MILTON CORRÊA

Encontro de Governadores

O vereador Henderson Pinto (DEM), na Tribuna destacou o encontro em Santarém dos governadores do Pará Simão Jatene e do mato Grosso, onde segundo o Vereador foi discutido o Projeto Rota da Integração através de uma hidrovia, para interligar o intercambio de transporte e comercial entre os dois estados, fortalecidos pela BR 163 e a idéia de construção de uma ferrovia, “para que melhore ainda mais essa logística de transporte dos produtos agrícolas do Brasil para o mundo”, contata. Henderson Pinto entende que essa é a forma mais curta e barata que o Brasil tem para se tornar mais competitivo no mercado internacional, já dispondo de tecnologia de produção, “o que estamos precisando é diminuir custo, o que se concretizaria com a materialização da rota da integração”, observa.  Referindo ao sete de setembro, quando se comemora a independência do Brasil, Henderson disse que hoje o que está faltando é a preservação de valores cívicos de amor à pátria, éticos e morais. Ele lamenta que a corrupção no Brasil, tenha sido banalizada, teme que ela seja institucionalizada. Pediu a juventude, principalmente, que preserve os valores de crescimento ético e moral.

Sairé

O vereador Emir Aguiar (PR) destacou a programação da festa do Sairé 2011, que começa no próximo dia 15 na vila de Alter do Chão, no período de 16 a 19 de setembro. Segundo o Edil, a programação é bastante extensa e contará com um leque de opções festivas e religiosas. Já na próxima quinta-feira, 15, a abertura ocorrerá por conta de uma cerimônia, café da manhã comunitário e show cultural com roda de carimbó. No dia da abertura acontecerá o lançamento do selo dos 350 anos de Santarém, na Praça do Sairé. No segundo dia, além de várias atrações, marca o início das disputas entre os Botos Tucuxi e Cor de Rosa. Seguindo a programação até a segunda-feira, quando a festividade se encerra com a derrubada dos mastros e o baile dos barraqueiros com a Banda Tapajoara, no Lago dos Botos.

Denúncia

O vereador Valdir Matias Júnior (PV) denunciou a empresa Bertolini, que segundo ele, ao adquirir um terreno no bairro Matinha, impede o direito de ir e vir das pessoas, em local por onde o proprietário anterior da área permitia o acesso. “A empresa colocou um portão, com cadeado que está trancado e as pessoas que por ali passavam deixaram de ter o direito de acesso às suas casas”, lamenta. Valdir Matias garante que vai pedir intervenção da Prefeitura, para se for o caso desapropriar cerca de oito a dez metros do terreno, para poder se garantir o acesso às pessoas que moram por trás da estância Alecrim.

Seminário

O vereador Reginaldo Campos (PSB), que faz parte da Frente parlamentar pelo Trânsito Seguro, na Tribuna destacou a iniciativa das empresas que comercializam motos e das auto-escolas, que segundo ele vão realizar no próximo dia 25 de setembro no Barrudada Hotel, um seminário com o tema “Ação de Prevenção e Combate aos Acidentes de Trânsito”.  Reginaldo considera louvável a iniciativa, já que segundo ele tem crescido o índice de acidentes em Santarém, envolvendo principalmente condutores de motos. O parlamentar afirma que muitos deles estão conduzindo as motos sem habilitação. Reginaldo cobra do governo municipal e principalmente da secretaria especializada, para que seja feita fiscalização “mais cerrada”, define.

Falta de segurança

A vereadora Marcela Tolentino cobrou do governo do estado do Pará, mais segurança para Santarém. Segundo ela, as delegacias de Polícia estão sem infraestrutura e contingente necessário. Pediu que o governo estadual realize o concurso público, para a área de segurança pública. Mas adverte: “não estamos precisando apenas de recursos humanos, estamos necessitando de mais viaturas e estruturas nas delegacias de Polícia”. A exemplo de Reginaldo Campos, Marcela mostrou-se preocupada com o excessivo número de acidentes de trânsito. Segundo ela o que mais causa o acidente é a imprudência dos condutores de veículos e principalmente de motos. Marcela pediu apoio das instituições públicas, privadas, movimentos sociais, meios de comunicação, para que todos unidos possam de alguma forma trabalhar para diminuir a violência no trânsito de Santarém.

Ameaças

O vereador Carlos Jaime (PT), na Tribuna disse que foi procurado por moradores da Comunidade Patos do Ituqui que estão sofrendo com um conflito de terra e que lhe denunciaram o fato nestes termos: “Na comunidade existe uma área que é usada há várias gerações como área coletiva e serve para atender as necessidades básicas dos moradores como a pesca. Além disso, é nessa área que os comunitários deixam suas poucas cabeças de gado no período do verão.Recentemente um empresário de Santarém se disse proprietário da área e começou a impor restrições à utilização da mesma por parte dos comunitários, inclusive afirmando que construiria uma cerca no local e a partir disso ninguém mais poderia passar por ali. Insatisfeitos com a situação, no dia 29 de julho os comunitários procuraram o Ministério Público Federal para relatar o ocorrido e pedir providências, por se tratar de área da União. Não tendo sido tomada nenhuma providência, o empresário cumpriu a promessa e construiu a cerca. Os comunitários revoltado com o que consideraram ABUSO por parte do dito empresário, DERRUBARAM A CERCA. O empresário procurou a Polícia e registrou Boletim de Ocorrência. Então, no dia 01 de setembro, quinta-feira, o empresário, acompanhado de alguns policiais, foi até à comunidade ameaçar e impor medo aos moradores.

Por: Milton Corrêa

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *