Em Rurópolis, polícia prende suspeito de estuprar as próprias sobrinhas, de 8 e 10 anos

O caso foi registrado na Unidade Integrada de Polícia do município localizado as margens da rodovia Transamazônica, no oeste do Pará.  As Polícias Civil e Militar transferiram, na sexta-feira (22), para o Sistema Penitenciário, o preso Sebastião Pedroso Camargo, de 35 anos, que foi preso, ontem, acusado de cometer o crime de estupro de vulnerável, no município de Rurópolis, oeste do Pará. Sebastião Camargo é apontado como autor do abuso sexual de duas sobrinhas, de 8 e 10 anos de idade. A prisão foi realizada por policiais civis da Unidade Integrada de Rurópolis e militares do 17° Companhia Independente de Polícia Militar (CIPM). A prisão foi em cumprimento a mandado de prisão preventiva.

Segundo o delegado Ariosnaldo da Silva Vital Filho, titular da Polícia Civil em Rurópolis, o acusado trabalhava como operador de máquinas e serviços gerais em fazendas da região e era tio e padrinho das vítimas. “Sebastião Camargo há aproximadamente dois anos vinha abusando sexualmente das vítimas”, ressalta. As crianças costumavam passar o final de semana nas casas dos parentes da região e era durante esse período que ele aproveitava para cometer os crimes.

As investigações começaram no ultimo domingo, dia 17. Os policiais civis e militares trabalharam juntos na tentativa de localizar Sebastião Camargo. “Assim que tomamos conhecimento do crime, realizamos campanas na vicinal do São João, onde ficamos monitorando a chegada do agressor”, explica o delegado. Após ser localizado, Sebastião Camargo foi preso e encaminhado inicialmente à Unidade Integrada de Polícia do município para prestar depoimento. Ele foi encaminhado para o Centro de Recuperação de Itaituba e responderá pelo crime de estupro de vulnerável, previsto no artigo 217, do Código Penal.

Com informações da Ascom/PC

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *