ENVOLVIMENTO

ENVOLVIMENTO

Já dá pra perceber o envolvimento de igrejas e organizações sociais na campanha do SIM TAPAJÓS. Primeiro foi a igreja católica durante a realização da celebração de Corpus Chisti. Agora foi a vez do Congresso da Paz. As manifestações confirmam que nesta região, o índice de aceitação é superior a 80%. A UNECOS vai reunir com 200 lideranças sociais, que vão focar a questão durante 3 dias. Curiosamente, esta é a primeira vez que a entidade coloca em discussão o assunto. Que assim o envolvimento vá se multiplicando, sem que se espere iniciativas do ICPET (Instituto Cidadão Pró Criação do Estado do Tapajós), criado recentemente para levar avante a campanha plebiscitária pelo SIM.A luta é nossa e não do ICEPET.

CONTRA A MARÉ

 Os produtores rurais que comercializam seus produtos no Complexo de Abastecimento do Mercadão 2000 se sentem como se estivessem remando contra a maré. Um relatório da APRUSAN ao Ministério Público Estadual, mais precisamente à promotora Maria Raimunda Tavares, diz de forma clara que durante as operações de limpeza e desratização, eles não contam com qualquer apoio da Secretaria de Agricultura e Abastecimento, Secretaria de Produção Familiar e muito menos do  administrador do Complexo. Como os demais comerciantes do local, também não participam, os roedores vão e logo voltam. Sem falar na perda de mais de 30% dos produtos, pela falta de transporte adequado, armazenamento e falta de assistência técnica. Isso é muito grave, e já que o Ministério Público tem conhecimento desta e de outras denúncias, contidas no relatório, quem sabe a Prefeita não receba nos próximos dias mais uma Ação Civil Pública, para aumentar a “sua coleção”. Já que ela não consegue dormir em Santarém, vai para os Estados Unidos. Ta podendo, né Prefeita!!!

Por: Emanuel Rocha

Um comentário em “ENVOLVIMENTO

  • 4 de abril de 2012 em 23:13
    Permalink

    porque que os marrosinhos não tiram uma barraca de lanche imunda disfarçada de veiculo na travessa dos martires em frente a uma loja de importados¨na rua¨?

    Resposta
  • 5 de janeiro de 2012 em 12:32
    Permalink

    Após visita hoje em Alter do Chão, comprovei estar a área fisíca do balneário, um verdadeiro lixão a céu aberto. Centenas de sacos com restos pendurados nas árvores, várias latinhas de cerveja jogadas a beira da praia e muitas garrafas de bebeidas ao longo das águas, acompanhado de outros tipos de lixos, todos oriundo da área domestica. Espero que as autoridades de direito, façam hoje ainda, a devida vistoria, para confirma o teor dessa denúncia, e que culmine em ação verdadeira, visando o bom uso das prais. Ficou evidenciado, dois mundos, várias lanchas desfilando rumo as prais mais distantes, ao que aparenta, já pára as filmagens da novela da globo, e por outro, o lixão de que é feito as prais. Peço aos jornalistas, que encaminhem cópia dessa denúncia a todos os setores, pois se trata da mais verdadeira.

    Resposta
    • 4 de fevereiro de 2012 em 01:12
      Permalink

      Após vsitia hoje em Alter do Chão, comprovei estar a área fisíca do balneário, um verdadeiro lixão a céu aberto. Centenas de sacos com restos pendurados nas árvores, várias latinhas de cerveja jogadas a beira da praia e muitas garrafas de bebeidas ao longo das águas, acompanhado de outros tipos de lixos, todos oriundo da área domestica. Espero que as autoridades de direito, façam hoje ainda, a devida vistoria, para confirma o teor dessa denúncia, e que culmine em ação verdadeira, visando o bom uso das prais. Ficou evidenciado, dois mundos, várias lanchas desfilando rumo as prais mais distantes, ao que aparenta, já pára as filmagens da novela da globo, e por outro, o lixão de que é feito as prais. Peço aos jornalistas, que encaminhem cópia dessa denúncia a todos os setores, pois se trata da mais verdadeira.

      Resposta
  • 23 de julho de 2011 em 12:45
    Permalink

    Deixo a minha insatisfação com a imprensa FALADA, especialmente a Radio Riural, quando falam dos treinadores locais, e nao lembram do Paulinho Gama, fui atleta dessa profissional em Rondonia e agora em Roraima, onde foi campeao estadual, e os caras de STM, nao lembram do rapaz. porq ele é autencitco e fala mesmo desses que se dizem conhecedores (AMADORISMO). sou santareno e conheço o Paulinho que é filho de Santarem e nao dão Moral, nao falam dele. fica aqui minha indignação por ser santareno.

    Resposta

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *