Bocão Ed. 1200

EFEITO IMPACTO
Após denúncia publicada no site do Jornal O Impacto sobre uma máquina motoniveladora da prefeitura de Santarém, que foi adquirida com recursos de emenda parlamentar, por meio do Ministério da Integração Nacional, que estava sendo usada pelo Sirsan (Sindicato Rural de Santarém), a mesma foi imediatamente devolvida à Prefeitura. Tendo, portanto, fundamento a denúncia.

EFEITO IMPACTO 2
A máquina teria sido repassada ao Sirsan, mas segundo um denunciante, a entidade não possui documentação oficial nenhuma para manter o maquinário sob sua tutela. Sendo assim, um bem adquirido com recurso público não pode ser utilizado para uso de particular, sem a devida observância da legislação. A prefeitura de Santarém recorreu à Justiça, solicitando a reintegração de posse da máquina, uma vez que o presidente do Sirsan não queria devolvê-la, sendo que o contrato de doação assinado entre a Prefeitura e o Ministério da Integração, garante a posse ao Município, inclusive dando-lhe a responsabilidade pela manutenção e documentação junto aos órgãos competentes. Antes que o imbróglio fosse mais adiante, o Sirsan decidiu devolver a máquina à Prefeitura.


CARTEL
A gasolina vendida nos postos de combustíveis aqui em Santarém é uma das mais caras do Brasil. O pior, é que o preço do álcool está mais caro do que da gasolina. Isso sem falar que em alguns postos é vendidas gasolina misturada com etanol, causando problemas nos veículos. Há informações de que existe um cartel, para que todos cobrem o mesmo preço. São poucos os postos que vendem o combustível mais barato. Os órgãos responsáveis pela fiscalização devem entrar em ação e punir esses empresários gananciosos.


DOIS PESOS E DUAS MEDIDAS
Tem muita gente questionando a Justiça, que foi cruel com os vendedores da Feira do Tablado, determinando que a Prefeitura retire do local esses trabalhadores, mas não fez a mesma coisa com o Porto da Praça Tiradentes, onde a bagunça é total nesse local. Os trabalhadores da Feira do Tablado vão ser remanejados para o Mercado da Rodagem, local bastante distante e sem fluxo de pessoas para comprar suas mercadorias. Justiça, MPE, Prefeitura e Associação dos Feirantes devem sentar e encontrar uma solução.


SUCATAS NA EMATER
Leitor da Coluna encaminhou denúncia para falar sobre veículos sucateados que estão no pátio da sede da Emater, localizada na Avenida Curuá-Una, esquina com a Mendonça Furtado, em Santarém. “Amigo Bocão, sou produtor orgânico e toda quarta-feira colocamos nossos produtos para vendas no pátio da Emater. Um caso que chama atenção, é que no local existem vários veículos que estão parados por falta de manutenção e estão virando sucatas, atrapalhando o acesso das pessoas que se dirigem ao local para comprar nossos produtos. O pior, é que a direção do órgão não manda fazer a manutenção desses veículos, que poderiam servir a outras instituições”. O caso é sério e o Ministério Público deve entrar em ação para investigar a veracidade dessa denúncia.


PREFEITO ENROLADO
O município de Alenquer está entregue às traças, sem comando. São várias manifestações contra o governo do Juraci Estevam, que já foi afastado diversas vezes e voltou através de liminar. Esta semana, o Sindicato dos Trabalhadores em Educação Pública do Pará (Sintepp) solicitou ao Tribunal de Justiça do Estado do Pará (TJPA) o imediato bloqueio dos recursos do Fundeb, para garantir o pagamento aos professores que ainda não receberam os salários do mês de abril de 2018. Segundo o Sintepp, a Prefeitura de Alenquer não está cumprindo ajuste firmado com o MPE para pagamento dos servidores da educação até o quinto dia útil do mês seguinte.


SACANAGEM
Estudantes ficaram revoltados com o aumento da passagem do ônibus, que foi aprovado pelo Conselho Municipal de Transportes. Pela proposta aprovada, a tarifa cheia subirá para R$ 3,25 e o passe estudantil para R$ 1,08. Os estudantes não concordam com esse aumento e dizem que os empresários querem ganhar mais e oferecem um péssimo serviço. O pior, é que a maioria dos ônibus que circulam na cidade é sucateada, causando transtornos não só aos estudantes como a outros usuários do transporte coletivo. O prefeito Nélio Aguiar não pode aceitar esse aumento e deve fazer logo a licitação do transporte coletivo. Só assim poderemos ter um transporte de boa qualidade.


PERIGO NAS RUAS
Já que o município de Santarém encabeçou a campanha ‘Maio Amarelo’, para capacitar os educadores com noções básicas de educação para o trânsito, seria importante ensinarem os alunos a não atravessarem a faixa de pedestre sem que os veículos parem. Aqui em Santarém os alunos de várias escolas atravessam a faixa de pedestre e não querem nem saber se vem carro, o motorista é quem tem que dá o jeito dele e frear. Com isso, vários acidentes já aconteceram. Isso sem falar que alguns motoristas não param e atropelam os estudantes. O certo seria os estudantes esperarem os carros pararem, para depois atravessarem na faixa de pedestre. O alerta está dado!

13 comentários em “Bocão Ed. 1200

  • 5 de junho de 2018 em 11:50
    Permalink

    ENGRAÇADO Q TODO ANO AUMENTA O SALÁRIO MÍNIMO E DOS MOTORISTAS DE E COBRADORES DE ÔNIBUS, COMO OS EMPRESÁRIOS VÃO ARCAR COM AS DESPESAS SE NÃO AUMENTAR A PASSAGEM? AS PÉSSIMAS CONDIÇÕES DOS ÔNIBUS É DEVIDO AS RUAS INTRAGÁVEIS, QUALQUER CARRO PARTICULAR OU ÔNIBUS QUEBRA NAS RUAS ESBURACADAS DESSA CIDADE, OS DONOS DE EMPRESA TBM TEM FAMÍLIA PRA SUSTENTAR.
    ABSURDO É LANÇAR UM FILME NO CINEMA OU TER UM SHOW EM SANTARÉM E A FILA DE ESTUDANTES SER QUILOMÉTRICA, QUER DIZER Q PRA ESTUDAR A PASSAGEM DE ÔNIBUS É CARA MAS PRA IR CURTIR NÃO NÉ…. SENDO Q A PASSAGEM DE ÔNIBUS EM STM É 1/3 DO VALOR E TODO LUGAR É 50% ASSIM CMO INGRESSOS DE FESTAS E CINEMA… ME POUPE NÉ

    Resposta
  • 4 de junho de 2018 em 09:05
    Permalink

    Bocão sempre muito polêmico!!!

    Resposta
  • 1 de junho de 2018 em 15:57
    Permalink

    Se o Nélio deixar passar essa reajuste de novo todo ano eles vao querer aumentar essa passagem. ate acabar o mandato dele ja estamos pagando 5,00 na passagem de onibus. Prefeito mais mole que esse tá pra nascer. PQP…

    Resposta
    • 1 de junho de 2018 em 21:17
      Permalink

      ei nelio não autorizar o aumento da passagem pois vamos para ruas e vamos convidar todo mundo se o Senhor aumentar passagem estes ônibus da Borges estão se quebrando e só vive no prego por favor não autorize ok

      Resposta
  • 1 de junho de 2018 em 15:55
    Permalink

    Esses onibus nao tem o minimo de estrutura. Nem uma reforma nas cadeiras eles tiveram coragem de mandar fazer na ultima vez q teve reajuste de passagem. É muita sacanagem com os usuários se esse prefeito deixar passar esse aumento de novo.

    Resposta
  • 1 de junho de 2018 em 08:54
    Permalink

    Aquele colégio ao lado do atacadão é terrível, o que tem de crianças correndo de uma pista para outra é uma loucura. Menino para todo lado, são vidas, e devem ser cuidadas. A faixa de pedestre esta até apagada, tinha que ser pintada e por guardas de transito ou será que estão esperando o pior acontecer?!

    Resposta
  • 1 de junho de 2018 em 08:42
    Permalink

    Aumentam a passagem alegando melhorias, não vejo nada mudar não tem 2 anos que a passagem subiu e os ônibus estão péssimos. Caso tipico do nosso Brasil, em meio a esse caos nada me surpreende mas.

    Resposta
  • 1 de junho de 2018 em 08:36
    Permalink

    Jornal O impacto de Santarém é nossa arma contra a impunidade. Parabéns!!!

    Resposta
  • 1 de junho de 2018 em 08:33
    Permalink

    Se as crianças estivessem atravessando fora da faixa ainda tinha motivo para serem chamadas atenção; mas estão na faixa e ainda querem colocar a culpa da imprudência de motoristas nas crianças. Esse povo inventa cada coisa.

    Resposta
  • 31 de maio de 2018 em 17:48
    Permalink

    Não tem desculpa para motorista não parar na faixa. São para isso q servem as placas de sinalização. Porque tem motorista abusado mesmo. Que veem as pessoas na faixa e não param. A faixa é de pedestres. Vcs que esperem a vez de vcs passarem.

    Resposta
  • 31 de maio de 2018 em 17:45
    Permalink

    Gente, já aumentou o serviço de mototaxi, onde uma corrida para o Mapiri custa mais caro q uma para bairros com o triplo de distância como Diamantino, livramento e santana, por exemplo. Agora querem aumentar o de ônibus de novo. Que merda que vcs tão fazendo aí?

    Resposta
  • 31 de maio de 2018 em 17:42
    Permalink

    É um absurdo esse aumento nas passagens de ônibus de novo. Não faz nem um ano q teve rejuste. É inaceitável. Pelo amor de Deus, prefeito. Tenha bom senso. Governe para o povo. Já que o conselho municipal de transporte só visa os empresários.

    Resposta
  • 31 de maio de 2018 em 17:38
    Permalink

    A prefeitura deveria organizar e arrumar um local para que cada bairro tivesse uma feira. Ao menos aos finais de semana. Ia facilitar a vida dos clientes que conseguiriam os produtos com mais facilidade e daria renda para um maior número de feirantes e produtores rurais.

    Resposta

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *