Líder de invasão abre o bico e denuncia manobra política

Ivan Leão

O Impacto teve acesso a uma fonte que revelou, que a Polícia Militar vai entrar em ação no começo da semana, para desocupar a área da Fernando Guilhon que foi ocupada, há 3 meses, onde deverá ser implantado o Conjunto Salvação, dentro do Programa “Minha Casa, Minha Vida”. O assunto tomou proporções constitucionais, depois que a prefeita Maria do Carmo sugeriu a prisão dos responsáveis pelo cumprimento da desocupação.

A reportagem do RG15/OIMPACTO alcançou o líder do movimento ligado à Associação Comunitária Império do Tapajós, Ivan Leão. Em entrevista exclusiva, ele garante que a desocupação será pacífica, e que a minoria que está resistindo, tem apoio de grupo político, que quer  tumultuar a desocupação. Ivan confirma que tem apoio de Zenaldo Coutinho, inimigo número um do Estado do Tapajós, não tem compromisso com o movimento do não. Leão tomou pra si o mérito do acordo de cooperação assinado entre o movimento, o governo municipal e não poupa críticas aos segmentos políticos que estão infiltrados no processo de invasão. Denunciou, também, a indústria da invasão que pessoas que “já têm história da especulação e invasão de terras em Santarém”. Confira a entrevista:

O IMPACTO: Você confirma que há dois grupos de lideranças dentro da ocupação da Rodovia Fernando Guilhon?

Ivan Leão: Na verdade, tem dois grupos, mas o grupo minoritário que não representa nem 3%, não quer sair da área, e prefere permanecer no local, porque eles querem ficar na sacanagem, vendendo os terrenos e tentando inviabilizar a execução do Programa Minha Casa Minha vida. Você pode observar que logo na entrada têm poucas pessoas, que estão só vigiando, porque eles já venderam a área pra pessoas que têm condições, e nós sempre pregamos que a nossa luta é por habitação. Não se pode criar ali uma favela, sem estrutura, sem nada.

O IMPACTO: Como você avalia o acordo de cooperação firmado entre os governos municipal e estadual, para encontrar uma saída para o imbróglio?

Ivan Leão: Foi muito importante esse avanço, até porque o governo municipal e o governo estadual, representam bandeiras políticas divergentes, mas destaco também, a participação do Zenaldo Coutinho, representando o Ministério das Cidades. Um projeto desses está previsto para ser concluído em 12 meses, mas pela própria estrutura, a gente sabe que vai demorar uns 18 meses. O que importa é que nós do movimento conseguimos fazer sentar na mesma mesa todas as partes envolvidas. O governo do Município queria fazer da forma dele, mas a banda não toca assim. O programa “Minha Casa Minha Vida” estava perdido e nós não podemos permitir que um pequeno grupo venha estragar o sonho de pessoas que realmente precisam de moradia.

O IMPACTO: Como a Associação Comunitária Império do Tapajós vai encarar a Polícia, caso venha a acontecer a desocupação?

Ivan Leão: No meio dos ocupantes, eu tenho conhecimento de que há pessoas preparadas pra resistir. Desse montinho, tem pelo menos 40% das pessoas que já nos procuraram e pediram até desculpas pela posição deles em não sair da área, e já garantiram que vão sair pacificamente, e com isso, vão afogar a minoria que não quer sair. Existe legislação que não pode ser mudada e estabelece um limite máximo de 20% das unidades a serem destinadas para o movimento. Os 30 % da Cohab, por uma questão de conquista, a companhia vai  levar em conta o nosso cadastro, essa é uma conquista minha. Com o nosso acompanhamento, vai ser mais fácil fazer a filtragem, pra não ser injusto na distribuição  das unidades. Eles sabem que nós procuramos trabalhar com transparência. É por isso que as coisas estão correndo pro lado positivo.

O IMPACTO: Como o movimento identifica as pessoas que realmente precisam de habitação?

Ivan Leão: Nós do movimento já começamos a fazer esse levantamento, inclusive junto à Caixa Econômica, através do CAD. Nós estamos montando no centro da cidade um escritório, pra poder acompanhar melhor. Agora, no meio deles pode haver gente que apenas quer se aproveitar. Aí, o cruzamento de informações vai detectar. Eu não posso me responsabilizar por mais de 3 mil pessoas assim. Esses charlatões que estão querendo se aproveitar e eu posso até citar alguns: Roberval, Heloína, Pedro Paulo e Evaldo. Essa Heloína já tem histórico de invasão. Agora, diferente deles, a minha vida é transparente e o meu trabalho é sério. Esse grupinho estava reunido ontem à tarde no escritório de um político. É bom lembrar que nós conseguimos fazer sentar grupos políticos juntos, pra dar uma solução pacífica e agora vem esse político, pra incentivar esses vândalos, a ficarem e resistirem. A gente vem sendo importunado por esse pessoal aí, tem mais de 2 anos. Eles querem a coisa do jeito deles. Se você for lá, vai ver que eles têm em média 15 lotes, cada um. É lamentável constatar que eles estão querendo estragar um sonho conquistado que vai ser bom pra Santarém, que vai atingir 3.081 famílias, que realmente precisam.

O IMPACTO: Como você está fazendo pra que as pessoas não confundam a sua atuação como manobra política, uma vez que a sua relação maior é com o governo do Estado e com Zenaldo Coutinho, que é contra a criação do Estado do Tapajós?

Ivan Leão: Eu já falei pro Zenaldo que o Movimento tem se posicionado até hoje como apartidário. A nossa relação com o governo do Estado começou quando ele veio pro aniversário de Santarém. Naquela ocasião, houve uma reunião para resolver a situação da Fernando Guilhon. Eu tenho um documento assinado pelo Governador, se comprometendo em dar a solução, e isso está acontecendo. Eu não vou fazer campanha paro o não porque eu moro em Santarém, e o que for melhor pro Oeste do Pará, eu vou estar sempre junto. Eu acho até que por toda esta semana, a Polícia já vai agir e nós estamos preparados pra sai pacificamente. Agora, tem um grupo do lado direito da Fernando Guilhon, que estão chamando de MACHU PICHU, liderados pela Margareth e pelo Marido, do PSOL, que pode criar problemas, e nós não temos nada a ver com isso. Eles se juntam às questões políticas para se beneficiarem das invasões, mas nunca me ajudaram a lutar pra dar solução. Foi sempre assim, eu na frente e as pessoas de bem que me acompanham.

O IMPACTO: Se você diz que as pessoas não vão reagir à desocupação, por que você não usa da sua liderança para convencer as pessoas a saírem da área, sem a intervenção da polícia?

Ivan Leão: Você não sabe, mas já tem pelo menos 300 famílias que já se retiraram, antes mesmo da desocupação. São até agora 3 mil famílias cadastradas pelo movimento. Isso representa um número significativo da nossa base

O IMPACTO: Se tem 3.000  famílias cadastradas no movimento, e mesmo com o apoio da COHAB, pode chegar a 1.500. Como o movimento vai fazer pra contemplar as outras 1.500 que vão estar de fora e sob a responsabilidade da Prefeitura?

Ivan Leão: A Prefeita já sinalizou para isso, e ela sabe que a gente está querendo a coisa certa. Era preciso que ela fosse muito ruim, pra se posicionar contra um movimento que só quer o bem de todo mundo. Agora, existem outros programas que abrange pessoas que ganham de 5 a 10 salários mínimos, e nós vamos continuar lutando para concretização deste projeto, porque a Associação Comunitária Império do Tapajós é uma entidade sem limites e sem fronteiras.

O IMPACTO: Você já foi assediado pra se filiar a algum partido?

Ivan Leão: O próprio  Zenaldo já me convidou pra trabalhar com ele. Já pensou se eu aceito e depois ele me pede pra ser contra o estado do Tapajós? O deputado Puty esteve na minha casa e eu perguntei para ele: “Puty, tu queres que eu vote pra ti ou trabalhe pra ti?”. Ele me respondeu: “Eu quero os dois”. Eu pedi a ele que pedisse à então Governadora que desapropriasse a área, mas ele não fez nada. O Jordy foi outro que me convidou e eu não aceitei. O vice-governador Helenilson me disse: “No segundo semestre liga pro Denílson, que nós vamos conseguir uma colocação pra ti”. Eu não quero. Eu quero que eles resolvam o problema. Eu não quero ser escada para ninguém, eu quero resolver o problema social das pessoas. Se eu tiver que entrar em um partido eu vou escolher um partido pequeno, onde eu possa levar o movimento, não para barganhar, mas para defender os interesses do movimento.

Fonte: RG 15/O Impacto

31 comentários em “Líder de invasão abre o bico e denuncia manobra política

  • 5 de fevereiro de 2013 em 18:26
    Permalink

    bocao tem uma quanisois da policia que e de ta pegando ladrao por ai ta aqui namorando na rua zobotanico uma hora dessa e e quaze todo dia a viature e31212

    Resposta
  • 28 de setembro de 2011 em 15:20
    Permalink

    Todo o desnerolar da ocupação dos terrenos na Fernando Guilhon -agora desocupado pela policia – se deve à manifestação pública da Prefeita Maria do Carmo. Não fosse seu grito tudo estaria como antes. Acho até que não era o Jatene que estava impedindo a atuação da Policia, mas o não faz nada do Helenilson, (ambicioso, individualista, hipócrita) que só busca vantagem para sí. Só que ele se esquece que amanhã haverá novas eleiçoes e ele está mais queimado em Santarém que a madeira que pegou fogo no Ibama. Para ele não tem mais nada, quem o ajudou virar-lhe-á a costa, é só aguardar. Parabens, sim, para Maria do Carmo. Pelo menos nesta, ela agiu certo.

    Resposta
  • 28 de setembro de 2011 em 09:11
    Permalink

    Rapaz,será que deram o canga pé no Ivan Leão,e agora ele ta querendo se sair de bonzinho.Olha que nesse angu tem caroço,bem deram a rasteira nele e ele ficou nervosinho e ta vomitando tudo pra fora,ou sera mais um fantoche da Maria do Carmo?Pessoal não se iludam com esse tipo de pessoas,pois são mais falsas do que cobra cscavel.Conheço pintinho que cisca bosta,essa é masi uma manobra politica,porque as eleições estão chegando ai,e agora vem todos quererem serem anjinhos,só se forem do inferno,que pra mim ninguem vale nada,só mainipuladores da nossa desgraça.Porque a Marionete não fez isso no começo do governo dela,e só agora vem botar a carinha inrrugada pra fora.Se manquem,não caiam nas armadilhas desse pessoal,não se troquem por dentadura,cimento,tijolo,caixa d\’agua,mais pra que caixa d\’agua,se nem agua tem.Quem avisa,amigo é,vem bomba por ai.A Marionete quer colocar alguem da cupula dela nas proximas eleições,e quase certeza sera no Inacio das baterias,que por falar em baterias,a loja dele aumentou muito nesses anos,né?.Ai vão ver o que é bom para tosse.

    Resposta
  • 28 de setembro de 2011 em 08:11
    Permalink

    é meus amigos não é facil, vai entender a cabeça de algumas pedessoas, se faz invasão condenam se o cara briga por habitação encomoda, e ai josias esse tal de mario, me conta uma historinha ai marcante de voces em prol de melhoria pra nossa cidade e pro nosso povo de santarem.

    Resposta
  • 27 de setembro de 2011 em 10:55
    Permalink

    Bocão Agradece as sugestões, vai investigar e esclarecer. Obrigado.

    Resposta
  • 27 de setembro de 2011 em 10:29
    Permalink

    Ei Mario todos tem seus direitos. O Ivan tem que falar o que pensa. Tu deve está defendo alguem enrolado.

    Resposta
  • 27 de setembro de 2011 em 08:35
    Permalink

    essa turma que tem como o meio de vida a industria da invasão ainda não se saciou o seu desejo de ganhar dinheiro fácil, invadindo as terras alheias e depois vender-las???

    Resposta
  • 26 de setembro de 2011 em 23:47
    Permalink

    Esse bandido não podria achar veículo melhor para exor um monte de baboseira. Fala sério, vcs acham que todo mundo é otário.

    Resposta
  • 26 de setembro de 2011 em 23:07
    Permalink

    Alguem sabe como ficou a história do fantasma do detran????? a diretora ja foi afastada??? quero saber, me repasse pelo bocão.

    Resposta
  • 26 de setembro de 2011 em 23:04
    Permalink

    Josias, você me parece ser meio criterioso? esse rapaiz Ivan deve ter seus méritos, é verdade que ele deveria falar quais são os politicos que ainda estão tentando perturbar os invasores, não ficou claro em sua entrevista. Porém estou pensativo!!! pos se ele ja tem vinculo com Zenaldo Coutinho, hum, ele fala em 3 mil familias, vejamos 3.000 X 3 pessoas por familia são exatos 90 mil votos, ai vem a pergunta: porque só agora??? e se forem 90 mil eleitores contra o nosso futuro estado do TAPAJÓS, sim se dentro da ala dos invasores tem outros lideres é porque o SR. Ivan não tem controle sobre seus comandados, tem tambem a questão da terra quem lucraria com a compra??? olha tem mais uma coisa, o sr. Ivan se for candidato a vereador, pode ser campeão de votos, pos 3.000 familias x 3 votos são 90.000 mil votos com 10% desses votos sera eleito o vereador mais votado em Santarém.

    Resposta
  • 26 de setembro de 2011 em 22:48
    Permalink

    Bocão, sou afavor de programas socias, minha casa minha vida que em Itaituba ja tem 900 casas prontas e mais 1.000 em construção, em Alenquer mais um montão dessas casas, não como as do Uruara, sem conclusão ja estão caindo. Mais me pergunto, na avenida Rouxinol no Bairro da Floresta, existe uma invasão em uma área dos Coimbras denominada “PORTELINHA”, cuja a Prefeita Maria do Carmo em plena campanha politica em 2008, gentilmente cedeu os procuradores do Municipio para defender os invasores, e lá foi dado terra por votos, CITO O NOME DO CABO ELEITORAL DA MARIA QUE FOI CANDIDATO A VEREADOR, QUE TAMBEM FOI TRANSFORMADO EM HEROI DA NOITE PARA O DIA, ESSE CIDADÃO ACABOU COM A ASSOSSIAÇÃO DOS MORADORES DO BAIRRO DA FLORESTA. Então é preciso muita calma para proclamarmos um novo HEROI EM NOSSO MEIO.

    Resposta
  • 26 de setembro de 2011 em 22:32
    Permalink

    Gostaria de da os parabens ao Ivan Leão, Porém gostaria de sáber porque só agora Ivan? porfavor não fique zangado, mais vc teve tanto tempo para desmascarar essas pessoas que sempre estiveram proximo de vc nas invasões,tanto do lado direito como do lado esquerdo. Vc tambem fala que vc conseguiu, e os 30 reais pagos por cada uma dessas 3.000,00 mil familias,isso mensalmente ou seja 90 mil todo més. Vc ja prestou contas com essas pessoas? Temos que pensar bem,a quem interessa mesmo esta terra? o que tem por traz, esta cendo desapropriada ou comprada? se comprada para o minha casa minha vida, quanto esta sendo pago por há ou m2. Na minha opinião tem armação por traz deste feito tão rápidamente. BOCÃO PROCURE SÁBER O QUE REALMENTE EXISTE, POS EU CONHEÇO O IVAN DES DO TEMPO DO MAPIRI,E NÃO SE VIRA HEROI DA NOITE PARA O DIA, AINDA MAIS COM O SEU CURICULUM.

    Resposta
    • 27 de setembro de 2011 em 08:16
      Permalink

      ei josias, esse teu discurso ai ja ta manjado, esse papo furado de 30 reais por familia isso é papo furado nao existe isso, procure se informar e deixa o cara trabalhar, afinal eu queria te conhecer e saber quem vc é realmente quem muito fala é porque tem o rabo preso.

      Resposta
  • 26 de setembro de 2011 em 19:24
    Permalink

    é isso ai, eu voto ivan leao o amigo do povao,

    Resposta
  • 26 de setembro de 2011 em 15:33
    Permalink

    PARABENS IVAN LEAO, PELA HONESTIDADE, CONTINUE FIRME NAO SE DEIXE VENDER POR ESSA RAÇA, SUA HISTORIA É FASCINANTE. GRAÇAS A VOCE MAIS DE 3000 FAMILIAS VAO TER ONDE MORAR. AGORA EU NÃO SEI PORQUE ESTÃO ELOGIANDO A PREFEITA, POIS FOI ELA QUE MANDOU A POLICIA BATER NESSAS MESMAS FAMILIAS QUE NAO TEM ONDE MORAR. O POVO TA DE OLHO, VALEU IVAN.PARABENS.

    Resposta
  • 26 de setembro de 2011 em 15:29
    Permalink

    PARABENS IVAN LEAO, PELA HONESTIDADE E SINCERIDADE CONTINUE FIRME NAO SE DEIXE VENDER POR ESSA RAÇA, SUA HISTORIA É FACINANTE GRAÇAS A VOCE MAIS DE 3000 FAMILIAS VAO TER ONDE MORAR. AGORA EU NÃO SEI PORQUE ESTÃO ELOGIANDO A PREFEITA, POIS FOI ELA QUE MANDOU A POLICIA BATER NESSAS MESMAS FAMILIAS QUE NAO TEM ONDE MORAR. AGORA TODO MUNDO VAI QUERER SER O PAI DA CRIANÇA, MAIS O POVO TA DE OLHO, VALEU IVAN.PARABENS.

    Resposta
  • 26 de setembro de 2011 em 14:24
    Permalink

    Vamos unir força, para ajudar o Estado do Tapjos. Maria é a favor Jatene e Helenilson são contra e deve ser tratados com desprezos pelo povo da região.

    Resposta
  • 26 de setembro de 2011 em 11:39
    Permalink

    Esse Zenaldo sempre foi contra no ssa região, agora quer atrapalhar o trabalho da Prefeita.

    Resposta
  • 26 de setembro de 2011 em 11:36
    Permalink

    Prefeita vamos esperar por uma aparencia melhor naquele local,é nosso cartão postal.

    Resposta
  • 26 de setembro de 2011 em 11:34
    Permalink

    Infelizmente temos que enxergar que O HP não está fazendo o correto. Será maldição dos vices que representam nossa cidade. O Odair não fez PN, agora o Helenilson qdo faz é contra nossa cidade. CUIDADO VICE PQ DEPOIS VEM A MALDIÇÃO DE SER UM EX VICE…. O recado tá dado!

    Resposta
  • 26 de setembro de 2011 em 11:25
    Permalink

    Conheço o Helenilson, ele não tá nem ai com a população, sempre foi um arigó egoísta e falso. Ivan não caia nas armações do governador e nem do vice, lute pelos interesses da nossa gente.

    Resposta
  • 26 de setembro de 2011 em 11:22
    Permalink

    Gostei de ver esse Ivan tendo atitude, me adimiro a falta do vice oferecendo colocação pra ele, prta impedir o trabalho da prefeita em fazer as casas pra beneficiar a população santarena. Não tem jeito! Fica esperto governador tuá situação tá mais suja que pau de galinheiro. FOOOOORA HELENILSON!

    Resposta
  • 26 de setembro de 2011 em 11:15
    Permalink

    Prefeita tem o apoio da população. Que ela continue fazendo as coisas dentro da lei como está fazendo, porque sabemos que ela quer a criação do Estado do Tapajós, diferente do nosso Governador cara de rato e do nosso vice arrogante que não faz nada, qdo faz é só olhando por seu bolso.

    Resposta
  • 26 de setembro de 2011 em 11:07
    Permalink

    É… a gnt tava enganada com nossa Prefeita, ela semrpe esteve do nosso lado, e esse safado do Jatene pagando uma de bonzinho…

    Resposta
  • 26 de setembro de 2011 em 10:57
    Permalink

    È por isso que essa turma não quer o Estado do Tapajos, querem ficar mandando e se aproveitando do povo.

    Resposta
  • 26 de setembro de 2011 em 10:10
    Permalink

    Coitada da Prefeita,perseguida pela turma do Jatene. Até o vice Helenilson Pontes, por tras da manobra,tudo pensando em 2012. Pelo jeito a prefeita é vitima desse gananciosos do poder.

    Resposta
  • 26 de setembro de 2011 em 09:45
    Permalink

    DO lado do governador, estavam incentivando a invasão, por isso não estão cumprindo a ordem. A Prefeita tem razão a coisa é politica. Jatene resolve as coisas dentro da lei.

    Resposta
  • 26 de setembro de 2011 em 09:30
    Permalink

    É sacanagem, o senhor Leão,mostrou agora quem está por tras da invasão, pensando em votos. Prefeita a senhora agiu correto sugerindo a prosão de Jatene

    Resposta
  • 26 de setembro de 2011 em 09:29
    Permalink

    parabens ivan leao, sua luta é justa e muito bonita, nao faço parte mais tenho acompanhado, parabens e permaneça firme DEUS É CONTIGO, e não se deixe levar mesmo por esses politicos podres, qie nada fazem pelo povo, eu moro perto do felisbelo e vi aquela multidão que lhe acompanha, é isso que irrita esses politicos poeque eles nao conseguem juntar nem meia duzia de pessoas para ouvilos, um abraço e que jesus te abençoe fortemente.

    Resposta
  • 26 de setembro de 2011 em 09:28
    Permalink

    Eu sabia que a prefeita não tinha nada haver, ela quer ajudar o povo de forma certa, enquanto Jatene e Helenilson e sua turam de forma escusa.

    Resposta
  • 26 de setembro de 2011 em 09:23
    Permalink

    A Prefeita tinha razão quando sugeriu a prosão do Governador Jatene. A turma dele e o vic por tras da sacanagem

    Resposta

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *