SEMMA vai fiscalizar extração ilegal de areia, pedra e cascalho

Corpo do garoto soterrado sendo resgatado

A abertura de vários barrancos para a extração de areia, pedra e cascalho (quebradinho) em bairros periféricos de Santarém preocupa os moradores. Na semana passada, a morte de menino de 12 anos, em um barranco no bairro do Ipanema gerou reclamação e críticas de comunitários e órgãos de segurança do Município. Algumas dessas explorações estão irregulares e sem licença da secretaria Municipal de Meio Ambiente.,

Líderes comunitários afirmam que em Santarém existem várias empresas explorando dezenas de barrancos diariamente, na extração principalmente de areia, utilizada na construção civil dentro e fora da cidade. Por ficarem localizados próximos a residências, sem apresentar estrutura de segurança, os barrancos preocupam as famílias de diversos bairros periféricos.

O motivo do crescimento da demanda de material de construção em Santarém, segundo economistas, é que nos últimos tempos cresceu o número de construções imobiliárias, tanto no perímetro urbano quanto em áreas próximas às praias e igarapés, além de conjuntos habitacionais construídos pelo Governo Federal.

O titular da Secretaria Municipal de Meio Ambiente (Semma), Marcelo Correa, diz que não sabe informar exatamente quantas empresas estão realizando o serviço, por se tratar de segmento que cresce a cada dia dentro do Município.

Ele disse, ainda, que além da areia, também têm as áreas de exploração de barro para fabricação de tijolos.

De acordo com Marcelo, devido o crescimento na extração de material para a construção civil, o Município tem procurado realizar um trabalho de fiscalização junto a SEMA estadual, que tem a competência de monitorar e fiscalizar a exploração nas áreas de várzea e na zona urbana.

No bairro Ipanema, uma empresa faz exploração de areia. Lá o trabalho é feito dentro do perímetro urbano e sem qualquer isolamento da área.

Por conta disso várias crianças foram soterradas, inclusive já houve morte.

Fonte: RG 15/O Impacto

2 comentários em “SEMMA vai fiscalizar extração ilegal de areia, pedra e cascalho

  • 5 de setembro de 2012 em 08:00
    Permalink

    Que bom que estão acordando para essa realidade, pois Santarém parecem um garimpo. buracos pra todo lado, isso sem falar das ruas.

    Resposta
  • 5 de setembro de 2012 em 07:57
    Permalink

    Sr. Marcelo secretario, o descaso da SEMMA no municipio e em todo lugar, onde eu moro ha varios anos tao tirando areia pra obras do tal PAC acabanco com as vias publicas caçambas carregadas passam de 5 em 5 minutos o dia inteiro o locol e na Trav. Resistencia, entrando em direção do Zoo, e uma vergonha la trabalha-se sem segurança, menores de idade, total falta de fiscalização. Sinceramento a SEMMA municipal e uma secretaria que nao fiscaliza muito menos puni, entao caros amigos leitores provavelmente esses outros burracos nos bairros e pra obras do PAC – PLANO DE ARREBENTAÇÃO DA CIDADE.

    Resposta

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *