Senador Mário Couto responde por estelionato

O Senador paraense responde a sete processos em 1º Grau na 8ª Vara Cível da Comarca de Belém
O Senador paraense responde a sete processos em 1º Grau na 8ª Vara Cível da Comarca de Belém

O Senador da República pelo Pará Mario Couto Filho (PSDB) é acusado de estelionato por repassar cheques sem fundo, segundo publicação de quinta-feira (28), do blog da jornalista paraense Ana Célia Pinheiro, intitulado “A Perereca da Vizinha”.
O processo de número 0031159-47.2012.814.0301 foi autuado em 16 de julho do ano passado e ainda está na instância de 1º grau, em andamento na 8ª Vara Cível da Comarca de Belém, sendo apreciado pelo magistrado Amilcar Roberto Bezerra Guimarães.
De acordo com a acusação, o senador Mário Couto Filho deve uma quantia de R$ 82.275,95 em cheques emitidos em favor do neurocirurgião Albedy Moreira Bastos, em decorrência da venda de uma lancha Top Fish 21, em março do ano passado. Há ainda a suspeita de que outros cheques sem fundos foram emitidos, em um total de 21.
A informação consta no site do Tribunal de Justiça do Estado que ainda aponta que Mário Couto responde a sete processos sendo três na vara civel e quatro na vara de fazenda, isso em consulta de 1º grau, além de outros processos, em 2º grau.

O DOL entrou em contato com a assessoria do senador que ficou de se pronunciar sobre o assunto.

Fonte: DOL

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *