Criança de um ano é oferecida por dez reais em Altamira

Combate á pedofilia

No último sábado, Marilene Silva batia de porta em porta nas casas que ficam no bairro conhecido como Baixão do Tufi, em Altamira. A intenção era vender uma criança de apenas um ano e três meses de idade.

Marilene foi denunciada por moradores do local e presa em flagrante pela Polícia Militar que estava acompanhada do Conselho Tutelar.

A mulher, que parecia estar drogada e apresentava sinais de embriaguez, negou que estivesse comercializando o menor. Levada para a sede do Conselho Tutelar, Marilene Silva fez uma quebradeira no prédio e precisou ser contida pelos policiais.

Apresentada na Delegacia de Polícia Civil, Marilene manteve sua afirmação e disse que não estava vendendo o garoto. De acordo com o conselheiro que atendeu o caso, ela não apresentou nenhum documento que provasse que o menino seja realmente seu.

A acusada chegou a ficar detida uma noite na delegacia, mas foi liberada. O bebê está sob os cuidados do Espaço do Menor em Altamira.

Fonte: DOL

Um comentário em “Criança de um ano é oferecida por dez reais em Altamira

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *