Embarcação que saiu de Parintins para Santarém é denunciada por superlotação de passageiros

Vídeo mostra momento que alguns passageiros são retirados da embarcação, pela Marinha.

Centenas de pessoas que foram assistir o Festival Folclórico de Parintins, que aconteceu na semana passada, e que estavam retornando para suas cidades, como Juruti e Santarém, na segunda-feira, dia 09, ficaram revoltadas e com bastante medo devido a superlotação na embarcação Cidade de Nhamundá.

Segundo a denúncia encaminhada à nossa reportagem, quando a embarcação saiu do porto de Parintins estava com a lotação de passageiros autorizada pela Marinha. O problema é que após a embarcação sair do porto de Parintins, o comandante parou no meio do rio e outro barco encostou e mais passageiros entraram no Cidade de Nhamundá, ultrapassando o limite autorizado pela Marinha. Se não bastasse isso, poucos metros depois mais um barco parou e novamente outros passageiros entraram na embarcação.

Alguns passageiros que tinham o contato da Marinha, ligaram e fizeram a denúncia. A Marinha fez contato com o comandante da embarcação, que ficou mais de duas horas parada no meio do rio, deixando os passageiros expostos ao sol. Após a chegada dos homens da Marinha, tendo à frente o Sub-oficial Sérgio, uma nova contagem foi feita e foi constatado excesso de passageiros. A embarcação teve que voltar ao porto de Parintins e só foi liberada com a lotação certa. Sendo que o proprietário do Cidade de Nhamundá teve que contratar uma outra embarcação para levar os passageiros que iriam ficar em Juruti.

Um fato que causou mais revolta, é que o comandante da embarcação ameaçou as pessoas que fizeram a denúncia à Marinha. O proprietário e o comandante da embarcação responderão pelo ato ilegal, sendo que o comandante do Cidade de Nhamundá teve sua carteira apreendida. Também um BO foi registrado na Delegacia Especializada enquadrando o comandante no artigo 261 do Código Penal
Fonte: RG 15/O Impacto

Um comentário em “Embarcação que saiu de Parintins para Santarém é denunciada por superlotação de passageiros

  • 10 de julho de 2018 em 11:51
    Permalink

    Parabéns aos passageiros que usaram o seu direito de reclamar de um péssimo atendimento e que coloca em risco a vida de outras pessoas. Esses donos de embarcações pensando em apenas lucros, esquecem da segurança e conforto dos passageiros que pagam fielmente o valor das passagens.
    Por mais pessoas assim. Na linha PTR/STM – STM/PTR… a mesma coisa vem ocorrendo e o que se nota é a falta de respeito por que paga por um serviço e é lhe dado um de péssima qualidade….

    Resposta

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *