Farmácias Big Ben e Extrafarma negociam fusão

Farmácias Big Ben e Extrafarma

As duas principais redes de farmácias do Pará, Big Ben e Extrafarma, negociam uma fusão. Caso o negócio se concretize, ele resultaria na criação de uma força regional com mais de 300 lojas e faturamento de cerca de R$ 1,7 bilhão.

Empresas familiares, Big Ben e Extrafarma teriam superado uma longa história de rivalidade para fechar um contrato preliminar de fusão no último dia 18. Segundo fontes próximas à negociação, o contrato prevê um prazo de 20 dias para que as partes definam se a união das duas redes será ou não possível – a decisão, portanto, seria tomada até o início de novembro.

Se as empresas não conseguirem acertar a união, é possível que a Brazil Pharma, empresa do BTG Pactual que investe no setor, compre uma das duas redes. A Brazil Pharma estava em negociações avançadas com a Extrafarma e foi pega de surpresa, na semana passada, com a decisão da rede em iniciar conversas com a Big Ben.

A Brazil Pharma teria oferecido R$ 260 milhões pelo controle da Extrafarma no mês passado. Os donos da rede paraense, porém, tentavam elevar o preço para R$ 400 milhões. “A negociação estava em curso, mas o BTG estava disposto a melhorar sua oferta”, informou uma fonte envolvida na negociação.

Em Santarém, tanto a Big Ben quanto a Extrafama possuem duas lojas, cada uma, em funcionamento no mercado de medicamentos, gerando emprego e rendas para a cidade.

Fonte: RG 15/O Impacto e DOL

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *