Coluna Impacto Ed. 1168

Faltando apenas um ano para a eleição, onde a população determinará o futuro do Estado e do País; muita coisa ainda acontecerá para que tenhamos um cenário, aonde seja possível apontar quem é quem; e quem quer ser alguém. O certo é que, em meios aos constantes escândalos de corrupção, será preciso ter muita atenção para separar o joio do trigo. Algumas estratégias são as mesmas há décadas. Quem está com a máquina pública nas mãos, depois de passar três anos longe do eleitor, aparece com as chamadas obras eleitoreiras. Em Santarém, são inúmeros os exemplos: Obra do estádio; Obra do Ginásio; Obras de reformas em Escolas; Obra de Saneamento; Centro de Convenções; Distrito Industrial; e mais recentemente, a Construção do Terminal Hidroviário de Cargas e Passageiro.


LISTA SEM FIM
Neste contexto, as obras eleitoreiras, que não passam de promessas com intuito de angariar votos, podem ser elencadas em uma lista sem fim. O mais grave, é que quando são iniciadas, muitas se tornam elefantes brancos, a exemplo, do Hospital Materno Infantil e do Centro Integral de Pesca Artesanal de Santarém. Assim fica difícil a vida do eleitor, que infelizmente tem de escolher entre o menos pior.


A VOLTA DO EMBRÓGLIO
Quem se lembra do que aconteceu na última eleição para Governador, que fez com que o Jatene eleito – mesmo o Helder Barbalho tendo a maioria dos votos no Município -, desprezasse o Prefeito do seu próprio partido, Alexandre Von?

A VOLTA DO EMBRÓGLIO 2
Vamos relembrar: Na campanha de 2014, Alexandre Von (Prefeito) apoiou “oficialmente” o então candidato Simão Jatene, porém, segundo algumas lideranças, nos bastidores, trabalhava para eleição de Helder Barbalho, que era apoiado pelo ex-Deputado Federal Lira Maia, que por sua vez foi o grande mobilizador da eleição de Von. Depois da eleição de Jatene, tal situação resultou no rompimento da relação entre Von e Maia, o que fez com que o partido (DEM) comandado pelo ex-Deputado, deixasse a base do governo na Câmara.

A VOLTA DO EMBRÓGLIO 3
Na capital do Estado, é grande a especulação em torno do nome que será apoiado por Jatene, para o cargo de Governador, uma vez que, informações dão conta de que ele deverá disputar uma vaga ao Senado. O atual presidente da Assembleia Legislativa do Estado do Pará (ALEPA), Deputado EstadualMárcio Miranda (DEM) está sendo cogitado para ser o indicado do Jatene. Se tal situação se concretizar, o mesmo imbróglio que aconteceu com Alexandre Von, pode acontecer com Nélio Aguiar.

A VOLTA DO EMBRÓGLIO 4
Márcio Miranda é liderança estadual do Partido Democrata, a mesma sigla do prefeito Nélio Aguiar e do ex-Deputado Lira Maia, que trabalhou arduamente para eleger o médico. Porém, todos sabem que Maia é Helder Barbalho (que como Ministro da Integração Nacional já disponibilizou mais de 70 milhões de reais para obras em Santarém), e não existem dúvidas, caso não aconteça outra situação, Maia deverá trabalhar para eleger o filho do senador Jader Barbalho. E AGORA NÉLIO?!


AÇÃO & REAÇÃO

O BOM SENSO prevaleceu, e a população agradece a retirada da placa de publicidade que estava prejudicando a mobilidade próximo à praça das flores. O efeito impacto mais uma vez beneficia os santarenos. Na semana passada, na Coluna Bocão, foi denunciada a situação de desrespeito ao Código de Postura do Município, onde pois uma placa foi colocada na calçada, impedindo a passagem das pessoas, principalmente das crianças que tinham como destino a Creche Paulo Freire, que eram obrigadas a caminhar pela rua.


CAMPEÃ ESTADUAL do Prêmio Professores do Brasil, a professora santarena Adriane Gisele Sá Menezes foi destaque na categoria Creche. 486 projetos foram inscritos em todo o Estado. Incentivada pelas colegas de trabalho, professora Adriane acreditou no seu sonho e se inscreveu no Prêmio com o projeto: “A relação dos recursos hídricos com as lendas folclóricas amazônicas: na infância se produz conhecimento”. De acordo com Adriane, a ideia de escrever um relato de experiência sobre conservação e o uso consciente da água partiu da forte ligação que as lendas amazônicas têm com a água, além da problemática da falta de água no bairro onde o Cemei está localizado.


LEITOR COMENTOU

Confira abaixo os comentários que foram destaques no site do O Impacto. Participe você também. Acesse www.oimpacto.com.br e deixe a sua opinião, que para nós é de suma importância.

MATÉRIA – Pais denunciam suspensão do Teste do Pezinho
LEITOR – Kennedy
Infelizmente a população vai pagar pelo descaso desta liminar! Os Enfermeiros são muito mais eficientes do que os médicos. Quando procuramos a Unidade de Saúde é o enfermeiro que nos orienta sobre todos os procedimentos ofertados pelo SUS. Os médicos atendem 8 paciente e vão embora sem compromisso com sua carga horária. Agora com essa atitude a população vai pagar o pato. Prefeito Nélio, se manifeste a favor da Enfermagem, pois se dependermos dos médicos estaremos ferrados, pois são os Enfermeiros que dão a condução da saúde de Santarém.

COLUNA BOCÃO / TÓPICO: PROSTITUIÇÃO (Residencial Salvação)
LEITORA – Sabrina
Somente a educação pode salvar essas crianças. Famílias desestruturadas já se iniciam sem perspectiva de futuro, crianças gerando crianças. É indispensável que o Estado olhe pra essas famílias e façam um trabalho sério de inclusão social, sem se importar com as críticas, pois o que mais vemos nessa sociedade hipócrita é gente condenando, mas sem nenhuma iniciativa para a mudança, o pior é que essas críticas vêm de quem “estuda”, considerados “bem sucedidos na vida”, vivem na igreja e falam em nome de Deus, mas sem nenhum pingo de amor ao próximo. Desprezar a condição dessas pessoas e criticar quem tenta ajudar, seja o Estado ou iniciativa privada, é de uma mediocridade sem tamanho.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *