Bocão Ed. 879

PADILHA

Chegou à minha mesa uma informação que o Ministro da Saúde, Alexandre Padilha, está construindo uma mansão em Alter do Chão. Fotos e outras coisas mais foram encaminhadas à minha mesa. Essa mansão pode ser o início de um novo escândalo no governo Dilma. Estou apurando, não tenho certeza, as informações e fotos levam a presumir. Ou ele não gosta de Brasília, ou ama muito Alter do Chão.

PADILHA II

Estou apenas divulgando o que chegou à minha mesa. Vou investigar. Se eu comprovar o Ministro Alexandre Padilha vai ter que explicar.

MOTOS

Recebi uma denúncia que tem fiscal da Prefeitura Municipal privilegiando duas empresas de venda de moto. Uma é a Tapajós Motos e a outra é a Mônaco. Elas estão expondo nas calçadas as motos, enquanto as outras marcas são perseguidas. Alerto o secretário Inácio Corrêa para investigar se existe amizade ou outros interesses para proteger essas empresas. Vou investigar e tirar fotos. Se essas empresas insistirem e o fiscal fechar os olhos vou comunicar diretamente aos Órgãos competentes. Os pedestres estão sendo prejudicados e correndo perigo de morte, já que são obrigados a trafegar na rua. Sugiro ao fiscal Helton Xavier Viana investigar as empresas citadas, já que as outras marcas estão presumindo que seja perseguição.

IPTU

O atraso na entrega dos carnês do IPTU de 2012 é pelo menos o argumento de adiamento do prazo para pagamento com desconto de 30% para pagamento à vista. A segunda opção de desconto de 20% segue normal e encerra no dia 7 de abril. A Secretaria Municipal de Finanças já tem motivos pra comemorar o recorde de arrecadação. No mês de março do ano passado, a arrecadação foi de R$ 1.469.000,00 (hum milhão quatrocentos e sessenta e nove mil), já na primeira parcela. Agora, no mesmo período, já foram arrecadados até agora R$ 1.795.000,00 (hum milhão setecentos e noventa e cinco mil reais). O Secretário de Finanças admite que com o adiamento para esta sexta-feira, o imposto deverá chegar à casa dos R$ 2.000.000,00 (dois milhões de reais). Importância bem generosa para ser revertida em benefícios à população, ainda que pese o fato de ser ano eleitoral, quando as obras costumam a aparecer com mais freqüência.

HRBA

O aprimoramento dos gastos públicos foi o foco das recomendações dadas pelo Ministério Público Estadual à direção do Hospital Regional do Baixo Amazonas, esta semana. Provas de títulos dos médicos, e dos serviços. Para o promotor Túlio Novaes, está definido que mesmo o hospital contratando um prestador de serviço, este é considerado como um agente público, inclusive para efeitos criminais e civis, justamente para que seja protegida a sociedade. São 14 itens que se desdobram. O Promotor deixa um recado: “Se nós pudermos apagar a vela com um sopro, nós apagamos, mas se houver necessidade, nós usaremos a mangueira com jato de água”. Para quem não lembra, foi o promotor Túlio que  a partir de 2007 promoveu uma série de Audiências Públicas, para que o HRBA começasse a funcionar de forma plena.

CÓDIGO DE POSTURA

A Audiência Pública realizada na última terça-feira, para a discussão de emendas ao Novo Código de Posturas, suscitou um assunto que dificilmente terá acordo, pelo menos neste momento: O funcionamento do comércio aos domingos. A proposta é do SINDILOJAS, mas retaliada pelo Sindicato dos Comerciários. As propostas foram encaminhadas na última quarta-feira (28) ao setor jurídico da Câmara. O relator da Comissão Mista, vereador Henderson Pinto, encontrou uma medida que atende aos dois lados. Ele está sugerindo que conste sim no Código, o funcionamento do comércio, mas que caiba ao chefe do Executivo assinar um decreto estabelecendo os critérios, não sem antes ouvir os dois lados da moeda, no caso patrões e empregados, através de um acordo, prática que já vem sendo comum, para datas especiais.

EVANDRO DEIXA CÂMARA

Na edição passada publicamos aqui no Bocão que Evandro Cunha deixaria o cargo para dar lugar a Bruno Pará, que passou um ano respondendo pela Secretaria Municipal de Abastecimento. Não deu outra, e Evandro usou a tribuna para confirmar que estará se afastando a partir do dia 1º de abril. É um dia em que se costuma não acreditar, mas é verdade. Evandro agradeceu a população e a imprensa, pelo apoio e teve manifestação de reconhecimento do seu trabalho, por parte dos colegas. O presidente da Casa, vereador José Maria Tapajós, lembrou que Evandro esteve na comitiva que pediu ao Governador a ampliação do prédio da Câmara, além de ter sido defensor das demandas do Mararú, e crítico da Rodovia Santarém-Curuá-Una. Resta agora saber, quem será o substituto de Bruno na SEMAB, e qual a postura de Bruno em relação as matéria de interesse do governo municipal.

NA CONTRA MÃO

Quem assinou o Termo de Ajuste de Conduta proposto Pelo Ministério Público do Trabalho, foi o então presidente da ALEPA, hoje senador Mário Couto, mas é o atual presidente da Casa que tem até este sábado, para demitir os 67 servidores temporários que ainda estão lotados. A preocupação do Ministério Público é que os deputados tentem driblar a lei, através da aprovação de emenda ao Plano de Cargos, Carreira e Salários (PCCR) dos servidores, em trâmite na AL. Porém, apesar de a data determinada para as demissões pela decisão judicial ser o dia 31 deste mês, o Ministério Público também aguardará até quinze dias, após a recomendação, pela justificativa do presidente da AL sobre o processo de demissões.

NA CONTRA MÃO II

Enquanto em nível estadual a figura dos temporários tende a acabar, a Câmara Municipal de Santarém deu mais fôlego à administração municipal, aprovando Projeto de Lei autorizando a renovação dos contratos dos temporários, até o último dia de dezembro deste ano, podendo ser renovado por mais um ano. A administração municipal já responde desde setembro de 2010, pelo MPE, através do procurador Hélio Rubens Pinho, junto à 8ª Vara Cível. Na ocasião, o Procurador constatou que chegou a ser registrado um número maior de temporários do que de concursados, o que segundo ele, foge às características de contratação temporária. O artigo 37, inciso 9º, e o artigo 214 do Regime Jurídico Único do Servidor do Município de Santarém vetam a contratação de temporários. No entender do vereador Erasmo Maia, depois de o temporário ter seu contrato renovado, deveria permanecer afastado por pelo menos um ano, para que não haja vínculo e pelo menos fique caracterizado, que se trata de fato de uma contratação temporária. A votação passou com folga, já que a Prefeita tem maioria na Câmara.

MÃO ÚNICA

Com o avanço das águas, a Avenida Tapajós, ao primeiro sinal de chuva, ficou interditada por duas horas, na manhã da última quarta-feira, à altura da Travessa Visconde do Rio Branco. A Secretaria Municipal de Transporte já estabeleceu proibição de estacionamento naquela área. Uma bomba e apenas uma, foi instalada no local. Na cheia de 2009, eram três e mesmo assim não eram suficientes para evitar o transbordamento da artéria. O presidente da Associação Comercial e Empresarial de Santarém, Alberto Oliveira, já cobrou do Secretário de Infraestrutura Inácio Corrêa, ações mais urgente de instalação de mais bombas e madeira para a construção de pontes que visam minimizar os impactos no movimento comercial das áreas afetadas ao longo da Avenida Tapajós. Pelo visto, a coisa não vai parar por aí.

Por: Emanuel Rocha

24 comentários em “Bocão Ed. 879

  • 31 de março de 2012 em 16:35
    Permalink

    O Jose Olivar nao sabe onde fica a mansao. Ta por fora mesmo. Eu sei, pensei que era de um empresario. Vai pra mansao Padilha.

    Resposta
  • 31 de março de 2012 em 13:07
    Permalink

    Jose Olivar, voce nao sabe onde fica, ja mandei para o impacto a foto. Voce esta por fora da realidade. E uma mansao sim.

    Resposta
  • 30 de março de 2012 em 18:16
    Permalink

    QUer dizer que o Padilha constroi longe da onde pode ser visto pelas autoridades? Por que Padilha! Pensou que aqui ninguem ia descobrir. Engano essa turma do Impacto descobre tudo. Impacto apura e na proxima edição pública a foto da mansão. Impacto em outra epoca saiu uma mansão na capa e o cara foi embora de Santarém. Essa pode derrubar o Padilha. Esse dinheiro é público ou particular?

    Resposta
  • 30 de março de 2012 em 18:11
    Permalink

    E casa do Padilha! È uma mansação mesmo. Se for dele, é bom as autoridades levantar o quanto já foi gastos. E A Receita Federal e o Ministerio Público Federal, será que vão ficar calados. O endereço correto é o seguinte: Antes do restaurante que fica na comunidade dp Caranazal, entre a direita, de quem vai para Alter do Chão e logo aparece o ninho do PADILHA. O Impacto deveria informar a TV Globo para levantar.

    Resposta
    • 31 de março de 2012 em 10:30
      Permalink

      Nao sou do Pt tampouco simpatizo com a legenda. Mas a casa nas proximidades de Alter, que dizem ser doMinistro não é uma mansão, mas uma pequena construção, muito pequena mesmo, aliás, bem módica, Acho até que poderia ser mais ampla, pois certos políticos de menor expressão, tem casa mais vultosas. Vamos fazer justiça para não condenar antecipadamente.

      Resposta
  • 30 de março de 2012 em 12:04
    Permalink

    Não é so as motos que ocupam as calçadas,as revendedoras de carros tambem,visite a esquina da av são sebastião com a frei ambrósio la é fila dupla, e ninguem faz nada,visite a esquina da mendonça furtado com a dois de junho,la a carne é assada e vendida na calçada,visite a esquina da borges leal com a baurú,é a mesma coisa,visite a av:magalhães barata de ponta a ponta, pelo amor de DEUS.Alguem tem que tomar conta de Santarém,ninguem faz nada para barrar isso porque isso tira voto de todos os politicos de Santarém.Isso é falta de comprometimento de todos os politicos para com povo de Santarém.

    Resposta
    • 30 de março de 2012 em 15:03
      Permalink

      Concordo com o Franco. Bem lembrado. As autoridades responsaveis pela ordem na cidade devem por respeito e o cumprimento da Lei.

      Resposta
  • 30 de março de 2012 em 09:47
    Permalink

    Estou sentindo falta do SOBE e DESCE do Bocão… essa semana bem que poderia ser SOBE Túlio Novaes, promotor que mostrou a que veio e impões respeito e DESCE Incio Correa, porque se depender dele a cidade afunda.

    Resposta
    • 30 de março de 2012 em 14:25
      Permalink

      Socorro, na proxima edição já vai ter o sobe e desce. Otima sugestão.

      Resposta
  • 30 de março de 2012 em 09:37
    Permalink

    A cobrança do IPTU deveria ser suspensa, pois não vemos a aplicação desse recurso, não temos asfalto nos bairros periféricos, e no centro da cidade o asfalto e uma vergonha. Muito má administrada a finança da nossa cidade.

    Resposta
  • 30 de março de 2012 em 09:20
    Permalink

    Essa sitruação das motos nas calçadas tem que acabar. Umas empresas podem outras não, por que esse privilegio, uma tem mais dinheiro do que a outra, ou uma oferece presentinho ou não. Prefeita todos são iguais perante a lei.

    Resposta
  • 30 de março de 2012 em 09:07
    Permalink

    VERDAAADE Junior eu lembro desse fato mesmo… Esse Jornal é ótimo por isso. Nao tem medo de nada, pode vir autoridades do município, do Estado e até Federal, políticos, q o Impacto arrocha mesmo. ?elo menos a gnt fica sabendo da bandalheira. e Escando pra esses ban ban ban nao é nada bom

    Resposta
  • 30 de março de 2012 em 08:58
    Permalink

    Esta de parabens o Promotor Tulio, tem q colocar mesmo quente em cima desses profissionais principalmente da saude. Muitos medicos vem de fora e so querem saber de ganhar dinheiro, mas qualidade que eh bom… Vamos colocar fim nos chamados \”médicos das canetas\”

    Resposta
  • 30 de março de 2012 em 08:49
    Permalink

    Olá bocão,é uma satisfação participar deste valoroso jornal!Quanto a mansão do Padilha vamos aguardar o resultado das investigações para o juizo de valores. Como bocão gosta de desafios aqui vai um! fiquei sabendo que funcionários do auto escalão da prefeitura de Santarém, fazem viagens constantes a São Paulo, problema é que, quem paga a viagem somos nós! essas passagens são pagas com TFD, é por este motivo que quem realmente precisa não consegue essas passagens, já está de viagem marcada para São Paulo, uma paisagista da SEMINF! com a passagem em TFD. Que tal pegar a relação das pessoas que viajaram para fora do estado com o TFD, e comparar com a relação de funcionários da prefeitura de Santarém. Ai está o desafio! se comprovada a corrupção vai dar o que falar. Ótimo final de semana a todos, se beber não dirija.

    Resposta
    • 30 de março de 2012 em 09:16
      Permalink

      Josias Cardoso.Otima sugestão para o departamento de investigação do Jornal O Impacto apurar quem está pagando essas viagem. O Ministerio Público como fiscal da Lei, deveria agir, pois é grave essa situação. Bocão investiga.

      Resposta
  • 29 de março de 2012 em 21:16
    Permalink

    Eu ja vi gente ligado ao PT nesta mansao. Esse dinheiro deveria ser aplicado na saude e nao em mansao. Uma mansao ja derrubou uma autoridade. Quem se lembra saiu varias vezes na capa do impacto. O impacto ja derrubou uma autoridade, pode derrubar outra.

    Resposta
  • 29 de março de 2012 em 20:11
    Permalink

    Porque não pode construir em Alter do Chão,só porque é ministro.Ele ganha seu dinheiro honestamente e está investindo em uma cidade que adora.Deviamos nos orgulhar.

    Resposta
    • 29 de março de 2012 em 21:11
      Permalink

      Jo, o dinheiro pode ser da prefeitura ou do ministerio da saude. Ele passou aqui muito tempo trabalhando e nao construiu. Somente agora Jo? Tem bicho ai Jo.

      Resposta
  • 29 de março de 2012 em 18:54
    Permalink

    É os pedestres sao sempre prejudicados. POr favor tirem fotos desse fiscal pra acabar com a sacanagem aqui em Stm. A maioria dos Fiscais só surgem para sugar dinheiro. Se abrir para uma empresa, tem que abrir pra todas. VAMOS DENUNCIAR JÁ!

    Resposta
  • 29 de março de 2012 em 18:22
    Permalink

    Se for do Alexandre Padilha essa mansão em Alter, será que o amor é por Alter? ou por uma pessoa q mora no município de Santarém?

    Resposta
    • 29 de março de 2012 em 18:32
      Permalink

      ai, ai, ai, ui, ui, ui. Essa casa pode ser o ninho de amor do Padilha.

      Resposta
  • 29 de março de 2012 em 18:19
    Permalink

    Esse negocio de moto é verdade, essas empresa colocam as motos nas calçadas e temos que andar na rua.Falta fiscalização nessas empresas e multar.

    Resposta
  • 29 de março de 2012 em 18:17
    Permalink

    È por isso que esse ministro só vive na cidade e Alter do Chão. É presente?

    Resposta

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *