Energia de Tucurui em todo Pará até 2014

Nicias e Peninha

O Secretário Extraordinário de Estado para Assuntos de Energia, Nicias Ribeiro, assegurou á imprensa, que o projeto Energético do Pará abrange todo o Estado, inclusive o Secretário está agendando uma visita em Itaituba para falar sobre o assunto. Nicias Ribeiro disse que até o final do Governo Simão Jatene a previsão é para todos os municípios paraenses terem energia gerada pela Hidrelétrica de Tucuruí. Somente os Municípios de Jacareacanga, Gurupá e Aveiro não serão beneficiados com energia de Tucuruí. A solução para Jacareacanga, alegou Nicias Ribeiro, é a construção de uma PCH naquela Região.

MAIOR TORRE DO MUNDO

Nicias afirmou que Tucuruí vai fornecer energia para Manaus e Macapá. Inclusive para isso será construída em frente à cidade de Almeirim a maior torre do mundo, com 295 metros de altura. O Secretário também garante que todos os municípios da margem esquerda do rio Amazonas serão atendidos com energia de Tucuruí.

Sobre Belo Monte, Nicias Ribeiro explica que esta hidrelétrica deverá ser construída no período de 4 a 5 anos. Hoje, o projeto já está sendo executado, apesar das manifestações de alguns, que só usam os pontos de impactos ambientais negativos para criticar este grande Projeto. Precisamos, alegou Nicias, mostrar os impactos positivos desse projeto. O que vai ganhar a Região. Isto, afirmou Nicias, ninguém fala.

O Projeto Belo Monte vai gerar mais de 11 mil megawatts e integrará o Sistema Nacional Energético do Brasil. Hoje, quem for a Altamira já percebe a transformação daquele Município e da Região. Os hotéis aumentaram os preços das diárias e não existem mais apartamentos disponíveis. Não existe casa para alugar e o mais interessante, é a falta de mão de obra. Hoje, disse Nicias, não se encontra em Altamira pedreiros, carpinteiros e eletricistas. De fora já chegaram a Altamira cerca de 7 mil pessoas e muita gente vai chegar em breve.

Como Secretário, adiantou Nicias, estamos trabalhando com o Plano de Desenvolvimento Regional Sustentável do Xingu para montar uma infra-estrutura, como cursos para preparar mão de obra, saneamento, hospital, escolas, enfim, atender as necessidades da população, não apenas de Altamira, mas dos demais Municípios da área de influência. Com isso, os municípios da Transamazônica vão melhorar a qualidade de vida da nossa gente.

LEILÃO EM 2012 – Sobre Complexo Hidrelétrico do Tapajós, Nicias disse que no final do ano de 2012 será realizado o leilão e o prazo de construção será de 6 a 7 anos. Com este empreendimento, afirmou Nicias, Itaituba e a Região também vão ganhar grandes benefícios, mas para isso precisa também ter esse Plano de Desenvolvimento Regional Sustentável. O que temos que mostrar à população, não é apenas o impacto ambiental negativo, mas também os pontos positivos que ocorrerão nesta Região, concluiu Nicias Ribeiro.

Por: Nazareno Santos

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *