NEWS – ATUALIDADES Ed. 1168

POLÍTICO X JORNAIS:
Queixou-se um político paulista a um editor de jornal : “ – Os senhores estão dizendo mentiras a meu respeito em seu jornal, – E sabem disso. – O senhor não tem motivos para queixas, respondeu-lhe o Editor friamente. – Que iria fazer no mundo, se contássemos a verdade a seu respeito.”


OTIMISMO X FELICIDADE:
Dia destes falaram-me que eu era um otimista incorrigível, pois em tudo encontrava motivo para alegria e satisfação, – Lembrei-me então do que disse Eisenhower, o grande estadista americano, em seu discurso de posse : – “O mundo pertence aos otimistas; – Os pessimistas são meros expectadores, e classificam-se em três tipos de pessoas: 1- As que não sabem e não perguntam; 2- As que sabem e não ensinam, 3- E as que ensinam e não fazem, – Porisso nunca se esqueça, que dentro de você existe um gênio, – DESPERTA-O !!.”


SOBRE OS ADVOGADOS:
“Não quero um advogado para me dizer o que não possa fazer. – Pago-o bem, para me dizer como devo fazer o que quero.” (J.P.Morgan – Banqueiro) – “ Se consegues superar a esperteza e inteligência de teu advogado, – É que escolheste o advogado errado.” (Bill Gates). “O pior advogado que existe, é tua esposa quando se separa de ti, – Sabe tudo de errado que fizeste na vida, e onde escondeste todos os teus bens não legalizados, – Porisso, é melhor fazer até um acordo que ela ganhe, que uma ótima discussão, onde você certamente perderá tudo” (Mac Dowell – ex-milionário, divorciado).


PENSAMOS SEMPRE O ÓBVIO !!!
Um velhinho tinha que fazer espermograma. – Foi à farmácia e comprou um potinho. -Chegando em casa, foi ao banheiro e tentou com a mão direita, tentou com a esquerda e até com as duas, e nada! – Então, chamou sua mulher. – Ela tentou com a mão direita, tentou com a esquerda, com as duas e até com a boca e também não conseguiu. – Não vendo outra opção, ela chamou a vizinha. – Esta, querendo ajudar, mesmo bastante constrangida, tentou com a direita, com a esquerda, com as duas mãos, e muito sem graça, pediu licença e tentou com a boca, mas não houve qualquer alteração! – Sem qualquer resultado, esta por sua vez, chamou a filha que tinha 18 aninhos. – Era a menina mais encantadora do bairro. – E, mais uma vez, repetiram-se as tentativas…uma mão, a outra, as duas, boquinha, mas…não conseguiu….Ahhhhh… o velhinho triste, cabeça baixa, voltou à farmácia… – E devolveu o potinho dizendo ao farmacêutico: – Dá pro senhor me ver outro, porque, lá em casa, ninguém conseguiu abrir este !!! ( QUE MENTE POLUÍDA A SUA, HEIN?)
A TESE DO COELHO ) : “pra” turma que vai fazer TCC no final do ano
Num dia lindo e ensolarado, o coelho saiu de sua toca com o notebook e pôs-se a trabalhar, bem concentrado.- Pouco depois, passou por ali uma raposa, e viu aquele suculento coelhinho tão distraído, que chegou a salivar.- No entanto, ficou intrigada com a atividade do coelho e aproximou-se, curiosa:- Coelhinho, o que você está fazendo aí, tão concentrado?- Estou redigindo a minha tese de doutorado – disse o coelho, sem tirar os olhos do trabalho.- Hummmm…. e qual é o tema da sua tese? – Ah, é uma teoria provando que os coelhos são os verdadeiros predadores naturais das raposas.- A raposa ficou indignada – Ora !!! Isso é ridículo ! ! ! – Nós é que somos os predadores dos coelhos ! – Absolutamente ! Venha comigo à minha toca que eu mostro a minha prova experimental.- O coelho e a raposa entram na toca. – Poucos instantes depois, ouve-se alguns ruídos indecifráveis, alguns poucos grunhidos e depois….silêncio.- Em seguida, o coelho volta, sozinho, e mais uma vez, retoma os trabalhos de sua tese, como se nada tivesse acontecido.- Meia hora depois, passa um lobo.- Ao ver o apetitoso coelhinho, tão distraído, agradece mentalmente à cadeia alimentar por estar com o seu jantar garantido.No entanto, o lobo também acha muito curioso um coelho trabalhando naquela concentração toda.- O lobo resolve então saber do que se trata aquilo tudo, antes de devorar o coelhinho:- Olá, jovem coelhinho! O que faz trabalhar tão arduamente?- Minha tese de doutorado, seu lobo. É uma teoria que venho desenvolvendo há algum tempo e que prova que nós, coelhos, somos os grandes predadores naturais de vários animais carnívoros, inclusive dos lobos. – O lobo não se conteve e farfalha de risos com a petulância do coelho. – Ah, ah, ah,ah ! ! ! Coelhinho, petitoso coelhinho ! – Isto é um despropósito. Nós lobos, é que somos os genuínos predadores naturais dos coelhos. Aliás, chega de conversa . . .Desculpe-me, mas se você quiser, eu posso apresentar a minha prova experimental. – Você gostaria de acompanhar-me à minha toca? O lobo não consegue acreditar na sua sorte. – Ambos desaparecem toca adentro.- Alguns instantes depois, ouve-se uivos desesperados, ruídos de mastigação e. . . silência. – Mais uma vez o coelho retorna sozinho, impassível, e volta ao trabalho de redação de sua tese, como se nada tivesse acontecido. Dentro da toca do coelho vê-se uma enorme pilha de ossos ensanguentados e pelancas de diversas ex-raposas e, ao lado desta, outra pilha ainda maior de ossos e restos mortais daquilo que um dia foram lobos. – Ao centro das duas pilhas de ossos, um enorme Leão, satisfeito, bem alimentado, a palitar os dentes. – MORAL DA ESTÓRIA: 1-) Não importa quão absurdo é o tema de sua tese; 2 -) Não importa se ela não tem o mínimo fundamento científico; 3 -) Não importa se os seus experimentos nunca cheguem a provar sua teoria; 4 -) Não importa nem mesmo se suas idéias vão contra o mais óbvio dos conceitos lógicos…..5 -) O que importa, é…. – QUEM É O SEU PADRINHO !.


DISCURSO DE NIZAN GUANAES (dono do IG) NA FORMATURA DA FAAP/SP:
Para quem não conhece, Nizan, é um do melhores redatores do mundo e dono da DM9 uma das maiores Agência de Propaganda do País), aquela dos bichinhos da Parmalat. “Dizem que conselho só se dá a quem pede. E, se vocês me convidaram para paraninfo, sou tentado a acreditar que tenho sua licença para dar alguns. Portanto, apesar da minha pouca autoridade para dar conselhos a quem quer que seja, aqui vão alguns, que julgo valiosos. – Não paute sua vida, nem sua carreira, pelo dinheiro. Ame seu ofício com todo coração. Persiga fazer o melhor. Seja fascinado pelo realizar, que o dinheiro virá como conseqüência. Quem pensa só em dinheiro não consegue sequer ser nem um grande bandido, nem um grande canalha. – Napoleão não invadiu a Europa por dinheiro. Hitler não matou 6 milhões de judeus por dinheiro. Michelangelo não passou 16 anos pintando a Capela Sistina por dinheiro. E, geralmente, os que só pensam nele não o ganham. Porque são incapazes de sonhar. E tudo que fica pronto na vida foi construído antes, na alma. A propósito disso, lembro-me uma passagem extraordinária, que descreve o diálogo entre uma freira americana cuidando de leprosos no Pacífico e um milionário texano. O milionário, vendo-a tratar daqueles leprosos, disse: “Freira, eu não faria isso por dinheiro nenhum no mundo.” E ela responde: “Eu também não, meu filho”. Não estou fazendo com isso nenhuma apologia à pobreza, muito pelo contrário. Digo apenas que pensar em realizar tem trazido mais fortuna do que pensar em fortuna. – Meu segundo conselho: pense no seu País. Porque, principalmente hoje, pensar em todos é a melhor maneira de pensar em si. Afinal é difícil viver numa nação onde a maioria morre de fome e a minoria morre de medo. O caos político gera uma queda de padrão de vida generalizada! Os pobres vivem como bichos, e uma elite brega, sem cultura e sem refinamento, não chega a viver como homens. Roubam, mas vivem uma vida digna de Odorico Paraguassu. Que era ficção, mas hoje é realidade, na pessoa de Geraldo Bulhões, Denilma e Rosângela, sua concubina. Meu terceiro conselho vem diretamente da Bíblia: seja quente ou seja frio, não seja morno que eu te vomito. É exatamente isso que está escrito na carta de Laudiceia: seja quente ou seja frio, não seja morno que eu te vomito. É preferível o erro à omissão. O fracasso, ao tédio. O escândalo, ao vazio. Porque já vi grandes livros e filmes sobre a tristeza, a tragédia, o fracasso. Mas ninguém narra o ócio, a acomodação, o não fazer, o remanso. Colabore com seu biógrafo. Faça, erre, tente, falhe, lute. Mas, por favor, não jogue fora, se acomodando, a extraordinária oportunidade de ter vivido. Tendo consciência de que, cada homem foi feito para fazer história. Que todo o homem é um milagre e traz em si uma revolução. Que é mais do que sexo ou dinheiro. Você foi criado, para construir pirâmides e versos, descobrir continentes e mundos, e caminhar sempre, com um saco de interrogações na mão e uma caixa de possibilidades na outra. Não use Rider, não dê férias a seus pés. Não sente-se e passe a ser analista da vida alheia, espectador do mundo, comentarista do cotidiano, dessas pessoas que vivem a dizer: eu não disse!, eu sabia! – Toda família tem um tio batalhador e bem de vida.- E, durante o almoço de domingo, tem que agüentar aquele outro tio muito inteligente e fracassado contar tudo que ele faria, se fizesse alguma coisa. Chega dos poetas não publicados. – Empresários de mesa de bar. – Pessoas que fazem coisas fantásticas toda sexta de noite, todo sábado e domingo, – Mas que na segunda não sabem concretizar o que falam. Porque não sabem ansiar, – não sabem perder a pose, porque não sabem recomeçar. Porque não sabem trabalhar. Eu digo: trabalhem, trabalhem, trabalhem. – De 8 às 12, de 12 às 8 e mais se for preciso. Trabalho não mata. Ocupam tempo. Evita o ócio, que é a morada do demônio, e constrói prodígios. O Brasil, este país de malandros e espertos, da vantagem em tudo, tem 0muito que aprender com aqueles trouxas dos japoneses. Porque aqueles trouxas japoneses que trabalham de sol a sol construíram, em menos de 50 anos, a 2ª maior megapotência do planeta. Enquanto nós, os espertos, construímos uma das maiores impotências do trabalho. Trabalhe! Muitos de seus colegas dirão que você está perdendo sua vida, porque você vai trabalhar enquanto eles veraneiam. Porque você vai trabalhar, enquanto eles vão ao mesmo bar da semana anterior, conversar as mesmas conversas, mas o tempo, que é mesmo o senhor da razão, vai bendizer o fruto do seu esforço, – E só o trabalho lhe leva a conhecer pessoas e mundos que os acomodados não conhecerão. > >E isso se chama SUCESSO”.


FILOSOFIA DA CERVEJA – “Tem desculpa pra tudo, quando o assunto é bebida !”
1) “Algumas vezes quando reflito acerca de toda a cerveja que já bebi, me sinto envergonhado. Mas logo vejo a alma do copo e penso nos trabalhadores da cervejaria e seus sonhos e esperanças. Se eu não bebesse esta cerveja, eles poderiam perder seus trabalhos e todos os seus sonhos veriam-se desfeitos. Portanto eu digo, “ melhor que eu beba esta cerveja permitindo que sonhos se tornem realidade do que eu seja egoísta e me preocupe com meu fígado.” – “ Algumas vezes um homem inteligente é forçado a ficar bêbado para passar um tempo com os burros”. (Ernest Hemingway) – 2) “Quando li sobre os problemas que a bebida causa, deixei de ler.” (Brian O’Rourke) – 3) “Quando bebemos, ficamos bêbados. Quando ficamos bêbados, dormimos. Quando dormimos não cometemos pecados. Quando não cometemos pecados vamos para o céu…Portanto, – Vamos ficar bêbados para ir para o céu !!!” – 4) E para fechar com chave de ouro….MENSAGEM PUBLICITÁRIA EM UMA CERVEJA DA NORUEGA : – “Ajudando as feias a fazer sexo desde 1862”

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *