Seguro-desemprego muda hoje. Confira as novas regras

Seguro Desemprego

A partir de hoje, a Secretaria Estadual de Trabalho e Renda (Setrab) começa a encaminhar a cursos gratuitos de qualificação profissionais da Região Metropolitana do Rio que derem entrada no seguro-desemprego. A proteção varia de acordo com salário do trabalhador e pode chegar à quantia de R$ 1.163.

Podem ficar livres da exigência da qualificação apenas aqueles que solicitarem o seguro-desemprego pela primeira vez, os que estiverem participando de curso de qualificação — reconhecido pelo Ministério da Educação com a mesma carga horária ou superior —, e o profissional desempregado que já estiver recebendo a última parcela do benefício.

Os demais trabalhadores que perderam o emprego serão inscritos, automaticamente, no processo de qualificação profissional da Secretaria Estadual de Trabalho e Renda, por meio do Programa Nacional de Acesso ao Ensino Técnico e Emprego (Pronatec).

A opção do trabalhador desempregado pelos cursos, ministrados pelo Sesi, Senac e outras instituições estaduais de Educação Profissional e Tecnológica, será feita nos postos do Sine. A chamada Bolsa-Formação vai beneficiar o cidadão com cursos gratuitos de qualificação profissional de curta duração (carga mínima de 160 horas, em período máximo de quatro horas diárias). O trabalhador tem direito a transporte, material e alimentação de graça.

Seguro suspenso

Caso rejeite a proposta, o desempregado terá o seguro suspenso. “Por ser prioridade recolocar o cidadão no mercado de trabalho, a ferramenta do Bolsa-Formação vai ajudar as empresas a terem uma mão de obra mais qualificada, justamente para manter o trabalhador por mais tempo”, afirma o secretário estadual de Trabalho e Renda, Paulo Novaes.

O programa tem como objetivo principal expandir e democratizar a oferta de cursos cursos de Educação Profissional e Tecnológica para trabalhadores desempregados, beneficiando, principalmente, pessoas de baixa renda.

São mais de 30 cursos

A Secretaria Estadual de Trabalho e Renda atenderá nos 65 postos do Sine. Para requerer o benefício, basta procurar a agência mais próxima ou ligar para o telefone: (21) 2332-9999.

Os cursos oferecidos aos desempregados são: almoxarife; auxiliar administrativo; auxiliar de crédito e cobrança; auxiliar de cozinha; auxiliar de faturamento; agente de informações turísticas; artesão em pintura de tecido e aplicador de revestimento cerâmico, entre outros.

Fonte: O Dia

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *