MILTON CORRÊA Ed. 1173

ALÔ BB! FALTA RESPEITO COM DEFICIENTES FÍSICOS E IDOSOS
Um absurdo! Deficientes físicos e idosos para serem atendidos na agência central do Banco do Brasil em Santarém têm que escalar três lances de uma escada. É que o atendimento do banco está concentrado na parte superior do prédio. Pessoas em condições já citadas correm o risco inclusive de cair ao subir e descer a escada. E se isso acontecer, o banco vai ser responsabilizado? Quem vai responsabilizá-lo? Uma instituição do tamanho que é o Bando do Brasil deveria ter um atendimento preferencial para deficientes físicos e idosos no andar térreo do prédio. Isso seria o mínimo para que a instituição bancária demonstrasse um pouco de respeito e consideração a tais clientes. Fica aqui o apelo à gerência da instituição bancária, no sentido de que seja feita uma reflexão e posta em prática a sugestão do atendimento no andar térreo. Os deficientes físicos e idosos são clientes do banco tanto quanto as pessoas em situações normais. Por isso merecem respeito e consideração. Com a palavra a gerência da agência central do Banco do Brasil em Santarém.


CÍRIO DA CONCEIÇÃO: A RELIGIOSIDADE CATÓLICA EM FESTA
O Círio de Nossa Senhora da Conceição, padroeira da Diocese de Santarém, de número 99 ocorrerá neste domingo, 26 de novembro, saindo da Igreja São Sebastião e encerrando na Praça da Matriz. A festa tem como temática “Maria, serva e missionária!”. Este é, e sempre será, o maior evento religioso do interior da Amazônia brasileira, perdendo somente para o Círio de Nazaré, padroeira do Pará. Para o Círio de Nossa Senhora da Conceição, católicos de toda a região Oeste do Estado e do interior do Município, concentram-se na participação da virtuosa romaria.
Todos na caminhada fazem questão de participar da melhor forma possível em que possam mostrar a prática da fé no contexto da religiosidade cristã. Muitos fazem questão de ir à corda, que é entendida como instrumento de sacrifício e ao mesmo tempo de pagamento de promessas as mais variadas possíveis. Outros preferem caminhar descalços, ainda outros conduzindo miniatuar de objetos que representam a graça alcançada, como a conquista da casa própria, por exemplo. Tantos outros preferem durante o cortejo rezar o terço, assim pedia Maria Santíssima, quando da sua aparição em Fátima (Portugal), aos três pastores.
Como pode se observar são tantas as manifestações. Contamos ainda com os que distribuem água aos caminhantes. Um gesto nobre e de profunda solidariedade.
O ápice dessa caminhada sacrossanta tem vários momentos, como o pipocar de centenas de fogos de artifício no cruzamento das Avenidas Tapajós e Cuiabá, manifestação tradicional exercida pelo Sindicato dos Estivadores. Porém, a emoção maior está na chegada da imagem de Nossa Senhora da Conceição, na Praça da Igreja Matriz. É difícil resistir esse momento emotivo com tantos vivas, cantos, pipocar de fogos, etc., ao som do hino oficial da festa: “A cidade outra vez se embandeira…!
Enquanto isso acontece, muitos são os fiéis que já estão repartindo a corda, cortada em pedaços e cada um que pode leva um pedacinho, como lembrança e crença nesse instrumento que serviu de proteção à carruagem berlinda, onde a imagem foi posta durante a caminhada.
O dia da festa oficialmente será oito de dezembro. Mas, o momento de manifestação de religiosidade, fé, devoção a Nossa Senhora da Conceição se dá durante o Círio, que no próximo ano vai completar um século de realização. Isso é glorioso e nós católicos de toda a região Oeste do Pará devemos louvar a Deus por tão imposto momento. Que o Círio seja sempre esse cantar, sorrir, rezar, agradecer e louvar. Isso é crença, isso é fé!
Agora sim. Vamos ao Círio neste domingo dizer à Nossa Senhora, intercessora da paz que nós pecadores, queremos merecer a graça do perdão dos nossos pecados e assim, possamos traçar caminhos para ficarmos longe das tentações. Que Nossa Senhora da Conceição, possa continuar derramando bênçãos sobre seus filhos que pedem, suplicam e imploram pela saúde e paz a toda a humanidade. Com menos conflito e mais paz. Que assim seja!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *