Aprovado convênio por 20 anos com a Cosanpa

José Maria Tapajós presidiu sessão que aprovou projeto

Na manhã desta segunda-feira, dia 03 de outubro, foi aprovada a autorização pelo Legislativo da Câmara Municipal de Santarém do convênio com a Companhia de Saneamento do Pará (Cosanpa). O prazo do acordo deve ser de 20 anos, sendo prorrogável por mais 20. Participaram da votação 9 vereadores, incluindo o presidente da Câmara, José Maria Tapajós. O debate entre vereadores e inclusão de emendas no documento de autorização foi bastante caloroso. E na plenária a participação popular foi reduzida.

O vereador Henderson Pinto (DEM) explicou sobre a decisão do Legislativo nessa primeira etapa, porque outras ações devem ser fechadas pelo Executivo. “Agora é esperar e cobrar a execução e fiscalizar todos esses serviços. Vale lembrar que aprovamos a autorização da Câmara, e a Prefeitura precisa encaminhar para a Câmara o Projeto de Lei para criar o Conselho de Saneamento Municipal, do fundo Municipal de Saneamento. Como também  precisa em parceria com Cosanpa criar o Plano Municipal de Saneamento. O Vereador disse, também, que, enquanto esses três instrumento não estiverem elaborados e aprovados a Prefeitura não irá assinar o documento, de acordo com a Cosanpa, por 20 anos. E ainda, o Município deve estar atento ao cumprimento das normas estabelecidas pelo contrato, caso contrário, pode rescindir o acordo.

Josivaldo Pereira, da diretoria do bairro do Maicá, afirma que a população santarena deveria estar mais participativa nessa votação. “São constantes as reclamações de populares nas entidades sociais. É muito tempo 20 anos. Nós sabemos que não tem a mínima condição da administração da Cosanpa em Santarém. Nós vemos novos poços e grandes edificações para abastecimento, mas água que é bom não chega às residências”, disse Josivaldo. 

O presidente da Câmara Municipal de Santarém, José Maria Tapajós, disse que “a aprovação foi mais uma precaução e exigência do Ministério das Cidades, para que o prazo mínimo seja de 20 anos do convênio. Por isso, aprovamos com algumas correções. Nós não autorizamos automaticamente, prorrogável por mais 20 anos, caso ocorra interesse dos gestores estaduais e municipais nesse período. E que daqui há 20 anos possamos deixar de sofrer com a falta do líquido precioso”. E quanto a organização do Conselho, confirmou, quando for para executar as obras do acordo firmado com a instituição de abastecimento e saneamento, é obrigatório que a entidade esteja estruturada com os devidos membros da sociedade civil.

Por: Alciane Ayres

2 comentários em “Aprovado convênio por 20 anos com a Cosanpa

  • 4 de outubro de 2011 em 08:21
    Permalink

    ALGUEM ME RESPONDE
    vai se mais 20 anos de sofrimento para o consumidor santareno, que paga e caro para viver sem agua, estes policos de santarem quem ver o povo e na chibata, eles nao precisao da cosanpa pois todos moram em chacaras com casa no maior luxo e com pocos artesianos e agoram estao damdo risadas para tosdos voces, que votaram nesses pilantrans

    Resposta
  • 3 de outubro de 2011 em 15:40
    Permalink

    È mais 20 anos de descaso com a agua em Santarém,porque não escolheram outra administradora,porque ela não faz nada.Pasmen,mais esses dias eles vieram cortar a agua de minha casa,me cobrando 2 anos de talão,sendo que já fazem mais de 10 anos que tenho poço arteziano,nem sei aonde éra os canos.Queriam porque queriam quebrar minha calçada para desconectar o cano,falei que ali eles não colocariam a picareta,porque senão a coisa ia feder,mandei eles mandarem o chefe deles vir cortar,porque aqui ninguem quebrava,simplesmente perguntaram se eu dava alguma coisa para eles,(dinheiro),e diziam que tinham cortado,mandei eles para aquele lugar,e falei se voltassem aqui na minha ausencia e quebrassem a calçada a cobra ia fumasr,bando de incopetente.

    Resposta

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *