Discussão por vício acaba em morte

O corpo de Bruno ficou estendido no chão

Foram detidos na manhã deste sábado, dia 1º de outubro, cinco suspeitos de assassinato. A vítima foi Bruno Roberto Oliveira de Sousa (18). Os envolvidos são Josiel dos Santos Ribeiro (18), Arlisson Ferreira Lima (18), Nivaldo da Costa Almeida (25) conhecido como Xarutinho e mais dois menores. O crime ocorreu na Travessa Curió, no bairro São Francisco, em Santarém.

Conforme informações do sargento Alaci, da Polícia Militar, o crime teria ocorrido devido a discussão por entorpecentes. Todos os envolvidos eram usuários de droga. “Populares informaram que todos bebiam e logo surgiu uma discussão por drogas. Em seguida, ocorreu o desentendimento e só ouviram barulho. E às 5H 30 min da madrugada deste sábado, o corpo de Bruno estava no meio da rua”. A vítima foi morta com um gargalo de garrafa.

Acusados pela morte de Bruno

Um vizinho que não quis ser identificado confirma que todos os dias acontecia a mesma coisa, o consumo de bebida e entorpecente. “O Bruno não tinha envolvimento com assalto, era só o vício que procurava com esses outros. Inclusive o Xarutinho era cunhado dele”, disse o proprietário do bar.

O pai de Bruno, Pedro Roberto Pereira, disse que o filho morreu vítima do vício. Assim como o filho dele, os outros vão morrer. Ele chora inconformado. “Mas, eu fiz de tudo para tirá-lo dessa vida e nada. O fim dele e desses que ele chamava de amigos vai ser igual, trágico”, disse o pai inconformado.

O corpo da vítima foi removido pelos homens do Centro de Perícia Científica Renato Chaves (CPC), às 9H. Os envolvidos foram encaminhados para a 16ª Seccional de Polícia Civil.  O inquérito policial está sendo presidido pelo delegado da PC, Luiz Guilherme Feio.

Bruno

Por: Alciane Ayres

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *