Record pede a penhora judicial de bens de Datena

José Luiz Datena

A Tv Record deSão Paulo apresentou pedido à Justiça, na semana passada, para penhorar os bens de José Luiz Datena, argumentando que ele rompeu o contrato com a empresa ao retornar para a Tv Bandeirantes. A execução da TV Record contra Datena tem como valor da causa R$ 30 milhões. Os advogados de Datena reagiram pedindo a extinção da execução.

Segundo Datena, quem rompeu o contrato foi a Record, entre outros motivos, impondo uma “lei do silêncio” ao apresentador ao proibir que ele desse entrevistas.

Ontem (4) o apresentador usou alguns minutos no seu programa Brasil Urgente, na Band, para responder ao pedido de constrição judicial.

Após discursar e dizer que “não tem medo de ninguém”, Datena mandou uma banana à Record. “Em respeito ao bispo Edir Macedo, eu vou parar de falar nisso aqui no ar. Se eu quisesse, eu lenhava vocês de cima até embaixo. Vocês acham que eu tenho medo de vocês? Vocês acham que mandam no mundo?”

A Record move duas ações por quebra de contrato do apresentador. A primeira causa data de 2003, quando Datena deixou o canal rumo à Band pela primeira vez. Somada à do episódio recente, a busca da Record contra Datena chega a aproximadamente R$ 50 milhões de reais.

Fonte: Espaço Vital

4 comentários em “Record pede a penhora judicial de bens de Datena

  • 8 de outubro de 2011 em 22:58
    Permalink

    DATENA , DEUS É AMOR ,MAS TEMBÉM É JUSTIÇA ,DEVEMOS TEMER SIM AQUELE QUE TEM PODER PARA NOS SALVAR OU CONDENAR PORQUE AQUELE QUE ENCOSTA EM DEUS NÃO CAI, DÁ UMAS ESCORREGADAS ,TROPICADAS,MAS ESTÁ SEMPRE EM PÉ A LUTA VEM E PASSA

    Resposta
  • 6 de outubro de 2011 em 16:13
    Permalink

    Parabens DATENA

    Como a Rede Globo é uma das maiores Emissora de TV do Mundo, bem que a mesma poderia lhe contratar. Muita gente ia ficar com as orelhas em pé??????????

    Resposta
  • 6 de outubro de 2011 em 14:14
    Permalink

    E AGORA DATENA? DÁ PENA! ME AJUDA AÍ, OH! É COBRA ENGOLINDO COBRA!

    Resposta

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *