Tragédia – Quatro mortes no trânsito

O corpo de um dos motociclistas que morreu em Belterra

A bruxa continua a solta no trânsito de Santarém e municípios da região, escolhendo suas vítimas com seus dedos de sangue que apontam fatalidade. Desta feita a rainha da fatalidade escolheu o final de semana para reinar. Tudo começou na tarde de domingo (04), no município de Belterra, quando duas motocicletas se chocaram e os condutores, Leonardo de Oliveira Lima, de 20 anos, e Francisco Carlos Sousa de Sousa, de 19 anos, estavam sem capacete no momento do acidente, por conta desse descuido não resistiram ao choque e morreram. Em Belterra, é comum verificarmos a presença de condutores sem o equipamento de proteção.

O acidente aconteceu na estrada da Comunidade de Açaizal, Município de Belterra, Oeste do Pará. Testemunhas informaram que os dois jovens trafegavam pela estrada em sentidos opostos, quando, em um trecho cheio de curvas, colidiram de frente. Os dois condutores de motos não resistiram ao impacto da batida e morreram no local do acidente. Os corpos foram removidos para o Centro de Perícias Cientificas “Renato Chaves”, em Santarém e, após a necropsia, foram liberado para os familiares.

Segundo informações do delegado Liberal, titular da Unidade de polícia Civil de Belterra, os trabalhos preliminares em relação a fatalidade foram feitos, como a remoção dos corpos e a abertura do Inquérito Policial para descobrir as causas do acidente.

Morte em Santarém – Em Santarém, no bairro do Maracanã, Jânio Viana Lopes, de 30 anos, colidiu com um poste no momento em que a cidade ficou sem energia, na noite de domingo para segunda-feira. A vítima não resistiu aos ferimentos. A falta de energia também atrapalhou os trabalhos no Instituto Médico Legal e, apenas na segunda-feira (05) pela manhã, o corpo foi liberado para o sepultamento.

Mototaxista morreu em Oriximiná- Na madrugada anterior do feriado de sete de setembro, o mototaxista Maxuel Moura de Oliveira, 25 anos, foi outro que perdeu a vida de maneira brusca, quando retornava para sua residência, ao cair da moto que conduzia, após tentar desviar de outra moto que teria avançado a preferencial. O acidente fatal aconteceu às 4 horas da manhã de terça-feira, dia 06, no cruzamento da travessa Carlos Calderaro com a rua Dom Floriano, no bairro São Pedro, em Oriximiná.

Motociclista morreu em Oriximiná ao tentar desviar de outra moto

Testemunhas disseram que Maxuel dirigia seu veículo no sentido bairro-centro quando foi surpreendido pelo veículo de condutor desconhecido que não esperou que o mototaxista cruzasse a esquina. “Os dois dirigiam em alta velocidade e foi por essa razão que Maxuel, ao tentar frear, foi arremessado para cima da moto onde caiu a 10 metros de distância”, disse uma testemunha que pediu para não ser identificada. Ao perceber que o mototaxista havia caído, o condutor da outra moto fugiu do local.

Segundo ainda essa testemunha, a vítima ficou agonizando no asfalto e perdendo bastante sangue pela boca e pelo nariz devido a um corte profundo na cabeça. Detalhe: o capacete dele estava no braço e não na cabeça.

Após alguns minutos, uma viatura da Polícia Militar chegou ao local onde a vítima já estava inerte. “Ele já estava imóvel e não respondia quando o chamávamos”, disse o Sargento Júlio César. Segundo o jornalista Manoel Almeida, a ambulância do Hospital Municipal chegou logo após o acidente, mas Maxuel Moura já estava morto, pois devido ao impacto com o asfalto, o pescoço teria quebrado.

Por: Carlos Cruz

Um comentário em “Tragédia – Quatro mortes no trânsito

  • 12 de setembro de 2012 em 23:53
    Permalink

    jânio viana lopes era meu padrinho , quando ele faleceu parecia q minha vida tinha acabado ,mais a vida continua e ele vai tá sempre comigo.

    Resposta

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *