Empresa contratada pelo Estado aplica calote em Santarém

Funcionários da empresa prestavam serviço na Estação Cidadania

Uma grave denúncia foi encaminhada à nossa redação, envolvendo a empresa Office Empresa de Terceirização Ltda, portadora do CNPJ nº 14.785.189/0001-80, com endereço na TV WE 84 – nº 1131 – Anexo B, em Ananindeua – Pará, CEP: 67.140-250, fundada em 20/12/2011, atuando no ramo de Terceirização de Mão de Obra, Empresa de Limpeza e Conservação. Segundo a denúncia, essa empresa ganhou a licitação para atuar na Estação Cidadania de Santarém, órgão do Governo do Estado, porém, em outubro de 2017 acabou o contrato e outra empresa foi contratada para realizar o mesmo serviço no órgão.

Ao todo, nove funcionários trabalhavam aqui em Santarém para essa empresa. Após o término do contrato, esses funcionários foram admitidos pela outra empresa que ganhou o processo de licitação. Até aí, tudo bem. Acontece, que esses funcionários não foram indenizados pela empresa Office, que não pagou aviso prévio e outros direitos. Todos os nove funcionários da empresa deram entrada na Justiça do Trabalho e foram encaminhadas as intimações, mas a empresa não recebeu a intimação da Justiça, pois o endereço que está cadastrado não existe, ou seja, está caracterizando que seja uma empresa fantasma, só de fachada, para arrecadar recursos do Estado.

A audiência de uma das funcionárias da empresa que estava marcada para o dia 29 de janeiro deste ano, não aconteceu, pois a empresa Office não foi encontrada no endereço cadastrado. Há informações de que essa mesma empresa, Office Empresa de Terceirização Ltda, ganhou uma licitação na Ufopa, mas estamos investigando a veracidade.

“Com certeza deve ser uma empresa de políticos e como perderam o contrato para outra empresa, devem ter mudado de endereço e a Justiça não está encontrando para notificá-la. Tem uma funcionária que estava grávida de 4 meses em outubro e foi demitida. Ela estava há 4 anos na empresa, bem como tem gente que está com cinco ou mais anos na empresa Office e como perdeu o novo contrato, simplesmente mudou de endereço, ou seja, sumiu de circulação e a Justiça não está conseguindo encontrar seus diretores. O pior, segundo a denúncia, essa empresa é Ltda, mas tem somente uma sócia, o que é estranho, já que para uma empresa ser cadastrada na Jucepa como Ltda tem que ter dois ou mais sócios.

O certo é que os nove funcionários que trabalhavam para a Office Empresa de Terceirização Ltda, em Santarém, ficaram sem ser indenizados. Mas estão cobrando uma atitude do Governo do Estado para que essa situação seja resolvida.

Os advogados dos funcionários têm de incluir no polo passivo da demanda o Estado do Pará, é legal e já tem decisão a favor dos funcionários, já que verbas trabalhistas possuem preferência. A empresa está atendendo no email dp.os@hotmail.com e telefone (91) 32760360 e para saber o endereço da sócia administradora os advogados devem requerer junto à Justiça para notificar a Receita Federal para fornecer através da Declaração de Imposto de Renda o atual endereço.

Entramos em contato com a empresa através do email e responderam nossa solicitação. Presume-se que a empresa seja de um político famoso que usa terceiros para tirar proveito.

Muita gente quer saber se esse tipo de calote aplicado por essa empresa tem o aval do governador Simão Jatene.

Por: Jefferson Miranda

Fonte: RG 15/O Impacto

Um comentário em “Empresa contratada pelo Estado aplica calote em Santarém

  • 8 de fevereiro de 2018 em 17:45
    Permalink

    Ocorre que essas empresas não são penalizadas no âmbito administrativo e continuam ilesas aplicando golpes a funcionários e vc pior com aval de alguns agentes públicos que recebem propinas pra ela continuar ganhando licitações.

    Resposta

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *