Eduardo Fonseca Ed. 1189

DOIS GRANDES ACONTECIMENTOS

Dois acontecimentos importantes marcaram esta semana que ora se encerra, para a educação santarena.
Primeiro, a sessão especial, na Câmara Municipal de Santarém, no dia 13, para festejar os setenta anos do antigo INSTITUTO BATISTA DE SANTARÉM, hoje, COLÉGIO BATISTA DE SANTARÉM, localizado em quase uma quadra nas avenidas Mendonça Furtado e Presidente Vargas, entre as travessas Sete de Setembro e Moraes Sarmento. O Batista é um importante marco na educação santarena, onde ali trabalharam alguns professores que fizeram e muito contribuíram para a história da educação santarena. Dentre outros, lembro-me muito bem do Pastor Sóstenes Pereira de Barros e sua irmã Onésima Pereira de Barros, esta brilhante professora de música e canto. Inclusive, foi a autora do Hino do Colégio Álvaro Adolfo da Silveira, onde me chama muito atenção até hoje, os versos: (“Tendo o Livro como arma e Disciplina por dever…), Professor Maurício Castanho, professor Ebenezer, entre outros que a memória não me traz, agora.
Para quem não sabe, havia internato misto no Instituo Batista, internato masculino e internato feminino. Naquela época, era comum ter internato, porque não havia as, hoje, chamadas Repúblicas. Tinha boas equipes de futebol, vôlei feminino e depois quando construíram a quadra apareceram bons alunos de futebol de salão, handebol e basquete e bons atletas como: Jonatas, Eró, Birimba, Walquírio, Afonso (Cupu) e muitos outros.
Eu passei boa parte da minha infância, “furando” pelas estacas do cercado do quintal do Batista, para jogar bola no seu campo. Quando os alunos estavam em aula que não fosse a de educação física. A turma do bairro ia para lá praticar sua pelada, até o Pastor ameaçar de soltar os cachorros em cima de nós. Abria-se. Lava…Égua!
Parabéns Instituto Batista de Santarém, lembro-me com saudade dos desfiles cívicos de sete de setembro, quando o “Batista” era o único colégio que levava suas balizas e bicicletas ornamentadas nos raios de suas rodas, com as cores verde e amarela.
O segundo grande acontecimento foi no dia 14 de março, foi festejado os setenta e cinco anos do Colégio Dom Amando, antigo Ginásio Dom Amando, de onde fui aluno e fiz parte por dezesseis anos do quadro de seus professores, que entre outros formavam a equipe: Olindo Neves, Prof. Emir Bemerguy, Nice Rocha, Ninfa Rodrigues, Gersonita Carneiro, Maria do Carmo, Risoneide Wanghon, Liduína Maia, Bianor Lima, José Maria Maia, João Bernardo Santana, Carlos Albuquerque, Ivan Sadeck, Ronan, Rosinete Amaral, Ebenezer, Ronaldo Lima, e os irmãos, hoje os saudosos, irmão José Ricardo Kismann, Ernesto, Ricardinho, Alfredo, o irmão Leonardo e o irmão Sérgio, continuam no colégio e alguns franciscanos, como Frei Pedro, Frei Danilo Rodrigues (in Memoriam) dentre outros.
Localizado na colina, no prédio onde funcionou o Hospital São José, que foi desativado, quando da Inauguração do Hospital do SESP (resultante de um acordo dos governos brasileiro e norte americano) hoje, Hospital Municipal e Pronto Socorro Municipal.
Neste setenta e cinco anos, incontáveis são os profissionais, que tiveram sua formação básica pelos bancos do CDA, até a galgarem importantes funções nas esfera municipal, estadual, nacional e até internacional.
Hoje o colégio se modernizou e se adaptou aos novos conceitos de educação oferecendo aos seus alunos, ou como chamam os empresários da educação, sua “clientela”, diversidades na educação com o objetivo da formação integral do cidadão.
Muitas recordações, todos os que por lá passaram tem na memória: a banda, o desfile de sete de setembro, os jogos internos, a feira de ciências, o festival folclórico (onde por oito anos fui coordenador da Vaca Bulandeira), os passeios. Parabéns Santarém, por ter merecido duas grandes instituições de ensino que ainda continuam se destacando como as melhores da Pérola do Tapajós. ///////// UMAS E OUTRAS – A placa em frente ao supermercado CR na Turiano Meira, COHAB, lia-se: Estacionamento (exceto para motos), talvez por não saberem o significado da palavra EXCETO, (o que não duvido muito), os motoqueiros resolveram raspar a pintura da placa e ficou apenas o “flande” pregado no esteio e aí, os mototaxistas que tem demonstrado, nesta cidade, que parecem estar acima da lei, tomaram o estacionamento deixando os donos de veículos, sem opção. SMT, vamos trocar a placa e vamos fazer uma Blitz ali que durante todo o dia é um grande desrespeito às leis do trânsito e ao Código de Postura do Município de Santarém. E só retirar um agente da madrugada do Aeroporto de Santarém, e colocá-lo, na Travessa Turiano Meira, próximo à Avenida Muiraquiitã. ///////// Dia 15.03 foi o dia nacional do Consumidor. Surpreendi-me com o pronunciamento do coordenador do PROCON de Santarém, quando diz que o consumidor deve pedir a nota fiscal. Não, senhor Coordenador do PROCON! É obrigação do comerciante fornecer a nota fiscal, onde consta o valor do imposto que foi retido para que ele passe para o fisco, municipal, estadual ou federal. Se não recolher este imposto (pago pelo consumidor), esta ação tem um nome: Sonegação e o comerciante que a retém chama-se SONEGADOR. ///////// A perda de BEBETO DE FREITAS, ex-jogador e treinador da seleção brasileira de vôlei masculina, no dia13 de março. Este que foi o grande responsável pela popularização do vôlei no Brasil a partir dos anos 80, quando surgiu a famosa jogada “jornada nas estrelas”. Era fatal. Bernard foi o grande ídolo na época. Obrigado BEBETO. /////// Mesmo com as Forças Armadas, que intervieram na Segurança Pública do Rio de Janeiro (que constitucionalmente não é o seu papel), a violência não diminuiu, os bandidos não se intimidaram, continuam praticando tiroteio, continua a morte por bala perdida. E o mais recente foi a execução da vereadora do Rio de Janeiro, MARIELE FRANCO, possivelmente por policiais corruptos ou envolvidos nas milícias e crime organizado, na favela da MARÉ, pelas denúncias contra um bom número deles, nas favelas. A denúncia foi feita pela Vereadora, no dia anterior e no dia seguinte. Morte! ///////// Falta somente 195 dias para o primeiro turno das eleições para Presidente da República, Senador, Deputado Federal, Deputado Estadual e Governador. Vamos pensar e votar naqueles candidatos comprometidos com Santarém, de preferência santareno, ou da região, e que não seja ficha suja. ////// Hoje (quinta-feira), 15 de março, termina o defeso para algumas espécies de peixes. Ocorre que em Santarém que nunca teve tabela de preço para os peixes, agora a Secretaria da Pesca diz que vai fazer uma tabela, na Semana Santa. Pelo que tenho lembranças, das poucas vezes que tabelaram o peixe para a Semana Santa, tabelaram por cima e o preço, permaneceu a partir daí, sempre mais caro e vire-se consumidor! //////// Nesta sexta tem SEXTA DA SAUDADE, no Fluminense, com a Banda Raízes da Terra!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *