Obras inacabadas da Cosanpa viram depósito de dengue

Obra no valor de R$ 33 milhões está abandonada
Obra no valor de R$ 33 milhões está abandonada

O extremo de uma situação caótica acontece quando o sistema de abastecimento de água não funciona e todas as torneiras das casas ao redor estão completamente secas. O mais inacreditável é que esta situação nada tem de fantasiosa, é a pura realidade e está acontecendo em Santarém, Oeste do Pará.

Por merecimento ou simples ato de demagogia do governo do Estado do Pará, um sistema de abastecimento de água foi instalado no centro da cidade de Santarém, mais precisamente atrás do Colégio Álvaro Adolfo, entre Barão do Rio Branco e 15 de Agosto, o único problema é que a obra no valor de R$ 33.165.295,04, que tinha prazo para iniciar no mês de agosto do ano de 2008 e ser finalizada e entregue à população no mês de junho de 2012, ficou em meio de caminho, ou seja, foi abandonada e hoje o local serve para esconderijo de desocupados, criatório gigante de mosquitos da dengue.

Dá pena ver o mato tomando conta de tudo. O mais triste em toda essa situação é que o dinheiro que deveria ser empregada na Obra do sistema de abastecimento de água, este sim, virou água e desapareceu pelo ralo.

O que a população quer saber é o que vai ser feito de toda esta estrutura que foi instalada no local e que serve apenas para ser vendida ao ferro velho. Com a palavra, os diretores da Cosanpa em Santarém e no Estado do Pará.

Outra obra construída para abastecer a cidade de água e que está completamente abandonada, foi realizada pelo PAC e está localizada no bairro Elcione Barbalho, que também virou criatório do mosquito da dengue.

Dinheiro gasto com o dinheiro do povo e inaugurado de forma eleitoreira por políticos que enganam a população.

Gerente da Cosanpa acusado de perseguir funcionários: É de conhecimento de todos em Santarém o péssimo trabalho da Cosanpa. Não apenas aqui, mas em toda região Oeste do Pará, é a mesma coisa. O abastecimento de água executado pela empresa é tão ineficaz que as reclamações são constantes. Nos bairros da periferia, chega a ser revoltante, quando famílias são obrigadas carregar por quilômetros latas de água na cabeça, sem contar com aqueles que são obrigados a gastar o último tostão para comprar o precioso liquido em outros lugares para abastecer suas casas. Sem falar sobre a qualidade da água. Para acabar de completar, o governador Simão Jatene mantém como gerente da Cosanpa em Santarém, uma pessoa que tem nome de rei, mas que no fundo não passa de perseguidor. Trata-se de Rai David, famoso por ter um relacionamento profundamente conturbado com a imprensa e com a população em geral que procura atendimento na empresa. Vários órgãos da imprensa já reclamaram sobre o comportamento bruto e mal educado do gerente que vive mais em Belém do que aqui em Santarém, além de não conhecer a realidade local. Ele está sendo acusado de perseguir funcionários da empresa aqui em Santarém. Na semana passada ele passou o carnaval em Belém e chegou com as portarias de demissão de dois funcionários de carreira.

As demissões, segundo o Sindicato dos Urbanitários, não passam de retaliações, além de perseguição do gerente contra os referidos  funcionários, ao Sindicato e por tabela à população e imprensa.

 

Por: Carlos Cruz

7 comentários em “Obras inacabadas da Cosanpa viram depósito de dengue

  • 26 de fevereiro de 2013 em 12:05
    Permalink

    Sem duvida, a imprenssa só sabe julgar e não procura saber a real situação,condordo com o comentario xxxxx, o gerente não tem culpa dos problemas da empresa, quando ele chegou em santarem simplesmente ja estava desse jeito, esse profissional não veio pra fazer milagres. Portanto minha gente, pense e conheça antes de julgar as pessoas.

    Resposta
  • 26 de fevereiro de 2013 em 11:16
    Permalink

    o povo de santarén são um bando de estupidos.
    este Jatene ja foi governador ai no pará e nada fez para melhorar o abatecimento dágua ai em Santarem. no governo passado com ajuda do governo federal se inicio um trabalho para melhorar o problema da falta de água. o governador atual parau tudo, causando prejuizo
    2 vezes pelo dinheiro que foi gasto e por continuar a falta de água. este governador nada faz por Santarém. o mesmo gastou mais de
    30 milhões para travar a criação do estado do tapajos. mas tem pessoas ai em Santarém que ainda babam os ovos do mesmo.
    PS: esse cara ja esta no governo a 2 anos é 2
    meses é os estupidos ai falam que é pouco tempo, com toda esta água que tem nessa região é povo com falta da mesma é mesmo lugar de babacas

    Resposta
  • 21 de fevereiro de 2013 em 20:55
    Permalink

    As obras do PAC começaram em 2008 que culpa tem o novo gerente que chegou aqui em 2012, isso se chama perseguição pois e só a Tv Ponta negra na Pessoa da Antônio Junior que é um viciado e que já até bateu na própria mãe e todo mundo de santarém sabe de sua índole

    Resposta
  • 21 de fevereiro de 2013 em 20:16
    Permalink

    ESSA É BOA GOVERNADOR JÁ TEVE!

    MUITO BOA MESMO!

    Resposta
  • 21 de fevereiro de 2013 em 19:29
    Permalink

    não adianta ficar criticando o gerente que esta a pouco tempo no cargo. quando o governador já teve vier em SANTARÉM o pessoal do partido vai lá e mostre a ele a obra que foi começada e não terminada.

    Resposta
  • 21 de fevereiro de 2013 em 19:05
    Permalink

    É muito interessante o nosso povo aqui de Santarém, nossos blogs, jornais, e uma emissora com seu apresentador sem credibilidade, acusar pessoas sem provas, a Cosanpa nunca foi a das melhores empresas, mas quantos anos ela esta do mesmo jeito aqui em nossa região? mas ai a vir a julgar e perseguir um profissional que encontra-se em Santarém a apenas alguns meses e querer que ele resolva todos os problemas de nossa cidade que já perduram por anos neste pouco espaço de tempo, sendo que estes dois que foram demitidos segundo se ventila na impressa possuem 34 e 32 anos trabalhando na COSANPA por que então eles que já estão a tanto tempo na empresa não resolveram os problemas? porque este tal de Wsnand que foi gerente anos e anos nunca fez nada para melhorar o abastecimento de água de Santarém? e o outro sim que já foi gerente comercial que sempre tratou os clientes da Cosanpa com indiferença e é conhecido pelos funcionários da empresa como ignorante. minha gente vamos refletir um pouco e pensar direito e não apenas acreditar no que falam sem uma prova concreta, falar é fácil, provar e fazer diferente é que é o difícil

    Resposta
  • 21 de fevereiro de 2013 em 17:23
    Permalink

    tá vendo aí! quando o governador esteve aqui em santarém eu vi uma porrada de baba ovo ,puxa saco andando atrás do cara. ningéum falou nada da obra viu.

    Resposta

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *