui, e você sabe que pode ajudar, você verá que isso será retornado em dobro. “Um dia, as pessoas honestas irão mudar o mundo…..ou nós já estamos mudando ele” A BOLA DA FELICIDADE ESTÁ NAS SUAS MÃOS….


FELICIDADE É !
Eu era feliz… A minha namorada e eu estávamos juntos há mais de um ano, por isso decidimos casar. Só havia uma coisa que me chateava, era a irmã mais nova dela. A minha futura cunhada tinha 20 aninhos, usava mini saias e grandes decotes…Tinha a mania de se vir abaixar bem perto de mim, e tive muitas vezes visões agradáveis da sua roupa interior. Um dia ligou-me e convidou-me pra ir ver os convites do meu casamento. Disse-me que em breve eu estaria casado, e que ela tinha sentimentos e desejos por mim que ela não conseguia esquecer e nem queria esquecer. Ela queria fazer amor comigo somente uma vez antes de eu me casar. Eu fiquei em total choque e nem consegui dizer uma palavra. Ela disse, “Vou lá pra cima para o meu quarto, se quiseres, só tens de subir e apanhar-me…”. Fiquei atônito. Estava congelado enquanto a observava subir as escadas. Quando ela chegou ao topo da escada, puxou a calcinha e atirou-a pela escada para mim. Eu fiquei lá por um momento…, então virei-me e fui direto á porta da frente. Abri a porta e saí da casa. Caminhei em direção ao meu carro…. O meu futuro sogro estava lá fora. Com lágrimas nos olhos abraçou-me e disse: “Estamos muito contentes que tenhas conseguido passar no nosso pequeno teste…! Não podíamos pedir um melhor homem pra nossa filha, Bem-vindo à família!” Moral da história: …..“Guarde sempre os preservativos no carro”.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *