Preso comete suicídio na cadeia de Novo progresso

Paulo Roberto se enforcou

Paulo Roberto da Silva, de 37 anos, preso por homicídio, se matou na madrugada do ultimo dia 07, na cadeia de Novo Progresso.

Nenhum dos companheiros de cela do Paulo Roberto da Silva viu quando ele amarrou a corda em seu pescoço e tirou a sua própria vida. Segundo os detentos,  Paulo Roberto da Silva há alguns dias se mostrava perturbado e passava horas se batendo na parede. Ele estava com muito remorso do crime que tinha cometido, informou a Polícia.

Horas antes de Paulo Roberto da Silva tirar sua vida, os presos o amarram com uma corda, serraram um cadeado de uma janela e o jogaram em um corredor escuro da cadeia e o deixaram lá.

Ao amanhecer do dia, o agente de plantão foi levar o café da manhã aos presos e se deparou com Paulo Roberto, com uma corda no pescoço e parte da cela serrada pelos presos. 

Paulo Roberto foi preso no dia 03, pelas polícias Civil e Militar, acusado de degolar com uma faca um jovem de 31 anos, no bairro Santa Luzia, próximo a lanchonete da Chinoca.

O delegado Lucivelton Ferreira abriu inquérito policial para investigar as causas do suicído. Segundo o Delegado, Paulo Roberto da Silva desde a sua prisão vinha tendo um comportamento estranho, pois seguidas vezes ele dizia que a pessoa que ele havia tirado a vida estava perto dele e o estava atormentando.

Fonte: Digital Notícias

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *