Justiça volta a interditar terminal hidroviário de Itaituba

Juiz Gleucival determinou interdição

A novela sobre interdição do Terminal Hidroviário que parecia interminável, agora pelo jeito chegou ao seu final, com a determinação do Juiz de Direito, Dr. Gleucival Zeed, para que o Terminal integralmente fique interditado para embarque e desembarque de cargas e passageiros.

O 7º GBM tão logo recebeu a ordem judicial, esteve no local no dia 28 (sexta-feira) fixando em local estratégico a proibição que de acordo com o Juiz, com sua interdição não haverá nenhum perigo iminente do Terminal vir a desabar. O Terminal havia sido interditado em setembro, mas foi liberado pelo Prefeito apenas para desembarque de passageiros.

Ocorre que além dos passageiros os barcos passaram também a desembarcar mercadorias. O Prefeito, após a determinação judicial, disse que vai pedir novas vistorias para tentar resolver o problema que de fato e de direito é do Estado, mas que está disposto a colaborar no que for necessário para normalizar o movimento no Terminal Hidroviário, que hoje é o principal acesso da cidade por via fluvial

O Terminal Hidroviário inclusive foi pivô de uma polêmica discussão no plenário da Câmara, entre o vereador de oposição Cezar Aguiar e o líder de governo Peninha, que impediu a aprovação de um requerimento do vereador Cezar pedindo explicações sobre a causa de o local estar (antes da nova interdição) fazendo desembarque de passageiros.

Por: Nazareno Santos

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *