Empresa de Itaituba é contratada para recuperar BR 230 (Miritituba-Campo Verde)

A empresa VF Gomes Construtora Ltda foi contratada para realizar a conservação e recuperação do pavimento da BR-230, trecho Miritituba-Campo Verde, no município de Itaituba – Pará. As obras foram contratadas pelo DNIT (Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes), através do contrato nº 02-00989/2017, assinado em janeiro deste ano de 2018, com validade de um ano, no valor de R$ 6.139.999,99.

Trecho da Rodovia está pronto para o tráfego de Carretas e outros veículos

Para a realização desta obra, a empresa VF Gomes Construtora Ltda investiu em maquinários e equipamentos modernos de última geração, no sentido de realizar um trabalho de qualidade. Inclusive, a empresa já foi analisada e recebeu certificado de qualidade ISO 9001:2015, pelos serviços que já vem realizando na região Oeste do Pará. Devido o trabalho de qualidade que vem realizando, a empresa já possui vários contratos com o Governo Federal.

Recuperação da Rodovia está dando acesso para carretas chegarem ao Porto de Miritituba

Segundo o engenheiro da empresa, Emerson, este contrato, para obra neste trecho da BR-230-MIRITITUBA-CAMPO VERDE, contempla obras de recuperação do pavimento, através de execução de tapa-buraco, fresagem do pavimento danificado com recomposição em asfalto quente CBUQ e recuperação da camada de base em pontos localizados. Após a execução desses serviços, está sendo aplicada em toda a rodovia uma camada de micro revestimento asfáltico frio, moderna tecnologia que tem como objetivo promover a proteção, a impermeabilização e rejuvenescimento estético do pavimento asfáltico, protegendo os serviços realizados e dando conforto e segurança aos usuários.

O engenheiro Emerson disse, ainda, que após a execução do micro revestimento será reimplantada a sinalização horizontal. Para a continuidade do padrão de desempenho da rodovia, atividades como limpeza de dispositivos de drenagem, execução de tapa-buracos, recomposição de drenagem danificada, roçada, capina, manutenção de pontes em madeira e manutenção dos pequenos segmentos não asfaltados são serviços rotineiros que continuarão sendo executados pela empresa.

O engenheiro afirmou que a duração estimada dos serviços realizados é de um ano, havendo interesse entre o DNIT e a empresa a renovação do contrato por um período de até 5 anos.

Este trecho da BR-230, faz parte do modal rodoviário de escoamento de soja do estado do Mato Grosso e parte do Pará, sendo única via de acesso aos portos de Miritituba pela Rodovia BR 163-Cuiabá-Santarém. Passam diariamente por esta Rodovia, do centro produtor do Mato Grosso ao Porto de Miritituba, no município de Itaituba, em torno de 1.000 carretas transportando soja e milho. Dos portos de Miritituba os grãos são levados em barcaças para os navios em Barcarena e Santana-Amapá.

Vereador Peninha esteve vistoriando obras na Rodovia

PEDIDO DE VEREADOR É ATENDIDO: A situação precária deste trecho da BR-230, entre Campo Verde-Miritituba, foi criticada na Câmara Municipal de Itaituba pelo vereador Peninha, que pediu providências. Inclusive, o DNIT, além de contratar a empresa VF Gomes Construtora Ltda para fazer a recuperação deste trecho, contratou uma outra empresa para construir as pontes do Km 17 e Km 25 desta mesma Rodovia.

Para fiscalizar os serviços que estão sendo realizados, o vereador Peninha esteve visitando o trecho. “Estou muito contente de ver uma empresa de Itaituba, fazendo um serviço de qualidade na recuperação desta estrada. Quando criticamos é porque queremos o melhor para nossa região, mas temos que também elogiar o que está sendo feito de bom e este serviço de recuperação asfáltica é de boa qualidade”, reconheceu o parlamentar Itaitubense.

Fonte: RG 15/O Impacto

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *