Anatel indica possível fabricação do iPhone 4S no Brasil em homologação

iPhone 4S vem com recurso de reconhecimentode voz chamado 'Siri'

No documento de homologação do iPhone 4S no Brasil, a Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel) indicou a planta da Foxconn em Jundiaí (SP) como unidade de fabricação do produto. A segunda unidade publicada pelo órgão foi de uma fábrica na China. A Anatel homologou na segunda-feira (31) o novo smartphone da Apple para que o aparelho possa ser vendido no Brasil.

Na homologação da versão anterior do smartphone, o iPhone 4, a Anatel indicou como unidades fabris do aparelho dois endereços da Foxconn na China, o que pode indicar uma mudança no documento do iPhone 4S. Em outubro, o empresário Eike Batista, dono do Grupo EBX, anunciou que deve participar, em conjunto com a Foxconn, da fabricação no Brasil de telas para tablets.

Nesta terça-feira (1), a Apple divulgou mais 15 países que irão receber o iPhone 4S em 11 de novembro. São eles: Albânia, Armênia, Bulgária, El Salvador, Grécia, Guatemala, Hong Kong, Malta, Montenegro, Nova Zelândia, Panamá, Polônia, Portugal, Romênia e Coréia do Sul.

Mais rápido
O novo presidente da Apple, Tim Cook, apresentou o smartphone no início de outubro. Após 15 meses, o sucessor do iPhone 4 chegou com o mesmo formato da versão anterior, mas com processador mais veloz de dois núcleos, câmera atualizada com 8 MP e um sistema inteligente de interação via voz, batizado de “Siri”.

Em 14 de outubro, o iPhone 4S chegou para consumidores de oito países: Estados Unidos, Canadá, Austrália, Reino Unido, França, Alemanha e Japão. Durante o período de pré-venda, o aparelho atingiu 1 milhão de pedidos em um único dia, ultrapassando a versão anterior do smartphone, que alcançou 600 mil encomendas em 24 horas.

O iPhone 4S é duas vezes mais rápido que a versão anterior, segundo a Apple, com os gráficos sendo processados 7 vezes mais rapidamente com um novo chip gráfico. O celular tem bateria que suporta 8 horas de conversa em 3G, 14 horas em Edge, 9 horas de conexão Wi-Fi e pode baixar dados duas vezes mais rapidamente do que a versão anterior. A nova bateria é capaz de reproduzir 10 horas de vídeo e 40 de música.

Nos EUA, o aparelho custa US$ 200 (versão de 16 GB), US$ 300 (32 GB) e US$ 400 (64 GB).

Anatel divulgou imagens do iPhone 4S usado para a homologação

DO G1

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *