Aeroporto de Itaituba revitalizado terá vôos normalizados

Aeroporto de Itaituba

Em 10 de junho de 2011, o Aeroporto Municipal de Itaituba – devidamente revitalizado graças ao empenho e verbas próprias da Prefeitura Municipal foi totalmente liberado pela Agência Nacional de Aviação Civil (ANAC). 

Em 2010, de acordo com os registros fornecidos pela administração do Aeroporto, o maior fluxo de embarque foi no mês de julho com 2.607 passageiros e de desembarque em Dezembro com 2. 361 passageiros. No total estiveram trafegando no atual Aeroporto 51.006 passageiros.

Para o administrador do referido, Paulo Darlison, a expectativa “é que agora nos possamos ter um aumento considerado para melhor desenvolvimento do município, pois desde 2008 os vôos de médio e grande porte eram irregulares e, a partir da próxima segunda-feira, 25 de julho, retornarão à freqüência normal, os vôos de rotas regionais e nacionais, com mais freqüência, isso significa que vôos mais seguros tanto para a Trip – primeira empresa que se regularizou na ANAC com a aquisição da Hotran de n° TIB115-002 com ATR72 (médio e grande porte), equivalente a 68 passageiros – isso cotidianamente, como para outras empresas que estarão entrando no mercado local” finalizou.

PREFEITURA ATRAVÉS DA SEMAP HOMENAGEIA GARIMPEIROS

O Prefeito Municipal de Itaituba Valmir Climaco, através da Secretaria Municipal de Meio Ambiente e Produção – SEMMAP realizará no dia 22 de julho de 2011 uma homenagem aos Garimpeiros regionais na Sala Verde da referida secretaria.

O objetivo é a homenagem alusiva ao Dia Nacional do Garimpeiro, nacionalmente comemorada dia 21 de Julho, para parabenizar aqueles que mais contribuíram com a história da cidade “Pepita” – Itaituba, cuja origem do nome é Tupi, significando “lugar de muitos pedregulhos”.

De acordo com o Secretário da SEMMAP, Ivo Lubrinna de Castro, “a questão garimpeira na Província Aurífera do Tapajós passa hoje por intenso processo de transformação, e em função disso, se faz necessário que o profissional da garimpagem esteja atendo também à questão ambiental, além de seus diversos direitos e deveres” declarou. Ele acredita ainda que as palestras que constam na programação em comemoração ao Dia do Garimpeiro serão de extrema importância para os presentes, especialmente no aspecto social, econômico e ambiental.

Fonte: Amanda Lago

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *