Ex-dirigentes denunciam “plano” para vender sede do São Raimundo

Dirigentes Júnior Tapajós, Alberto Tolentino e Jardel Guimarães

No final da tarde desta segunda-feira, os dirigentes do São Raimundo, bastante magoados, revelaram seus motivos para deixar o Clube. Segundo Alberto Tolentino, o São Raimundo não pode ficar nas mãos de dirigentes, pois é um clube aberto, pertence ao torcedor. Hoje apenas um grupo de 30 membros domina o São Raimundo, sendo que o presidente Rosinaldo do Vale tem uma grande afinidade como diretor Sandcley Monte.

“Existe um plano para se fazer um empréstimo junto ao BNDES, no valor de 4 milhões de reais, dando como garantia a sede do São Raimundo”, disse Tolentino, que também revelou antes já houve um “plano” para vender a sede do clube para Igreja da Paz. Tolentino disse que discordou de se fazer o empréstimo junto ao BNDS, que pode ser evitado, “basta abrir o clube para novos sócios, com a venda de títulos, o que trarão um recurso maior, até com as mensalidades que seriam pagas”, afirmou.

Sede do são raimundo

Teve também um movimento dentro do Clube para vender a sede para a Igreja da Paz. “Uma imobiliária fez a avaliação do imóvel, mas não houve acordo quanto ao valor, o que impediu a venda que já estava sendo realizada”, disse Tolentino.

O advogado André Cavalcante também se desligou do clube.

Veja maiores detalhes desta matéria bombástica na edição impressa do jornal O Impacto de sexta-feira.

Por: Carlos Cruz

Um comentário em “Ex-dirigentes denunciam “plano” para vender sede do São Raimundo

  • 31 de maio de 2011 em 23:22
    Permalink

    Na verdade estes 04 dirigentes queriam é utilizar o São Raimundo como plataforma politica, com interesses bem especificos.

    Vejamos a situação dos 04 que abandonam:

    01 – Jardel Guimarães: Delegado de Policia, filiado ao PDT e pau mandado de Osmando Figueiredo;

    02- Dr. Tolentino, médico, irmão de Ricardo Tolentino que é sócio de Osmando Figueiredo, não esquecendo que Dr. Tolentino é Irmão de Marcela Tolentino, Vereadora pelo Partido do Osmando.

    03- Tapajós Jr. – Empresário da empresa do Pai o Vereador José Maria Tapajós, aliado de Osmando Figueiredo.

    04- André Cavalcante – Advogado, defensor do grupo politico e com interesses inconfessáveis para que o grupo politico detenha o poder do São Raimundo.

    Como se pode ver o “Grupo dos que Deixam” na verdade não querem deixar o São Raimundo e sim assumir o poder dentro do clube e para isto abandonam o clube e partem para ofenciva contra a diretoria que querem destruir.

    Se o São Raimundo vencesse e estivesse classificado este mesmo grupo, principalmento o Delegado e o Médico, estariam em frentes as cameras e microfones para tirarem dividendos, agora que perdeu, fazem iguais a ratos que são os primeiros a abondonar o navio quando o mesmo começa a naufragar.

    Resposta
  • 31 de maio de 2011 em 10:15
    Permalink

    É verdade quanto a venda do São Raimundo para Igraja da Paz, sou membra da igreja à mais de 10 anos e estava sendo feito uma corrente de oração para que o valor baixasse e a igreja pudesse adquirir o local. O negócio só não foi firmado em razão do valor ser muito alto para igreja, mas nós continuamos interesados para aumentar o espaço da igreja. Acho q tem mais coisa suja pra vir à tona. Esse Sandicley, ninguém que estava de fora se enganou sobre ele, ouvia vários comentários sobre ele que era mal carater e q só queria meter a mão no clube. Não é nem daqui acha que vai querer defender o que não é seu, só quer o dinheiro junto com esse parado desse presidente. Acho que os torcedores tem que se manisfetar e expulsar esses corrupitos…

    Resposta

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *