Prefeitura e Movimento de Carimbó propõem o fortalecimento do segmento

No final da manhã de segunda-feira (12), representantes do Movimento de Carimbó no Oeste do Pará e do governo municipal, através das Secretarias Municipais de Agricultura e Pesca (Semap), Cultura (Semc) e Turismo (Semtur) reuniram na proposta de estreitar o planejamento de ações conjuntas relacionadas ao segmento cultural carimboleiro.

“O secretário da Semc, Luis Alberto, após prévia conversa, quando fomos solicitar apoio dele para conclusão da agenda do Movimento biênio 2018/2019, dentre, a proposta de uma agenda com a finalidade de valorizar mais o carimbó na região, ele sugeriu a integração de mais secretarias municipais e aqui estamos para entregar o projeto denominado, Movimentando a Roda de Carimbó no oeste do Pará”, detalhou, membro do Movimento e Mestre de Carimbó, Chico Malta.

O objetivo geral do Projeto Movimentando a Roda de Carimbó no Oeste do Pará, entregue aos representantes do governo municipal prevê o fortalecimento as atividades dos mestres e grupos de carimbó, inserindo-os nos eventos culturais da região e incentivar a formação de novos por meios de capacitação, organização, elaborações de shows e criações de mecanismo de auto-sustenção.

A entidade existe há 08 anos, formada por 07 grupos de Carimbó, que vem fortalecendo e difundindo o Carimbó como patrimônio da cultura brasileira, por meio de apresentações itinerante de Carimbó em residências e espaços dos mestres, em áreas públicas e privadas, nos hotéis, pousadas, repartições comerciais da Vila de Alter do Chão, Santarém, Belterra, Terra Santa e outras capitais do Brasil e do mundo.

“A aproximação do Movimento de Carimbó facilitará inclui-los em diferentes atividades, e assim crescer ainda mais identidade do Movimento de Carimbó, pretendemos envolver mais os grupos no período do Çairé no mês de setembro. Eu vejo pouca participação, e deveríamos ter mais, estamos articulando a elaborar o cenário do Çairé, e o carimbó é fundamental na construção desta identidade de raiz cultural. Outra atividade seria nas tardes sábados propor apresentações da carimbó no Parque Municipal da cidade “, explicou o titular da Semc, Luis Alberto Figueira.

O representante da Semap Domingos Ferreira ressaltou que o carimbó é uma das nossas marcas, quando se trata de cultura, “Não podemos perder de vista esta identidade, e nos propomos a contribuir dentro deste processo, e levarei a sugestão ao nosso secretário municipal de agricultura e pesca, Bruno Costa, já antecipo, que na certa vai somar ao entretenimento da nossa população, há um grande fluxo no Parque Municipal, principalmente de famílias que precisam aproveitar essa identificação cultural da nossa região”, destacou.

“Foi satisfatório o encontro, principalmente por estreitar linhas de ações, e na certeza da nossa parceria. E de posse deste projeto vamos avaliar melhor a nossa contribuição. Temos ideias que possam fortalecer, dentre os Projeto Turistando, a previsão de lançamento no mês de abril, o qual vamos proporcionar aos turistas de hotelaria a visitar pontos turísticos e encerraremos as rotas ao Cristo Rei- Centro de Artesanato, no receptivo do Movimento de Carimbó”, antecipou, o secretário da Semtur, Diego Pinho.

O membro do Movimento de Carimbó, Claúdio Sousa, destacou que, “o Carimbó vai além do entretenimento cultural, é referência para o Estado do Pará, principalmente na linha educacional, a cultura popular tem que fazer parte da educação. Atualmente temos no Movimento, instrutores para fins de produção de instrumentos, chapelaria, vestuário e ministrar aulas instrumentais”, atentou.

A reunião foi realizada no gabinete da Semtur e participaram 15 pessoas, dentre servidores municipais e representantes do Movimento de Carimbó do Oeste do Pará.

Fonte: RG 15/O Impacto e Agência Santarém de Notícias

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *