Vigilante faz reféns e tenta roubar banco onde trabalha

Um caso inusitado movimentou a cidade de Marabá, sudeste do Pará, nesta sexta-feira (08). O próprio vigilante da agência do Banco do Brasil localizada na rodovia BR-230, no bairro Amapá, fez cinco servidores reféns.

Albert Pereira Mousinho, 33 anos é funcionário da Prosegur, empresa contratada para fazer a segurança do banco.

Ele tentou roubar uma quantia em dinheiro, após render os funcionários, mas a polícia foi acionada e frustrou a tentativa de assalto.

Após horas de negociação, o vigilante liberou os reféns e se entregou. “A Polícia foi acionada, fizemos um isolamento na área, negociamos com ele, e ele liberou os reféns e foi preso”, disse o tenente coronel  da Polícia Militar Roosevelt.

De acordo com a polícia, problemas financeiros teriam provocado a ação do vigilante.

Um colega de trabalho, identificado como Flávio Carvalho, contou à polícia que Albert chegou a pedir para eles conversarem sobre problemas pessoais, na última quarta-feira. Mas Flávio disse que foi pego de surpresa pela ação, no momento da troca de turno.

Albert foi detido e encaminhado para a delegacia de Marabá. Com ele, a polícia apreendeu três armas calibre 38  e malotes de dinheiro que pretendia roubar.

Fonte: Dol

Um comentário em “Vigilante faz reféns e tenta roubar banco onde trabalha

  • 8 de setembro de 2017 em 21:58
    Permalink

    A que ponto a crise financeira chegou: tá levando até guardas de segurança a roubar a grana que deveria defender; teria esquecido o seu voto de pobreza ?

    Resposta

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *