Soldado do Exército morre dentro do Quartel

O disparo teria acontecido durante um treinamento

O soldado do exército Fábio Kleiton Coelho dos Santos, 21 anos, morreu ao ser atingido por um tiro de fuzil, na noite de sábado (29). O disparo teria acontecido durante um treinamento, no 2º Batalhão de Infantaria de Selva.

Fábio chegou a ser socorrido e levado para o Hospital da Aeronáutica, mas não resistiu ao ferimento. Às 23h, uma equipe do Instituto Médico Legal (IML) foi acionada e realizou a remoção do corpo para o Centro de Perícias Científicas Renato Chaves.

A família não quis falar sobre o assunto alegando temer represálias de militares.

Em nota enviada à imprensa hoje (30), o Exército esclarece o falecimento de um militar, por tiro acidental de arma de fogo disparado nas dependências do Estande de Tiro do 2º Batalhão de Infantaria de Selva, no sábado (29).
“Na tarde de ontem, por volta das 17h, o Soldado Fábio Clayton Coelho dos Santos foi atingido por um disparo acidental de arma de fogo realizado por outro militar, quando os mesmos encontravam-se provendo a segurança de instalações militares do Batalhão”, explica a nota.

Segundo o Exército, o militar ferido foi imediatamente levado para hospital militar, aonde foram prestadas as ações de emergência para seu atendimento, sendo o mesmo conduzido ao centro cirúrgico. “Todos os esforços médicos foram realizados, porém o militar veio a falecer”, diz a nota.

A nota afirma ainda que “a família do soldado Fábio foi informada e todo apoio foi prestado no transcorrer da noite de ontem. No momento, estão sendo tomadas providências administrativas junto ao Instituto Renato Chaves para obter-se a liberação do militar falecido e dar-se prosseguimento às atividades funerárias e de apoio à família”.

O Comando do Batalhão instaurou um Inquérito Policial Militar para apurar os fatos que envolveram a morte do militar.

Fonte: DOL

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *