Após mais uma derrota, torcedores do São Raimundo querem troca de técnico

A equipe do Pantera, na noite de quarta-feira (24), perdeu de 2 a 0 para o invicto Paysandu, em jogo na capital do estado. O resultado do time na competição, que em três jogos, amarga duas derrotas, tem despertado revolta nos torcedores, que cobram da diretoria do clube, mudança no comando técnico da equipe.

O Paysandu segue com 100% de aproveitamento no Campeonato Paraense 2018. Após forte chuva na Curuzu, o Papão fez o suficiente para bater o São Raimundo por 2 x 0, se isolar na liderança do grupo A1 e chegar no clássico Re-Pa com moral.

Os dois gols da noite foram marcados no primeiro tempo. O primeiro alviceleste foi anotado pelo atacante Cassiano. Pedro Carmona, aproveitando vacilo da defesa, fechou a conta.

O resultado subiu o Papão para os 9 pontos. O São Raimundo segue com três, na segunda colocação do grupo A2. Na próxima rodada, o Pantera jogará contra o Independente, no Barbalhão. Já o Bicola faz frente ao Clube do Remo, no Mangueirão.

O JOGO: A Curuzu, assim como grande parte de Belém, foi atingida por forte chuva. Mesmo assim, o gramado resistiu bem, não sendo problemas para Paysandu e São Raimundo criarem lances de perigo nos primeiros 45 minutos de jogo.

O confronto era “chato” para o Paysandu, que esbarrava em forte marcação e falta de espaço para o setor de criação no meio de campo. A lesão de Danilo Pires e entrada de Pedro Carmona, porém, deu mais mobilidade ofensiva ao Papão.

O primeiro gol saiu de jogada cruzada para a área. A zaga do São Raimundo não cortou, Cassiano acreditou no lance, ficou com a sobra e chutou na saída do goleiro Jader, que não conseguiu defender. 1 x 0.

Na reta final do primeiro tempo, mais um gol azul e branco. Em novo cruzamento, dessa vez da esquerda, os defensores do Pantera cortaram mal, deixando a bola de presente para Pedro Carmona escolher o canto e fazer a festa do torcedor na Curuzu. 2 x 0.

Nos instantes finais, o São Raimundo ainda tentou ser mais agressivo, mas desceu para o intervalo em desvantagem no placar.

Jogo cai de nível: Na etapa final, a postura do time mandante comandado por Marquinhos Santos foi de maior cautela. O Paysandu trocou passes e chegava no ataque apenas “na boa”, sem deixar espaços para o São Raimundo ganhar terreno ofensivo no jogo.

O Pantera, com o passar do tempo, precisou se expor, mas faltou qualidade de criação. O atacante Luis Carlos Imperador pouco foi acionado e não teve nenhuma grande oportunidade para marcar. Por outro lado, as alas do Papão seguiam boas alternativas, principalmente com Matheus.

O atacante Magno ainda teve uma boa chance para marcar o gol, após cruzamento da direita, mas a finalização saiu por cima da trave e só tirou o grito de “uh” dos bicolores. Mas o lance não atrapalhou a noite de mais uma vitória do Papão, líder geral do Campeonato Paraense 2018.

FICHA TÉCNICA:

Paysandu – Marcão; Matheus Silva, Perema, Derlan e Victor Lindenberg; Cáceres, Nando Carandina, Danilo Pires (Pedro Carmona) e Fábio Matos (Peu); Mike e Cassiano (Magno). Técnico: Marquinhos Santos

São Raimundo – Jader; Bruno Limão, Moisés, Renan e Hércules (João Victor); Tete, Lima (Romário), Léo (Sabino) e Wendel; Jefferson Monte Alegre e Luís Carlos Imperador. Técnico: Vladimir de Jesus

Estádio: Curuzu, Belém (PA)

Árbitro: Gustavo Ramos Melo

Auxiliares: Dimmi Yuri das Chagas Cardoso e Rafael Bastos Cardoso

RG 15 / O Impacto com informações do DOL

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *