MPE discute problemas no trânsito de Santarém‏

Promotor Sandro Chermont com autoridades de trânsito

Em Santarém, o Ministério Público do Estado, por meio do promotor de justiça, Sandro Ramos Chermont, coordenador do pólo Baixo Amazonas, participou de reunião com órgãos ligados ao trânsito de Santarém, para levantamento de problemas e busca de soluções. O encontro aconteceu na Secretaria Municipal de Transportes. Foi formado um grupo de trabalho que deverá atuar nas questões relacionadas ao trânsito da cidade. A frota em Santarém chega a quase 60 mil veículos, incluindo motocicletas e automóveis.

Além do MPE, participaram da reunião os representantes da Polícia Rodoviária Federal, com os inspetores Wendell Martins e José Rubens da Silva, chefe da 5ª Delegacia de Trânsito; do Detran, por meio dos agentes Sidmar de Oliveira e Darlisson Maia; do Policiamento de Trânsito, com a tenente Marnilza Moita; da Secretaria Municipal de Transportes, por meio de Manoel Pantoja, e o supervisor de Segurança Portuária, Francisco José Martins.

O encontro foi incluído nas ações do Plano de Atuação do MP para os biênios 2012-2013, que apontou em consulta pública, o aumento dos crimes de trânsito no Município, como necessidade de atuação do órgão ministerial.

Cada representante apontou os problemas relacionados ao trânsito de Santarém, como a necessidade de padronização de procedimentos dos órgãos fiscalizadores e o aumento da frota de veículos, principalmente motocicletas, que passaram de 7 mil, em 2003, para cerca de 40 mil, em 2011, além da inclusão de novos tipos de condução, como os ciclomotores.

Foram discutidos também, o ordenamento do trânsito na área portuária do município e a necessidade de implementar medidas de educação para o trânsito nas escolas. O promotor de justiça Sandro Chermont ressaltou a importância do trabalho conjunto para avançar no que já está sendo feito e melhorar as condições de fiscalização e ordem no trânsito em Santarém. Todas as demandas decididas serão encaminhadas, com o apoio do Ministério Público, e um novo encontro será agendado para dar continuidade ao trabalho.

Fonte: RG 15/O Impacto e Lila Bemerguy/MPE

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *