Goleiro do São Raimundo sondado para jogar no Vasco da Gama

Labilá

Além do sabor da primeira vitória na competição e a comemoração de 147 partidas pelo São Raimundo, o goleiro Labilá tem um motivo a mais para comemorar. Durante a semana, Paulo Ferreira, que se intitulou olheiro do Vasco da Gama (RJ), foi a Santarém para observar as habilidades do bom goleiro santareno e também esteve presente no estádio Jader Barbalho para ver Labilá em ação.

“Durante a semana, fui procurado por esse olheiro do Vasco da Gama nos treinos, mas não deu para conversar com ele. Daí, quando eu estava saindo do aquecimento da partida para colocar o uniforme no vestiário, o Paulo Ferreira se apresentou, me deu um cartão e falou que já tinha conversado com o Roberto Dinamite (presidente do Vasco) sobre a vinda dele para Santarém me acompanhar”, revelou Labilá.

Para Labilá, a presença de um olheiro de uma equipe grande observando o seu futebol é um grande incentivo, porque o olheiro poderia ter ido para centros mais próximos do Rio de Janeiro. Mas, ele fez uma ressalva. “Ainda não é a hora de sair. Temos que estar tranquilos para ver as propostas, pois chegar ao outro clube e não ser valorizado não vale a pena”. O próprio Labilá deve procurar o olheiro. “Estou muito bem aqui. Tenho a minha família, a torcida do time e o apoio do pessoal do São Raimundo, mas só depende de mim. Mas só pensarei em sair daqui depois que terminar a Série D”.

Fonte: RG 15/O Impacto e DOL

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *