Bocão Ed. 925

PERSEGUIÇÃO
Repercutiu negativamente não só entre os clientes da empresa, mas em grande parte da população de Santarém, o ato do presidente da Cosanpa, Antônio Braga, demitindo, sem justa causa, dois funcionários com mais de 30 anos de serviços prestados à empresa e sem nunca terem sido punidos. Os dois gozam da admiração e da estima dos santarenos. A coluna foi informada que o gerente da Cosanpa em Santarém, Ray David, que tem nome de rei, mas age como ditador, quando persegue funcionários exemplares, responde processo na Justiça do Pará. Segundo a fonte, ele está praticando a perseguição a mando do engenheiro Crisóstemos, de Belém, que é aliado do deputado federal Arnaldo Jordy, do PPS, partido do vice-governador Helenilson Ponte. Todos estão esperando por uma reação do prefeito Alexandre Von e do deputado federal Lira Maia, bem como do governador Simão Jatene.

CULPA DA SOJA
A escassez da farinha de mandioca em feiras e mercados de Santarém e o alto preço cobrado pelos comerciantes levaram a vereadora Ivete Bastos (PT) a culpar durante pronunciamento na Câmara Municipal, a monocultura da soja, como o principal causador da falta desse produto na região, fator que causa preocupação aos consumidores santarenos que regularmente frequentam as feiras da cidade. Preocupada com as condições e a queda na produção familiar no município de Santarém, a Vereadora confirmou a cobrança que vai fazer ao governo municipal para apresentar solução aos problemas existentes. Ivete Bastos atribui a queda na produção familiar, principalmente à exploração da monocultura da soja e a falta de recuperação do solo e do apoio da EMATER em toda a região. Quem se dirige aos grandes mercados de Santarém constata o preço exorbitante do quilo ou litro da farinha de mandioca cobrado pelos comerciantes.

CASSAÇÃO
Tem um Vereador em Santarém que não está dormindo direito, com medo de perder seu mandato. Segundo uma fonte informou à coluna, o Vereador usou um documento falso para se filiar a um partido em Santarém, dando-lhe condições de disputar as eleições. A farsa foi descoberta e denunciada à Justiça Eleitoral, Ministério Público Federal e até a Polícia Federal está apurando.

CASSAÇÃO II
Outro caso de fraude nas últimas eleições aconteceu no município de Jacareacanga. Segundo uma fonte informou à coluna, quatro candidatos a Vereador naquele Município teriam apresentado documentos com data retroativa para o Tribunal Superior Eleitoral, sendo que dois deles foram eleitos e diplomados com suas documentações ilegais junto ao TSE. Segundo a fonte, o caso já estaria em esfera federal.

DENGUE
Preocupados com a grande quantidade de crimes e doenças que estão sendo registradas em Santarém nos últimos dias, moradores dos bairros Santíssimo e Interventoria denunciam o abandono de um terreno localizado entre os dois bairros. Mato e lixo são apontados pelos moradores como os principais problemas da área. Segundo os comunitários, o terreno pertencente ao 8º BEC e está tomado por mato, lixo, ossos de gado e poças de lama. Os comunitários afirmam que há muito tempo a área não recebe limpeza da Prefeitura ou do 8º BEC. Famílias que residem próximo ao local denunciam que os donos de açougues e matadouros fazem do terreno depósitos de restos de ossos de gados. O mau cheiro e a presença de urubus incomodam os moradores, além dos riscos de proliferação do mosquito da dengue.

DENGUE II
O comando do 8º BEC informou que está aguardando o fim do período chuvoso para propor parcerias com a nova administração municipal de Santarém para limpar a área. A limpeza não pode ser feita neste período, pois o local é propício a formação de atoleiros, o que dificulta a movimentação de máquinas pesadas. No ano de 2012 o comandante do batalhão recebeu do então secretário de habitação Beto Frazão, a proposta para ceder um trator para limpeza da área, sendo que o 8º BEC cederia o combustível necessário. Porém, devido os constantes problemas técnicos no trator a parceria não se concretizou. Por toda essa burocracia, quem acaba pagando o “pato” é a população que fica a mercê do mosquito da dengue, bandidos, fedentina e outros males.

SAÚDE NA UTI
Os inúmeros atropelos que vêem ocorrendo em Santarém, no Oeste do Pará, relacionados à saúde pública, bem como considerando o relatório situacional da rede municipal de saúde apresentado pela Secretaria Municipal de Saúde, descrevendo as condições em que se encontram os atendimentos prestados à população nesta área; a necessidade e os interesses da administração pública municipal no resguardo dos serviços essenciais de saúde e no bem estar da população, fizeram com que o prefeito Alexandre Von, durante reunião com seus secretários na tarde de quarta-feira, 20, declarasse situação de emergência na área de saúde do Município de Santarém, conforme Decreto 237/2013, de 18 de fevereiro de 2013.

SAÚDE NA UTI II
Outros fatores que fizeram o Prefeito tomar a decisão foram: a insuficiência de insumos, medicações e descartáveis na rede municipal de saúde, inclusive para suprimento das demandas do Hospital Municipal; a lavanderia do Hospital Municipal está operando de forma parcial, com equipamentos ultrapassados e em número insuficiente para atender a demanda do estabelecimento; sem falar que o Hospital Municipal de Santarém não conta com número suficiente de ambulâncias, sendo que devido ao grande número de atendimentos, passam por dificuldades de funcionamento, manutenção e abastecimento; o número significativo de pacientes que são transferidos para Belém e lá evoluem a óbitos, são trazidos de volta, às expensas do Município, o que importa em grande dispêndio de recursos, fazendo com que atualmente não haja mais cobertura para pagamentos de transporte funerário; assim como situação semelhantes ocorre no setor de Tratamento Fora de Domicílio (TFD), que em função da falta de recursos encontra-se suspenso, bem como o fornecimento de passagens aéreas para Belém e São Paulo, inclusive para aqueles casos oriundos de demanda judicial; as Unidades Básicas de Saúde encontram-se sem medicamentos, equipamentos sucateados, geladeiras sem condições de uso para o armazenamento de medicações e vacinas, sem falar que o Município de Santarém está diante de um surto epidêmico em todos os bairros da cidade, muitos são os locais do mosquito transmissor da dengue. Tudo isso está acontecendo com a saúde pública em Santarém e quem sofre é a população, principalmente a mais carente, que necessita dos serviços do Hospital Municipal e dos postos de saúde. O Decreto entrou em vigor desde o dia 18 de fevereiro, tendo efeitos retroativos a 07 de janeiro de 2013, com vigência de 90 dias, podendo ser prorrogado por igual período.

APREENSÃO
Uma fiscalização em conjunto envolvendo o Ministério Público Estadual, Vigilância Sanitária e Conselho Municipal de Saúde, que mostraram que realmente estão com objetivo de prestar serviço ao público, resultou na apreensão de vários produtos usados em exames laboratoriais vencidos no Hospital Municipal de Santarém, na manhã de terça-feira (19). A operação dos referidos órgãos está sendo realizada em todas as unidades de saúde de Santarém. A que chamou atenção aconteceu no laboratório do Hospital Municipal, onde muitas caixas de produtos médicos foram apreendidas. No flagrante, foram encontrados reagentes laboratoriais e medicamentos com data de validade vencida. O material apreendido foi levado para a sede da Divisa (Divisão Municipal de Vigilância Sanitária), onde deve ser incinerado.

APREENSÃO II
No ano passado, uma operação em conjunto, semelhante a esta, com apoio do Ministério Público Estadual, apreendeu vários medicamentos que estavam em situação irregular, alguns até vencidos. A operação foi feita em hospitais, também em casas de saúde e clínicas particulares, onde algumas delas foram flagradas comercializando inclusive medicamentos com venda ao público proibida. Um desses estabelecimentos visitados pela operação, foi uma clínica de propriedade do primo do vice-Governador.

TFD
Após denunciarmos na edição passada sobre a máfia do TFD atuando em Santarém, a Secretaria Municipal de Saúde informou que cada paciente tem direito a uma pessoa da família ou de confiança para fazer o acompanhamento. Em hipótese nenhuma pacientes e acompanhantes são enviados para a capital do Estado sem a garantia de atendimento.  Em Santarém são beneficiados todos os pacientes com domicílio no Município. Em caso de pessoas que são de outras cidades, mas que procuram o TFD/Santarém, elas são encaminhadas para a 9ª Regional da SESPA, que faz o devido encaminhamento. Em relação aos pacientes de outras cidades que procuram o Hospital Municipal de Santarém (HMS), geralmente esses usuários só tem a passagem paga diretamente pelo TFD do Município de origem. No entanto, o HMS não deixa de prestar todo atendimento a estas pessoas.

27 comentários em “Bocão Ed. 925

  • 22 de fevereiro de 2013 em 15:12
    Permalink

    É muito interessante o nosso povo aqui de Santarém, nossos blogs, jornais, e uma emissora com seu apresentador sem credibilidade, acusar pessoas sem provas, a Cosanpa nunca foi a das melhores empresas, mas quantos anos ela esta do mesmo jeito aqui em nossa região? mas ai a vir a julgar e perseguir um profissional que encontra-se em Santarém a apenas alguns meses e querer que ele resolva todos os problemas de nossa cidade que já perduram por anos neste pouco espaço de tempo, sendo que estes dois que foram demitidos segundo se ventila na impressa possuem 34 e 32 anos trabalhando na COSANPA por que então eles que já estão a tanto tempo na empresa não resolveram os problemas? porque este tal de Wsnand que foi gerente anos e anos nunca fez nada para melhorar o abastecimento de água de Santarém? e o outro sim que já foi gerente comercial que sempre tratou os clientes da Cosanpa com indiferença e é conhecido pelos funcionários da empresa como ignorante. minha gente vamos refletir um pouco e pensar direito e não apenas acreditar no que falam sem uma prova concreta, falar é fácil, provar e fazer diferente é que é o difícil

    Resposta
    • 22 de fevereiro de 2013 em 16:45
      Permalink

      Anonimo. Por que o diretor da Cosanpa não vai a imprensa e diz porque os dois sairam? Ele deveria dizer. A imprensa está divulgando o que recebeu acredito dos dois demitidos. O gerente deveria publicar uma nota informando. Por que se calar. Foi provocado pela imprensa deveria se defender. Meu caro jornal e os outros órgãos servem para divulgar a quem de direito se defenda.

      Resposta
  • 22 de fevereiro de 2013 em 09:14
    Permalink

    Fique sabendo que o Prefeito Alexandre esta perdido. Também pudera. Seus Secretarios são francos. Nenhum tem nome como profissional. Nenhum venceu na profissão. Nenhum sabe administrar.

    Resposta
  • 22 de fevereiro de 2013 em 09:13
    Permalink

    Se o Prefeito quer mostrar credibilidade, compromisso, integridade, honestidade, deve pedir que o Ministério Público investigue a atuação da antiga gestão a frente da SEMSA. Por que a situação está desse jeito, é porque os antigos gestores assim o permitiram …

    Resposta
  • 22 de fevereiro de 2013 em 09:09
    Permalink

    IGREJA DA PAZ – EM FOCO. To sabendo que a Secretaria de Transito, está alojada no predio do pai do secretario de administração. É muita sacanagem. É esse o governo da honestidade. E a secretaria pela formação evengelica não deveria aceitar. É outra bandalheira. A secretaria dela está cheia de parente. Honestidade é também saber proceder. A Igreja da Paz está jogando quem recebe lá para receber na Prefeitura. Esse vereador Reginaldo gosta de se aproveitar. EM todo governo é isso., tira vantagem e tudo.

    Resposta
    • 22 de fevereiro de 2013 em 14:54
      Permalink

      A princípio até gostava do Reginaldo Campos, mas depois de saber tanta CANALICE que ele fazia criei abuso, ilude os irmãozinhos da Igreja e tira proeito nisso. Agora mais essa de colocar alguem numa secretaria pra se aproveitar!

      PREFEITO ALEXANDRE VON TE LIVRA DO ENCOSTO DO REGINALDO ANTES QUE SEJA TARDE DEMAIS

      Resposta
  • 22 de fevereiro de 2013 em 09:04
    Permalink

    É bom o Prefeito Alexandre, informar o povo como o PT deixou a secretaria de saude. Assim vai sobrar pra ele. O povo vai pensar que o prejuizo é dele. enquanto o PT acabou com a saude.

    Resposta
  • 22 de fevereiro de 2013 em 09:03
    Permalink

    Quem esse vereador bocão? Fala o nome dele.

    Resposta
    • 22 de fevereiro de 2013 em 14:57
      Permalink

      Daaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaa pra mim, o seu amooooor!rs..

      Resposta
  • 22 de fevereiro de 2013 em 08:48
    Permalink

    Esse gerente da Cosanpa vai ser demitido. Não poderia fazer isso com Wisnad. Ele tem que se preocupar em colocar agua na cidade.

    Resposta
  • 22 de fevereiro de 2013 em 08:40
    Permalink

    Boa FIEL! Jpa me falaram que a Secretaria de Transporte é cabide de emprego da Igreja da Paz. Era bom o Ministério Público começar a investigar isso. Pq os que dizem ser \”irmãozinho\” tão virando um verdadeiro \”diabinho\” por causa do dinheiro

    Resposta
  • 22 de fevereiro de 2013 em 08:34
    Permalink

    APREENSÃO – Eu lembro dessa história, lembro tbm que não deu em nada, e pelo visto, vai acabar em pizza mesmo. O MP anigamente mostrava serviço, hoje em dia é só um custo a mais para o povo arcar.

    Resposta
  • 22 de fevereiro de 2013 em 08:33
    Permalink

    Muito boa a ação que a Prefeitura tá tendo, mas esperávamos mais do Alexandre Von.
    Deveria começar a varrer a prefeitura. NÃO fez!
    Vamos dar exemplo da SEcretaria de Transporte, o Reginaldo Campos que indicou, e só tem gente mala ali, diezem ser servidor do Senhor e são um bando de DEMÔNIO

    Resposta
    • 22 de fevereiro de 2013 em 08:35
      Permalink

      Aprendi na Igreja que quem mente é filho do demônio $%$#&¨%#$%

      Resposta
  • 22 de fevereiro de 2013 em 08:28
    Permalink

    EI BOCÃO E A FALTA DE MÉDICO PRA ATENDER OS DIVERSOS CASOS NO HOSPITAL MUNICIPAL?

    OS POUCOS QUE TEM NÃO TRABALHAM EM SEU HORARIO NORMAL, CADÊ O TAL DO PONTO DOS MÉDICOS, QUE ESTAVAM FALANDO EM COLOCAR?

    SUGESTÃO: OS MÉDICOS TB DEVERIAM PASSAR POR UM TREINAMENTO DE BOM ATENDIMENTO COM OS PACIENTES, PQ ELES COSTUMAM TRATAR COMO SE FOSSEM CACHORRO.

    Resposta
    • 22 de fevereiro de 2013 em 08:30
      Permalink

      É isso ai, mas vamos lá. Pergunte ao prefeito Alexandre Von se ele teria coragem de um filho dele ser atendido no Hospital Municipal, ou melhor fazer uma cirurgia. Ele teria coragem?

      Resposta
  • 22 de fevereiro de 2013 em 08:23
    Permalink

    Esse vereador que estao falando é bem um que foi apoiado pelo Vice governador Helenilson, também a gnt não poderia esperar coisa boa, com a cria do traíra.
    Aproveita teus dias de vereador, pq o negócio ta pegando pro teu lado.

    A justiça vai ser feita, tu vai ser cassado!

    Resposta
  • 22 de fevereiro de 2013 em 08:22
    Permalink

    Meu pai precisou do TFD, foi mandado pra capital do Estado com R$ 100,00 de ajuda de custo….

    Resposta
  • 22 de fevereiro de 2013 em 08:20
    Permalink

    A saúde nunca saiu da UTI, é sempre a mesma história… sai uma administração ruim, entra uma péssima e assim por diante. Enquanto isso, a população morre por incompetência dos governantes, que continuam a dormir tranquilamente com os bolsos cheios, afinal, é só com isso que eles se importam.

    Resposta
  • 22 de fevereiro de 2013 em 08:18
    Permalink

    VAMOS PENSAR,,,,,,,,,,,,,,,,,
    O VEREADOR É FISCAL DA LEI, PRA PODER A COISA ANDAR CORRETAMENTE!
    E COMO É QUE UMA PESSOA TEM A CORAGEM DE FRAUDAR O PROPRIO DOCUMENTO PRA PODER ENTRAR NA POLÍTICA?
    É PILANTRAGEM DEMAIS DA CONTA

    Resposta
  • 21 de fevereiro de 2013 em 21:31
    Permalink

    Tem que apurar a máfia da saúde. O vereador Paulo, ja denunciou, falta investgar

    Resposta
  • 21 de fevereiro de 2013 em 21:28
    Permalink

    O partido, do PPS SO FAZ BESTEIRA. O VICE HELENILSON, NAO GANHA MAIS PRA NADA EM SANTAREM.

    Resposta
    • 22 de fevereiro de 2013 em 08:43
      Permalink

      O PPS tá mais sujo que pau de galinheiro, quero ver se o tal vereador vai levar essa pq se ele coloca um CPF de outra pessoa, foi por causa de que??????????????

      Resposta
  • 21 de fevereiro de 2013 em 21:23
    Permalink

    Será que o Helenilson esta por tras da demissao do cabo wisnan- sacanagem

    Resposta
  • 21 de fevereiro de 2013 em 19:37
    Permalink

    A razão para o preço exorbitante da farinha de mandioca são o excesso de \”bolsas\” assistencialistas para os agora ex-agricultores , por que terra para quem quer trabalhar aqui na nossa região tem de sobra .

    Resposta
  • 21 de fevereiro de 2013 em 18:10
    Permalink

    o maior creiadoro de dengue e no terreno do barbosão no centro da cidade e a imprensa mercenaria e corrupta esta caladinha!!!caladinha!!!enquanto istos moradores das proximidades que se f…..

    Resposta
    • 21 de fevereiro de 2013 em 21:25
      Permalink

      So o impacto denuncia. E o melhor jornal da regiao.

      Resposta

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *