Campanha contra violência sexual leva esclarecimentos a comunidade escolar

A Prefeitura de Santarém, por meio da Secretaria Municipal de Trabalho e Assistência Social (Semtras) via Centro de Referência Especializado da Assistência Social (Creas), levou a campanha “Faça Bonito, Proteja nossas Crianças e Adolescentes”, para o 1° Encontro de Formação Continuada de Gestores e Especialistas em Educação, da 5ª Unidade Regional de Educação (5ª URE), através da coordenação de ensino da equipe psicossocial da Unama – Faculdade da Amazônia.

O Encontro ocorreu na quinta-feira (10), e faz parte da programação que está sendo realizada durante todo o mês de maio pela Prefeitura de Santarém em parceria com a Rede de Proteção dos Direitos da Criança e do Adolescente em alusão a 18 de maio, Dia Nacional de Enfrentamento ao Abuso e à Exploração Sexual de Crianças e Adolescentes. Na ocasião foi realizada uma mesa redonda com o objetivo de articular a Rede de Proteção na prevenção à violência sexual contra o público da campanha. Mais de 90 pessoas, entre gestores e especialistas em educação, participaram.

O Creas proporcionou a equipe gestora das 27 escolas um espaço de diálogo, reflexão, conhecimento e troca de experiências para auxiliar as ações no contexto escolar com foco no abuso e exploração sexual de crianças e adolescentes.

Glaucya Fiori, psicóloga do Centro, levou aos participantes do evento esclarecimentos sobre os variados tipos de abuso sexual, alguns sinais de alerta para possível identificação da violência, os canais de denúncia da rede de proteção do Creas, conselhos tutelares e apresentou estatísticas sobre casos acompanhados pelo Centro.

O diretor da 5ª URE, José Normando Santos de Castro, avaliou que o momento de discussão e esclarecimentos foi de fundamental importância. “Foi o momento de enriquecer os laços entre estado e município. Infelizmente, muitos casos acontecem e essa parceria visa lidar melhor com as ocorrências e encaminhá-las”.

“É fundamental trazer essa campanha para dentro das escolas, mas é preciso ter muita responsabilidade ao apontar os casos, investigar melhor e ter muito cuidado. É importante que nossos adolescentes saibam mesmo como enfrentar o abuso e a exploração sexual através da denúncia”, destacou, Pedro Teixeira Pinto, diretor da Escola Estadual de Ensino Médio Rodrigues dos Santos, que têm uma média de 700 alunos matriculados.

Na sexta-feira (11), a campanha foi levada ao núcleo Mapiri da Pastoral do Menor. A equipe do Creas foi convidada para repassar os esclarecimentos as crianças e adolescentes bem como aos líderes da comunidade. Aproximadamente 60 pessoas participaram.

A Coordenadora do Centro de Referência Especializado de Assistência Social (Creas), Islaine Daniele Pimentel, avaliou que essa campanha, alusiva ao 18 de maio, é essencial. “Nós devemos estar sempre atentos. Instruir a população, os educadores, as crianças e adolescentes, pais ou responsáveis, a comunidade em geral. É preciso informar o que deve ser feito ao se deparar com alguma situação, como identificar que algo está errado e de que forma buscar ajuda. Nós do Creas temos uma equipe especializada para atendimentos e contamos com apoio da Rede de Proteção da Criança e do Adolescente. É importante que se houver pelo menos uma suspeita, que esse caso seja encaminhado para as equipes investigarem a fundo,” observou a coordenadora.

O Creas, equipamento da Prefeitura de Santarém, por meio de sua equipe técnica já visitou quatro escolas da rede Municipal e Estadual e levou a palestra para mais de 350 pessoas, entre elas estudantes e comunidade escolar, Pastoral do Menor, gestores de educação. A programação continua por todo o mês nos oito Centros de Referência de Assistência Social (Cras).

O Creas funciona de segunda à sexta-feira, de 8h às 18h, na Avenida Sérgio Henn, 838 – Aeroporto Velho.

Confira a programação completa da Campanha

14/05
15h – Palestra na Escola Estadual de Ensino Fundamental – Gonçalves Dias. Av. Goncalves Dias, 373 – Bairro: Prainha Reponsabilidade do Creas
15/05
16h – Palestra na Escola Municipal César Simões Ramalheiro R. Piauí – Área Verde Reponsabilidade do Creas
16/05
8h30 ás 17h30 – Oficina de disseminação para Enfrentamento ao Tráfico de pessoas e a Exploração Sexual de Crianças e Adolescentes para a Rede de Defesa de Proteção Social, Auditório do Restaurante Popular (Altos Mercadão 2000) – Responsabilidade do Creas e a presença da equipe da Secretaria de Estado de Justiça e Direitos Humanos (SEJUDH).
18/05
17h – Blitz em quatro pontos da cidade em locais de maior fluxo de pessoas e caminhada na Vila Balneária de Alter do Chão:

  • Praça da Cohab BR 163 (Quincó) ,
  • Fernando Guilhon (em frente ao Rio Tapajós shopping).
  • Av. Sérgio Henn (em frente a Semtras)
  • Caminhada em Alter do Chão, Responsabilidade Semtras e Rede de Proteção da Criança e Adolescente.
  • Fonte: RG 15\O Impacto e Ascom\PMS

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *