GENTE NOSSA DE SUCESSO

Rubenson Marcelo Chaves

Rubenson Marcelo Chaves é Santareno, filho de pais Santarenos, é Engenheiro Eletricista,atualmente residente em Manaus,  com MBA em Gerenciamento de Projetos, PMP (Project Management Professional) certificado internacionalmente pelo PMI, certificado Seis Sigma como Green, Black e Master Black Belt, atuante em diversas áreas de negócio desde telecomunicações, manufatura, pesquisa e desenvolvimento, desenvolvimento de negócios e identificando oportunidades para investidores nacionais e internacionais. Atuou como Professor da FGV no Amazonas nas áreas de cursos de capacitação e projetos de consultoria. Possui experiência internacional com projetos de serviços de valor agregado pela América Latina, trabalhando em empresas como Nokia, Instituto Nokia de Tecnologia, Samsung e parceiros como Microsoft e clientes tais como América Movil (Claro, Telcel, Comcel), Telefonica (Vivo e Movistar), TIM e Entel (Chile). Palestrante nas áreas de Gerenciamento de Projetos, foi fundador do PMI – AM (Project Management Institute no Amazonas), e contribuiu para a disseminação do Gerenciamento de Projetos no Brasil. Recentemente Rubenson retornou ao Brasil para trabalhar como Assessor de Negócios de Investidores, e implantar projetos pessoais. Dentre vários projetos gerenciados e ou atuando como Champion, destacam-se projetos de tecnologia na internet, automação residencial com casas inteligentes, energia, construção civil e start ups de empresas de internet. Com isso é GENTE NOSSA de SUCESSO!

Jorge Serique: Fale-nos sobre o “Gerenciamento de Projetos com Empreendedorismo”, o tema de sua palestra que foi realizada em Santarém, recentemente?

Rubenson Chaves:  Há muitos anos venho falando de Gerenciamento de Projetos como diferencial competitivo para empresas e individual para desenvolvimento de carreira. Gerenciar projetos é um tema que se renova e que todas as empresas e indivíduos buscam como forma de aprimoramento e alcance de estratégias.

O empreendedorismo vem da atitude empreendedora que o Gerente de Projetos ou Líder de Projetos, desenvolve frente às dificuldades de sair de uma “zona de incertezas” para a zona da “certeza absoluta”, quando se termina o projeto. Por que zona de incertezas? Porque quando se inicia um projeto, chegar ao término dele é uma incerteza, pois o projeto nasce de uma necessidade, de uma oportunidade, de algo único que será feito e na sua execução há muitas atividades a serem desenvolvidas e muitas delas serão novas para todos os envolvidos no projeto.

Existe uma metodologia que é a que sigo do PMI (Project Management Institute), que é conhecida como “Conjunto de Conhecimentos do Gerenciamento de Projetos”, mais conhecido em inglês como PMBOK (Project Management Body of Knowledge) , e este conjunto de conhecimentos é considerado a Bíblia do Gerente de Projetos.

Nos dias atuais, utilizar o Gerenciamento de Projetos como ferramenta para alcançar um resultado específico, um objetivo independe de profissão pois todos sem exceção temos algum projeto, por exemplo um projeto pessoal como construir uma casa, fazer um mestrado, etc.

Quem abraçar o Gerenciamento de Projetos com Empreendedorismo terá com certeza um diferencial de valor na sua empresa e na sua carreira individual.

JS: Quais são os mecanismos para operar no mercado digital?

RC: O mercado digital é uma realidade dos diversos negócios, sendo um mercado que não tem limites, pois a partir do momento que está na internet, está disponível para todos sem fronteiras, como exemplo, as notícias no mercado digital ficam antigas em poucas horas, pois a velocidade com que se propaga a informação ultrapassou todos os limites.

O mercado digital deve fazer parte da estratégia de vendas das empresas, do relacionamento com clientes e fornecedores, e também para acompanhar a concorrência.

Dentro desse mercado, também surgem novas profissões e novas “atitudes” empresariais e profissionais relacionadas ao relacionamento na web, pois abre espaço para uma maior inter-relação de cliente e consumidor.

Por outro lado, como não há fronteiras de informação para o que está na web, as informações devem bem elaboradas, com o devido cuidado sobre propriedade intelectual e aproveitando as vantagens de redes sociais.

Hoje em dia qualquer negócio ou empreendimento deve usar o mercado digital como diferencial, pois os clientes de hoje usam a internet como fonte de pesquisa, e os equipamentos eletrônicos com internet já disponíveis nas versões de telefones celulares (smartphones), agora além de computadores e tablets também em TVs e eletrodomésticos, e o futuro de serviços via web tende a crescer mais e mais.

Se você é um empresário e está buscando oportunidades de crescimento em vendas, sem dúvida alguma o mercado digital deve ser um alvo para você, dentre outros.

JS: Quais os conceitos e ferramentas fundamentais para o sucesso do empreendedorismo na internet?

RC: Primeiramente, para empreender na web, é preciso conhecer a área , como em qualquer área a empreender. O Empreendedor deve estudar e se preparar para entrar com um negócio na internet. Ferramentas de busca (Google por exemplo), de saber usar a internet como fonte de pesquisas e relacionamentos é essencial. Hoje em dia, o Google oferece muitas ferramentas que auxiliam na busca de informações, e as redes sociais aproximam as empresas de seus clientes. Estar preparado para lidar com isso é uma questão de sobrevivência, pois se você quiser saber algo sem dúvida alguma na internet você encontrará.

Eu sugeriria começar a própria busca de ferramentas pela web, e consequentemente dos concorrentes dos seus produtos e como eles estão trabalhando no seu mercado e em outros mercados…como mencionei, a internet não tem fronteiras e fazendo isso o empreendedor descobrirá um mundo distante que está ali do lado dele no computador. Aconselho também a buscarem sobre SEO (Search Engine Optimiaztion), ou otimização para mecanismos de busca.

JS: O crescimento e  a influência das Redes Sociais também são indicativos para que os empresários possam ficar atentos no mundo tecnológico?

RC: Com certeza. Hoje em dia não há como não estar conectado nas redes sociais. Eu possuo perfis no Linkedin (rede de contatos profissionais), Facebook (amigos) e Twitter (que utilizo como informações profissionais), dentre outras (youtube, slideshare, etc). Nas redes sociais as pessoas colocam suas emoções, e perpepções da vida delas ou das outras pessoas, compartilham informações e não é diferente quando tem alguma experiência com uma marca, produto ou serviço. Já vi muitos empresários se retratando com consumidores em função da repercussão que uma experiência ruim de um consumidor com a empresa dele, e caso ele não fizesse isso o impacto no negócio poderia ser grande. Por outro lado, as redes sociais quando bem utilizadas como ferramenta de marketing, tem um papel de propagação de um produto e quando você vê, seu produto ou empresa estão na boca de todo mundo.

Além disso, as redes sociais, como já vimos na evolução do Facebook, são uma constante no mundo da internet e a cada dia surgem novos assuntos relacionados nessa área. O empresário que lida com um cliente cada vez mais presente e próximo através das redes sociais não pode ficar fora disso.

JS: O que é ser um empresário de negócios na Internet e companhias tecnológicas?

RC: Se eu tivesse que definir em um frase diria: “é estar sempre conectado com o mundo!”…a velocidade do mundo tecnológico demanda um profissional com perfil global, multi-disciplinar e que está atento as oportunidades, exercitando o que chamo de “olhar das oportunidades”, onde a cada instante e em todos os lugares você busca algo que possa ser feito, e acaba encontrando as “oportunidades” ali na sua frente. O importante é que quando você identifica as oportunidades e elas estão atreladas ao seu negócio, você possa agir rápido e com os parceiros necessários, pois com parceria você consegue executar mais rápido e minimizando riscos.

Além disso, é estar aberto a inovação, tão necessária as empresas hoje em dia, e onde o Brasil ainda é carente, mesmo o povo brasileiro sendo tão criativo. Relacionado a equipes, prefiro os que você tenho que segurar do que os que você tenho que empurrar (prefiro segurar “doidos”do que empurrar “lesos”, como diz um amigo empresário de Manaus)…procure pessoas que multipliquem em vez de somar…procure pessoas com brilho nos olhos!!!…

JS: O mercado de tecnologia e comunicação tem se mostrado cada vez mais evoluído, com novas propostas, projetos e os  programas de código aberto vêm ganhando espaço significativo sobre os softwares proprietários. Qual sua análise sobre isso?

RC: Vejo um mundo onde a guerra pelos clientes estará além do sistema operacional, ou seja, não importa muito se ele é aberto ou proprietário, pois o que fará dele massivo são os aplicativos e a usabilidade frente às necessidades dos clientes…vemos o caso dos sistemas operacionais do mundo dos celulares como iOS da Apple, e o Android do Google, hoje brigando por liderança nessa indústria…e a algum tempo atrás o Symbian era o que despontava, e a grande promessa que está vindo agora é o Windows Phone da Microsoft, ou seja, não importa muito se ele é aberto ou proprietário, mas sim o quão parte da vida das pessoas aquele sistema com suas aplicações será utilizado no dia-a-dia.

Aos desenvolvedores e programadores, eu diria que busquem criar soluções, serviços que possam ser usados em todos os sistemas operacionais e não se limitem apenas pela ideologia dele ser aberto ou fechado, pois no final o que movimentará a indústria é aquilo que é bem aceito pelo cliente, e como disse Steve Jobs, “o cliente não sabe o que quer até você mostrar algo para ele”.

Bate – bola

** Família?

Referência para todos os momentos…o porto seguro!!

** Fé?

O Senhor é o meu Pastor e nada me faltará” e “Tudo Posso naquele que me fortalece”.

** Projetos futuros?

Na verdade são vários projetos:

– Criar uma empresa que faça o link entre empreendedores e investidores e esta já está em planejamento. Já tem nome, parceiros e sinto o cheiro da tinta da recepção dela 🙂

– Criar um elo de empresários entre o Amazonas e Pará, e de produtos da Amazônia para o mundo através da empresa acima e estou em busca de parceiros.

– Lançar um projeto de rede social idealizado pelo meu irmão Rubem Márcio que faleceu, que está em fase de testes, e tem nome secreto de “projeto do futuro”, e também estou em busca de parceiros.

** Vida x morte?

– Hoje é o primeiro dia do resto de nossas vidas, por isso devemos viver intensamente cada segundo e correr atrás dos sonhos..a morte é apenas uma passagem para outra vida que é eterna, e lá encontrarei pessoas que amei nessa vida aqui!!!….

** Qual o lema de sua vida?

– Viver a vida intensamente, buscando realizar todos os sonhos e acreditando que o céu é o limite…nunca deixo ninguém me dizer que “não podemos”, ou isso “não acontecerá”, ou “não…”…a vida é para ser curtida nas perguntas, nos porquês, e não nas respostas pois elas mudam o tempo inteiro.

By Jorge Serique

11 comentários em “GENTE NOSSA DE SUCESSO

  • 9 de novembro de 2011 em 18:45
    Permalink

    Sou Santareno! moro em Manus ha cinco anos. Estou no ultimo ano de Engenharia de Telecomunicações e Tecnólogo em Mecânica Industrial. \”Como experiência posso dizer que e mais gostoso vencer as dificuldades do que se esconder delas. Afinal os objetivos sempre dependeram dela. Futuramente saberá que valeu apena. Doí! mas com tempo passa. E ira colher o que plantou\”.

    Resposta
  • 1 de novembro de 2011 em 10:06
    Permalink

    PARABÉNS RUBENSON, DESEJO SUCESSO SEMPRE EM SUA VIDA. QUE DEUS SEMPRE ESTEJA A FRENTE DE TUDO NA SUA VIDA, PQ. ELE QUE ABRE PORTAS PARA O SUCESSO.
    PARABÉNS TIO JORGE PELA ENTREVISTA, SHOW DE BOLA.
    BJS.

    Resposta
  • 30 de outubro de 2011 em 00:49
    Permalink

    Nossa tô de boca aberta e orgulhosa por vc meu conterrâneo,seu talento é resultado de muito capricho nos estudos, força de vontade e dedicação no que gosta de fazer, parabéns Rubenson pelo sucesso na sua carreira profissional,um forte abraço coleguinha da 4ª série Stm, boas recordações, desculpe não pude me conter, que Deus sempre lhe proteja, que a sorte esteja sempre ao seu lado.

    Eva Simone.

    Resposta
    • 30 de outubro de 2011 em 23:23
      Permalink

      Obrigado Eva :-)…obrigado mesmo…me add no fb se vc tiver…até pq 4.a serie faz bastante tempo né :-)…

      Resposta
  • 28 de outubro de 2011 em 22:07
    Permalink

    Obrigado pessoal…para mim foi um prazer poder compartilhar isso…e acredito que se formos conversar com mais pessoas como vcs ouviremos uma historia de sucesso…eu fico feliz e orgulhoso e estou a disposicao!

    Resposta
  • 28 de outubro de 2011 em 17:33
    Permalink

    Parabens Jorge por buscar e valorizar a prata da casa, coisa dificil de ver, pois ai em santatem as pessoas ainda possui o pessimo costume de valorizar gente de fora e esquecer os filhos da terra.
    Parabens meu amigo voce sempre saindo a frente .

    Resposta
  • 28 de outubro de 2011 em 10:50
    Permalink

    Parabéns ao santareno que é sucesso no amazonas…

    Resposta
  • 28 de outubro de 2011 em 09:26
    Permalink

    Muito bom saber que temos santareno fazendo Sucesso mundo a fora e de volta para terrinha e melhor ainda ….
    Parabens

    Resposta
  • 27 de outubro de 2011 em 21:08
    Permalink

    Isso que é sucesso. Uma aula de empreendedorismo. Parabéns. Estou na Argentina e fico feliz com os filhos da nossa Pérola do Tapajós. Oxalá!

    Resposta
  • 27 de outubro de 2011 em 20:45
    Permalink

    É bom saber dos santarenoss que fazem Sucesso por aí por fora; Jorge que bom descobri-los e fazer essa entrevista incrível; Só nos resta Parabenizar!

    Resposta

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *