Vice-presidente da OAB pede afastamento de grupo

Evaldo Pinto teve assinatura falsificada e agora pede afastamento

O vice-presidente da Ordem dos Advogados do Brasil no Pará (OAB-PA), Evaldo Pinto, e o secretário-geral adjunto, Jorge Medeiros, entregaram ontem ao presidente da entidade, Jarbas Vasconcelos, um pedido de afastamento da diretoria por 60 dias. Segundo eles, o motivo da saída temporária foram os acontecimentos desencadeados pela venda irregular do imóvel pertencente à subseção de Altamira. Na sexta-feira passada, o tesoureiro Albano Martins Júnior havia tomado o mesmo rumo, alegando praticamente os mesmos motivos de Pinto e Medeiros.

“Registramos, por oportuno, que o presente pedido encontra forte motivação na notificação efetivada pelo Conselho Federal, no que pertine à apresentação de defesa nos autos do pedido de intervenção formulado pela subseção de Altamira, que em relatório preliminar apontou graves violações ao Estatuto e Regulamento Geral da OAB”, justificam o vice e o secretário. Além de Vasconcelos, resta agora na diretoria apenas o secretário geral, Alberto Campos Junior, que promete se manter no cargo sem considerar qualquer hipótese de renúncia ou licença.

Fonte: RG 15/O Impacto e DOL

Um comentário em “Vice-presidente da OAB pede afastamento de grupo

  • 7 de setembro de 2011 em 11:01
    Permalink

    SO DEUS SABE DE TODA VERDADE, E O PROPRIO PARA JUGAR OS MESMOS Q ESTÃO SENDO ACUSADOS.

    Resposta

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *