UMAS E OUTRAS II – Eduardo Fonseca Ed. 1194

UMAS E OUTRAS II

A título de complemento do nosso texto da semana passada: O SEXTO PRESIDENTE BRASILEIRO PRESO: Na história do nosso País, quatro (4) ex-presidentes da República foram presos após deixar o cargo. Apenas WASHINGTHON LUIZ foi detido em pleno exercício do mandato. LULA é o sexto ex presidente brasileiro a ser preso e o primeiro a cumprir pena por um crime comum. Outros quatro foram condenados após deixar o cargo. O MARECHAL HERMES DA FONSECA (1855/1923), permaneceu encarcerado por seis meses, por decisão do então presidente EPITÁCIO PESSOA. Em 1932, durante a Revolução Constitucionalista, ARTHUR BERNADES (1875-1955) ficou detido por dois meses. Outras duas prisões de ex presidente aconteceram no período de exceção. De regime militar. JUSCELINO KUBITSCHEK (1902 – 1976), foi detido em 13 de dezembro de 1968, dia da emissão do Ato Institucional nº 5 (AI 5). Passou nove dias em um quartel e um mês numa prisão domiciliar.” JÂNIO QUADROS (1917 – 1992) TAMBÉM FOI DETIDO EM 1968. Passou 120 dias encarcerado em Corumbá MS. Apenas WASHINGTHON LUÍS (1869 a – 1957), foi detido ainda no exercício da função. Deposto pela Revolução de 1930 é forçado a abandonar o Palácio Guanabara, no Rio de Janeiro. Viveu anos no exílio antes de retornar ao País. //// /////////// Lamentavelmente no DIA DA VOZ, o Brasil perdeu uma das últimas verdadeiras vozes do Samba Brasileiro DONA IVONE LARA, com 97 anos de muito samba, sucesso e superação. Aí me veio uma lembrança das vozes que perdemos, Cauby Peixoto, Francisco Alves, Nelson Gonçalves, Ataulfo Alves, Maysa, Elis Regina, a “Divina” Elizeth Cardoso. Me veio, também, lembranças das maravilhosas vozes de Santarém, Ruth Santos, Orlando Paiva, Abelardo Moura, Luiz de Assis, e em especial “A Voz” de Edemar Machado, “O Machadinho” que junto com o seu companheiro do bandolim, o saudoso Laudelino Silva, enchiam de alegria as noites, nos lares, e nas ruas santarenas, nas serestas em noites enluaradas. ////////////// Onze senadores da república brasileira deixaram Brasília e estiveram em Curitiba, no Paraná, no dia 17.04.2018, para verificar as condições em que o ex presidente condenado em segunda Instância: LULA INOCENTE DA SILVA, estava cumprindo a sua sentença. Foram onze, com custos pagos pelo povo brasileiro, que o ex presidente surrupiou bastante, o bolso dos brasileiros e do Brasil. E aí vem o primeiro questionamento: Eles deveriam estar “trabalhando” em Brasília, não?. E, quantos foram senadores da República a ir ver as condições em que os setecentos mil presos, entre provisórios e sentenciados, a maioria provisórios, cumprem as suas sentenças, nas masmorras nos quatro cantos desta terra de Pindorama? Afinal, perguntar não ofende! ///////// Não ofende também em saber, porque toda essa prioridade para o assassinado da vereadora carioca MARIELLE FRANCO, após um mês e cinco dias do crime, a ONG Anistia Internacional cobra “agilidade” nas investigações da morte de MARIELLE FRANCO. Já a crise humanitária na Venezuela bolivariana, há um mês não é assunto para esta dita ONG. No entanto, a morte dos “balas perdidas”, dos agricultores nas florestas da região Amazônica, em especial no PARÁ, “o conflito no campo”. Do CORTA CORDA, em Santarém, por exemplo. Dos PM’s que são assassinados, diariamente, pelo Brasil todo, e em bom número aqui no Pará, não merecem a mesma atenção e preocupação, até da ONU, inclusive. E o Secretário de Segurança Pública diz que em Belém ele anda tranquilo. Ele pode, não é.?, já o resto do povão que paga o seu vultoso salário, está exposto à violência urbana, como uma das maiores do País.
Em Santarém, há um armazém cheio de carros novos, já todos com as cores da Polícia Militar, deve ser mais um motivo para um desfile na cidade, uma carreata, por exemplo. Com a única intenção para fazer a campanha eleitoral, para o atual gestor do Estado, gastando mais uma gasolina do contribuinte e mostrar que o governo está trabalhando e o povo está com uma “sensação de violência”. Pode? É verdade, é mais uma forma de usar o aparato do Estado para se manter no poder. Ponha a Polícia na Rua. O dividendo eleitoreiro vem com a satisfação da população. ////////// Nesta sexta feira, haverá BAILE DE SAUDADE no Fluminense, o Palácio Tricolor, há 70 anos promovendo alegria para a população santarena. Com a Banda RAÍZES DA TERRA. Os casais de enamorados vão para lá para ouvir a boa música, conversar, dançar e namorar. Vamos nos encontrar lá! Imperdível!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *